Facebook

chas e ervas

Como combinar chás com bolos para o café da tarde

Os chás aquecem, perfumam, ajudam na digestão, acalmam e podem até curar. Mas melhor do que isso é combinar a bebida ao lanchinho ou café da tarde!

Confira algumas sugestões da especialista Érika Kobayashi:

Chá de Cidreira e bolo de fubá
A erva cidreira fresca (também conhecida como capim santo ou capim limão) é saborosa e pode ser tomada sem açúcar. Combina bem com o sabor do fubá.

Chá de Frutas vermelhas e bolo de chocolate
Combinação clássica para o chá da tarde inspirada na receita do bolo europeu Floresta Negra.

Hortelã com bolo branco com damasco ou pêssegos
Harmonização das mil e uma noites. Faça o chá bem docinho, como os marroquinos.

Mix de ervas (camomila, melissa, erva-doce, etc.) com maçã
Relaxante, ideal para tomar depois do almoço, em dias frios com muito sol. Prove com sobremesas à base de maçã, como strudel, tortas e bolos.

Mate com pão de queijo
A versão de inverno do clássico das praias cariocas. Sirva tudo bem quentinho.

Mate com canela e bolo de laranja
Chá mate com um toque de canela e bolo de laranja: mistura que aquece os sentidos. O sabor acentuado da canela dispensa o uso do açúcar.

Chá Verde com pão de ló
Combinação equilibrada, comum no Japão desde o século XVI. Foi levado para lá pelos portugueses e é chamado de "castela". A textura do pão de ló tem que ser bem fofinha. Para dar um charme, arrisque uma cobertura leve de chocolate.

Chá para aquecer no inverno!

Na estação mais fria do ano o corpo gasta mais energia para se manter aquecido. Para auxiliá-lo nessa função, nada melhor do que um chá bem quente, pois além da variedade e da praticidade, os chás ainda auxiliam no emagrecimento.

A bebida existe a aproximadamente 5 mil anos e conta a lenta que o chá foi descoberto por acaso. Enquanto um imperador chinês estava fervendo água para que ficasse livre de impurezas, acidentalmente caíram algumas folhas com delicioso aroma. Depois de ter se tornado popular entre os chineses, o chá foi levado para o Japão e assim, se expandiu em todo o mundo.

A Chileno conta com diversos sabores de chás, desde os mais tradicionais como camomila, erva doce e hortelã, até alcachofra, bugre e catuaba.

Para saber mais sobre nossos produtos, navegue pelo painel "Produtos" ou entre em contato com um de nossos representantes na aba "Onde Encontrar".
Outras Notícias
Café com chá - Como combinar chás com bolos para o café da tarde
Bolo de Erva-Mate
Tereré Chileno.

HORA DO CHÁ
ABACATEIRO "Persea gratissima": Rico em vitaminas e proteínas, é diurético, combate a gota, o ácido úrico e elimina cálculos renais e biliares. É preferível usar as folhas secas, pois as verdes são estimulantes e aumentam as palpitações cardíacas. A massa do abacate é fortificante dos cabelos e tem alto poder cicatrizante.

AGRIÃO "Sisymbrium nasturtium": Com enxofre em grande quantidade é um ótimo anti-caspa, diminui e queda de cabelos, é também um tônico estimulante, cicatrizante, depurativo, anti-inflamatório, descongestionante, digestivo, diurético e antiescorbútico.

Dieta do chá das 3 ervas detona 6 quilos em 1 mês.

O segredo é a combinação de ervas termogênicas, desintoxicantes e diuréticas
Chegamos ao período do ano que menos favorece a dieta. É fácil trocar a salada por comidas mais substanciosas e cremosas, o suco light por chocolate quente, a fruta pelo brownie... Tudo é megacalórico. Mas assim que o tempo volta a esquentar e as roupas deixam de esconder os excessos cometidos à mesa, bate o arrependimento. A saída para mudar essa história está aqui: a dieta do chá das três ervas. Ela aquece o corpo, conforta o estômago e ajuda a eliminar os quilinhos que, no último verão, deixaram você insegura na hora de investir naquele jeans.

