Facebook

Acônito

Acônito

Acônito é uma planta medicinal da família das Ranunculáceas, sendo utilizada o caule, flores e folhas para tratar várias doenças. Propriedades Contém alcalóide, aconitina, neopelina, napilina, espartaína e efedrina. Indicações Sedativo, anti espasmódico, problemas respiratórios, sudorífico, diurético, analgésico e para tratar o reumatismo. Contra indicações Mulheres grávidas, em amamentação e crianças muito pequenas. Atenção: Acónito é uma planta medicinal que se utilizada de forma errada pode envenenar.

ACÔNITO Aconitum napellus

É uma planta ornamental também conhecido como capacete de júpiter, natural da Europa, seus turbéculos são usados medicinalmente na homeopatia com muita cautela. Descrição : Planta da família das Ranunculaceae, também conhecida como acónito (portugal), capacete-de-júpiter, capuz-de-frade, casco-de-júpiter, napelo, anapelo, matalobos. É uma herbácea perene, de crescimento de até 1 metro de altura, seu caule é reto. É por excelência uma planta ornametal. As folhas são arredondadas, de 50 à 10 centímetros de diâmetro, divididos em 5 à 7 segmentos profundamente lobadas. As flores são roxo escuro para azul-violeta, estreitas oblongo em forma de capacete, com 1-2 centímetros de altura, seu fruto é uma vesícula. Existem outras espécies de acônito existentes na Espanha e em Portugal, que são a erva toira (A. anthora), ou acônito da saúde, e o matalobos (A. lycoctonum), de flor amarela. Parte utilizada: Tubérculo. Origen : Nativa no oeste e centro da Europa. Propriedades Medicinais do Acônito. Indicações : Nevralgias e doenças inflamatórias. Princípios Ativos: alcalóides (0,3-1,2%): aconitina (30%), mesaconitina, neopelina, hipaconitina, napelina, napelonina; ácidos orgânicos: aconítico, cítrico, tartárico; colina. Propriedades medicinais: analgésico, anticongestiva, antiinflamatória, antipirético, antitussígino, cardiotônica, descongestionante (vasoconstrictor), diaforético, diurética, sedativa, sudorífera. Indicações: asma, bronquite, congestão pulmonar, corisa, doença inflamatória, febre com delírios, feridas na pele, gota, gripe, hipertrofia do coração, laringite aguda, nevralgia facial, nevralgia lombociática e do trigênio, palpitação nervosa, pneumonia, reumatismo, tosse espasmódica, úlceras. Contra-indicações/cuidados Muito cuidado mesmo, o acônito é veneno de ação potente e rápida, não se deve nem tocá-la quando efetuar a colheita, Todas as suas variedades são venenosas quando a semente já está madura. O uso interno somente deve ser feito com receita médica, em doses homeopáticas e com preparações farmacêutica com determinação do conteúdo de alcalóides. Sendo que a dose letal é de 10 gramas da raiz (equivalente a 2 a 4 g de tubérculo fresco). A intoxicação num primeiro momento trás excitação geral, com parestesia nos lábios, língua e garganta por bloqueio do trigênio, depois alterações gastrointestinais: diarréia, vômitos, falta de ar e sialorréia. Em uma segunda fase se produz hipotermia e paralisia dos músculos respiratórios e bloqueio dos centros nervosos cardiorrespiratórios, que pode conduzir a morte por asfixia em poucas horas. Contra-indicações : Jamais usar na gravidez, lactação, em crianças, em combinações com álcool, sedantes, anti-histamínicos, hipnóticos, antidepressivos, espasmolíticos, pessoas com constipação, febre alta ou hipertensão.

ACÔNITO - Aconitum napellus

A acônito é uma planta perene com raízes tuberosas, originária da Europa, e cultivada em grande escala para fins farmacêuticos, mas que também cresce espontaneamente em campos e florestas. É utilizada como componente de misturas medicinais analgésicas. Por isso, deve ser usada somente sob orientação médica. INDICAÇÃO: o chá de Acônito é indicado para Afecções pulmonares, reumatismo, gota, ciática, dor de dente e bronquite. COMO FAZER: Utilize 2 colheres de sopa para um litro de água. Deixe cozinhar por cerca de 15 minutos, a partir do momento em que se inicia a ebulição, após esse tempo, retire do fogo e deixe repousando, tampada, por 10 minutos. Coe e está pronto para o uso. COMO BEBER: Tome de 2 a 3 xícaras ao dia.

Significado de Acônito

s.m. Bot. Nome de um grupo de plantas vistosas que pertencem à família dos ranúnculos. O acônito se desenvolve nas regiões frias do hemisfério norte. Existem cerca de 100 espécies desta planta, nenhuma nativa do Brasil, embora cultivada nos nossos jardins. As flores do acônito desabrocham na primavera e no verão. Suas cores variam do roxo-azulado ao amarelo e branco. O acônito pode crescer de 30cm a 1,80m de altura. As partes coloridas da planta variam em tamanho e forma, assemelhando-se a capuzes ou capacetes. As raízes, sementes e folhas de algumas espécies são venenosas. Essas espécies produzem o veneno também chamado acônito. Contêm um elemento químico muito forte chamada aconitina, largamente usada no passado como remédio. Os doentes usavam o acônito em forma de linimento para amortecer as dores de origem nevrálgica e reumática. Os médicos costumavam ainda receitar a ingestão de acônito para baixar a temperatura de um paciente febril ou moderar a atividade do coração e dos centros respiratórios. Hoje em dia, porém, os médicos usam remédios mais eficazes e menos perigosos. Definição de Acônito Classe gramatical de acônito: Substantivo masculino Separação das sílabas de acônito: a-cô-ni-to Plural de acônito: acônitos.

Conheça historias de quem emagreceu