O segredo é beber de três a quatro xícaras de uma infusão preparada com ervas termogênicas (aceleram o metabolismo, favorecendo a queima de gordura), desintoxicantes (eliminam as toxinas, deixando o organismo menos resistente ao emagrecimento) e diuréticas (evitam a retenção de líquido, contribuindo para uma barriga lisinha). Assim, você combate o excesso de peso de várias maneiras e potencializa o resultado do cardápio de 1200 calorias (veja Refeições leves + chá = corpo em forma) que acompanha esta dieta.

Antes que você fique tentada a acrescentar mais de três ervas na mesma xícara, atenção: essa é uma medida segura. "O uso de muitas plantas faz com que elas entrem em competição, diminuindo o efeito uma da outra. E o objetivo é justamente o contrário: permitir que elas trabalhem em sinergia, aumentando o efeito emagrecedor do chá", explica a fitoterapeuta e nutricionista Vanderli Marchiori, da VM Nutrição e Fitoterapia, em São Paulo. Outro procedimento importante: "Procurar sempre adquirir as ervas em lojas especializadas, que garantam o manuseio e armazenamento corretos das plantas." Mas você pode combiná-las a seu gosto - para isso, consulte o quadro As ervas que vão secar os excessos e escolha uma de cada grupo.

Só mais uma observação para o sucesso da dieta: mantenha o mesmo mix de ervas por três dias. "As plantas precisam desse tempo para que possam agir de maneira eficiente no organismo e, então, acelerar o emagrecimento", orienta Vanderli. Depois, mude a combinação para criar um novo estímulo e evitar qualquer risco de toxicidade. "Embora não tenham contraindicações, não se deve usar nenhuma erva por um período muito prolongado." Nem por isso vão faltar opções para você variar o chá. Então, coloque a água para ferver e passe um inverno enxuto - sem excesso na cintura!

As ervas que vão secar os excessos

Escolha uma erva de cada grupo e prepare seu chá emagrecedor. Lembre-se: se a mesma mistura por três dias. Depois disso, faça uma nova combinação

Termogênicas: efeito queima-gordura

Elas fazem com que o metabolismo trabalhe mais rápido, aumentando a queima de calorias e, consequentemente, de gordura. Algumas também têm ação lipolítica (quebram a molécula de gordura já acumulada no organismo), além de reduzir os níveis de colesterol.

• Boldo (Pneumus boldus), carqueja (Baccharis trimera), chás verde, branco e vermelho (Camellia sinensis), casca de laranja amarga (Citrus aurantium), fucus (Fucus vesiculosus), guaçatonga (Caesaria sylvestris), hibisco (Hibiscus sabdariffa) e salsaparrilha (Smilax spp).

Desintoxicantes: ação limpeza

Capturam e eliminam pela urina a gordura e as toxinas que sobram do processo metabólico - circulando em excesso no organismo, essas substâncias atrapalham o bom funcionamento do sistema linfático e emperram a perda de peso. As ervas desse grupo também reduzem a formação de gases, evitando a sensação de barriga inchada e volumosa.

• Alecrim (Rosmarinus officinalis), bardana (Arctium lappa), camomila (Matricaria recotita), capim -cidreira (Cymbopogum citrato), cardo-santo ou cardo-mariano (Carduus sanctus), centelha (Centella asiatica), coentro (Coriander spp), dente-de-leão (Taraxicum officinalis), erva-doce (Pinpinella anisum), espinheira-santa (Maytenus ilicifolia), hortelã (Mentha piperita) e sálvia (Salvia officinalis).

Diuréticas: fim da retenção hídrica

Favorecem o trabalho dos rins na filtragem da linfa (líquido que carrega as impurezas para fora do organismo). Isso facilita a eliminação das toxinas pela urina, combatendo o inchaço e ajudando o organismo a responder melhor à dieta.

• Alfafa (Medicago sativa), borragem (Borago officinalis), cabelo de milho (Zea mays), cavalinha (Equisetum arvense), quebra-pedra (Phyllantus niruri) e sete sangrias (Cuphea balsamona).

5 boas combinações

Se tiver dúvida na escolha das ervas, siga as sugestões da nutricionista e fitoterapeuta Lucyanna Kalluf, do Instituto de Prevenção Personalizada, em São Paulo

1. Chá branco + hibisco + carqueja: o mix exerce ação desintoxicante, eliminado toxinas e gordura, além de melhorar o funcionamento do intestino. E tudo isso faz você perder peso.

2. Dente-de-leão + centelha + alfafa: com alto poder diurético, drena o excesso de líquido e ajuda a varrer para fora do organismo as toxinas que, em excesso, fazem você acumular peso.

3. Chá verde + boldo + cavalinha: potente termogênico, acelera a queima de gordura. Também auxilia na limpeza das toxinas, fazendo o organismo responder melhor à dieta.

4. Carqueja + centelha + cavalinha: tem efeito diurético, pois melhora o funcionamento do fígado. Isso ajuda a desinchar rapidamente, deixando a barriga mais lisinha.

5. Dente-de-leão + chá verde + hibisco: acelera a queima de gordura, além de melhorar o metabolismo do açúcar e da gordura. Com isso, evita que essas substâncias colaborem para o aumento da cintura.

Ferva e abafe

Preparar o chá da maneira correta é essencial para deixar a bebida mais gostosa e eficiente contra as gordurinhas. Siga o passo a passo

• Coloque as ervas (1 colher de sopa de cada uma, com exceção do chá verde que deve ser usado em menor quantidade: apenas 1 colher de sobremesa) em um recipiente de vidro ou porcelana. Metais como inox ou alumínio interferem negativamente nas propriedades do chá. Em uma panela à parte, leve 1 litro de água ao fogo e, assim que começar a ferver, jogue sobre as ervas. Abafe com uma tampa ou um pires por 10 minutos. Coe e beba frio ou quente, no intervalo das refeições.

• Faça apenas a quantidade de chá que você vai consumir no dia. De um dia para o outro, a bebida perde as propriedades fitoquímicas e deixa de promover os efeitos esperados.

Cardápio

Refeições leves + chá = corpo em forma

Você pode repetir este cardápio de 1200 calorias por um mês, combinando as refeições como quiser. E não se esqueça do chá - beba de 3 a 4 xícaras por dia (de 750 ml a 1 litro, no máximo) entre as refeições. Vai ser bem mais fácil baixar o ponteiro da balança, mesmo no inverno!

Café da manhã

Opção 1: 2 biscoitos água e sal com geleia sem açúcar + 1 copo (200 ml) de leite de soja light batido com cacau em pó + 1/2 papaia com 1 col. (sopa) de farelo de aveia

Opção 2: 1/2 pão francês sem miolo com 1 fatia de queijo branco light + 1 xíc. (chá) de leite desnatado com café (adoçante, opcional) + 1 fatia média de melão

Opção 3: 1 fatia de pão integral light com creme de ricota (ou requeijão light) + 1 copo (200 ml) de suco de melão batido com 1 col. (sopa) de linhaça

Opção 4: 1 fatia de pão integral light com 2 fatias de peito de peru light + 1 copo (300 ml) de suco de mamão e laranja batido com 1 col. (sopa) de aveia

Opção 5: 2 torradas integrais com geleia sem açúcar + 1 pote de iogurte natural desnatado com 1 col. (sopa) de aveia e 5 morangos

Lanche (manhã e tarde)

Opção 1: 1 barra de cereais light

Opção 2: 1 queijinho fundido com fibras (tipo Polenguinho)

Opção 3: 1 pote de iogurte de fruta light

Opção 4: 1 fatia de pão integral light com creme de ricota (ou requeijão light)

Opção 5: 1 porção de fruta (1 maçã, 1 banana, 1 pera, 1 fatia média de mamão ou melancia)

Almoço

Opção 1: 1 prato (sobremesa) de alface com 1 tomate e 1/2 chuchu cozido com sal, 1 fio de azeite e limão + 3 col. (sopa) de arroz integral + 1/2 concha de feijão + 1 peito médio (100 g) de frango grelhado + 1 taça de gelatina diet

Opção 2: 1 prato (sobremesa) de agrião com 1/2 pepino e 2 rabanetes em rodelas finas com sal e limão + 1 pires de soja cozida (ou carne moída) com salsa, 1 fio de azeite e sal + 1 pegador de macarrão com abobrinha, tomate e berinjela + 1 taça de gelatina diet

Opção 3: 1 pires de brócolis cozidos com alho tostado e 1 fio de azeite + 1/2 beterraba cozida com sal e salsa + 3 col. (sopa) de arroz integral + 1 filé grande (120 g) de peixe grelhado + 1 taça de pudim diet

Opção 4: 1 prato (sobremesa) de alface e 2 buquês de couve-flor cozida com 1 fio de azeite e sal + 3 col. (sopa) de arroz integral + 3 col. (sopa) de abobrinha refogada
+ 1 filé médio (100 g) de carne magra (alcatra, patinho) grelhada + 1 taça de flã diet

Opção 5: 1 prato (sobremesa) de rúcula com 2 col. (sopa) de grão-de-bico com 1 fio de azeite e sal + 3 col. (sopa) de arroz integral + 4 col. (sopa) de frango xadrez (filé de frango cozido com pimentão, tomate e amendoim) + 1 taça de gelatina diet

Jantar

Opção 1: 1 prato (sobremesa) de alface, 3 col. (sopa) de ervilha e 1 ovo cozido com 1 fio de azeite e sal + 1 hambúrguer de soja (ou frango) grelhado + 3 col. (sopa) de purê de mandioquinha

Opção 2: 1 prato (sobremesa) de brócolis e abóbora cozidos com salsa, 1 fio de azeite e sal + 3 col. (sopa) de arroz integral + 1 filé médio (100 g) de carne magra (coxão-mole) grelhada

Opção 3: 1 prato (sobremesa) de rúcula e 1 tomate com sal e 1 fio de azeite + 2 batatas médias cozidas e recheadas com requeijão light (2 colheres de sopa para cada batata) + 1 col. (sopa) de carne moída refogada

Opção 4: Salada completa: 2 pegadores de macarrão integral com 1/2 lata de atum light, 5 tomates-cereja e 2 azeitonas com salsa, 1 fio de azeite e sal

Opção 5: 1 prato (sobremesa) de agrião, alface e rúcula com 1 fio de azeite, sal e limão + 1 pão árabe médio com molho de tomate, ricota e orégano (tipo pizza)

Ceia

Opção 1: 1 porção de fruta (1 banana, 1 maçã, 1 pera, 1 fatia média de abacaxi ou melão)

Opção 2: 1 fatia de queijo branco light

Opção 3: 1 torrada com geleia sem açúcar

Opção 4: 1 biscoito de gergelim com requeijão light

Opção 5: 1 pote de iogurte natural desnatado com 1 col. (sopa) de aveia.

HORA DO CHÁ

ALCACHOFRA "Cynara sculymus" Ótimo diurético e eliminador do ácido úrico, reumatismo, atua nos distúrbios hepáticos e digestivos, aumenta a secreção biliar e faz baixar a pressão arterial. Evitar na lactação.

ALCAÇUZ "Periandra dulcis Martius" De sabor adocicado, é emoliente empregado na bronquite e tosses crônicas.

ALECRIM "Rosmarinus officinalis" Muito útil da debilidade cardíaca, é excitante do coração e do estômago. Combate a flatulência, males do fígado, rins e intestinos. O chá é bom para combater a tosse, asma, gripe. Em banhos alivia o reumatismo e cura ferida.

ALFAFA "Medicago sativa" Suplemento alimentar, rica em vitaminas (K), minerais, contém potássio, magnésio, fósforo e cálcio. Age nas anemias e hemorragias. Revigorante nos casos de fadiga e alimentação insuficiente.

ALFAZEMA "Lavandula officinalis" Poderoso anti-séptico, cicatrizante, estimula a circulação periférica, antidepressiva, sedativa e analgésica. É ainda desodorante, purificante e ótimo repelente de insetos.

ALHO "Alium sativum" Poderoso depurativo do sangue é expectorante, anti-séptico pulmonar, anti-inflamatório antibacteriano, tônico, vermífugo, hipoglicemiante, antiplaquetário, antioxidante, diminui o colesterol e a viscosidade sanguínea. É altamente indicado em diabetes, hipertensão, bronquites, asma e gripes.

AMEIXEIRA "Prunus domestica" Tanto as folhas como o fruto, servem para soltar o intestino e regularizar as funções digestivas. Como conseqüência melhoram a pele.

AMOREIRA "Morus nigra" As folhas são empregadas no combate ao diabetes, pedras nos rins e limpar a bexiga. Recentemente descobriu-se ser útil na reposição hormonal.

ANDIROBA "Carápa guaiananensis" Semente amazônica que serve como repelente e como reconstituinte celular da derme, eliminando inflamações e dores superficiais. Tem ação purgativa na eliminação de vermes.

ANGÉLICA "Angelica officinalis" Planta aromática procedente do Hemisfério Norte. Muito indicada no trato digestivo e na insuficiência de suco gástrico e problemas estomacais. Não é recomendado a diabéticos

ANIZ "Pimpinella anisum" A semente de anis favorece as secreções salivares, gástricas e a lactação. É indicado em dispepsias nervosas, enxaquecas de origem digestiva, cólicas infantis, deficiências cardiovasculares (palpitações e angina), asma, espasmos brônquicos e aumenta o leite materno. EVITE USO PROLONGADO, pode causar intoxicação e confusão mental.

AROEIRA "Schinus terebinthifolius" Balsâmico e adstringente empregado nas doenças de vias urinárias, como cistite. Nas bronquites, gripes e resfriados, combate a febre e secreções.

ASSA PEIXE "Bohemeria caudata" Muito eficaz contra a gripe, tosse forte e bronquite, aliviando dores no peito e nas costas. Estanca o sangramento.

BANCHÁ "Thea sinensis" Originária da China, acompanha a cultura a milênios como digestiva de fino paladar, diurética e levemente tônica.

BARBATIMÃO "Stryphnodendron barbatiman" Rica em tanino. Usa-se externamente reduzindo a pó e aplicado sobre úlceras, impigens e hérnias (20 gramas cozidas em meio litro da água, em banhos e lavagens). Internamente como tônico, cozinhando a casca para combater hemorragias uterinas, catarro vaginal e diarréias.

BOLDO CHILENO "Peomus boldus" Poderoso digestivo e hepático, com propriedades tônicas e estimulantes, ativa a secreção salivar, biliar e gástrica em casos de hiperacidez e dispepsias. Muito utilizado em hepatite crônica e aguda.

BORRAGEM " Borago officinalis" Planta medicinal e alimentícia que lembra o cheiro do pepino, por isso se torna uma salada muito nutritiva. Possuem vitamina C, alcaloides. É anti-inflamatória expectorante, adstringente e altamente diurética. Muito indicada em casos de inflamações de bexiga e pedras nos rins ou bexiga. Auxilia na eliminação de toxinas e melhoria da pele.

CALÊNDULA "Calendula officinalis" Famoso por ser antialérgica e cicatrizante ainda cura e diminui a gastrite e a úlcera duodenal, pois tem ação antitumoral. O ácido oleanóico suaviza e refresca peles sensíveis e queimadas pelo sol. Favorece a regeneração de tecidos danificados e é anti-séptico.

CAMOMILA "Matricaria recutita" De origem egípcia, tem propriedades calmantes, digestivas em casos de inflamações agudas e crônicas da mucosa gastrointestinal, colites, cólicas, é também antialérgico e anti-inflamatório, podendo reconstruir a flora intestinal.

CANELA "Cinnamomum zeylanicum" Originária do Sri Lanka, sudeste da Índia, é aromático, estimulante da circulação, do coração e aumenta a pressão.

CAPIM CIDRÃO "Cymbopogon citratus" Originária da Índia, é sedativa, analgésica e antitérmica, promove uma diminuição da atividade motora e aumenta o tempo de sono. Combate o histerismo e outras doenças nervosas.

CARQUEJA: "Baccharis triptera" Exerce ação benéfica sobre o fígado e intestinos, limpa as toxinas do sangue, além de ser um ótimo hipoglicemiante. Indicada em casos de gastrite, má digestão, azia, cálculos biliares e prisão de ventre.

CASCARA SAGRADA: "Rhamnus purshiana" Forte laxante, que restabelece o tônus natural do cólon do intestino e normaliza as funções do intestino.

Conheça historias de quem emagreceu