Facebook

Chá de rosas

Chá de rosas

A Rosa-rubra (Rosa gallica) é um arbusto pequeno da família das rosáceas, de folhas geralmente com cinco folíolos ovados ou orbiculares e flores grandes, de um tom vermelho vivo, nativo da Europa e da Ásia, cultivado como ornamental e como medicinal. Também é conhecida pelos nomes de rosa-francesa, rosa-vermelha, roseira-francesa e roseira-rubra. INDICAÇÃO:O Chá de Rosas é indicado para tratamento de resfriados, bronquite, gastrite, diarreia, depressão (calmante). Externamente, são empregadas no tratamento de infecções oculares, dores de garganta, feridas leves e problemas de pele. COMO FAZER: Coloque 3 colheres de sopa de erva para meio litro de água, quando a água alcançar fervura, desligue. Tampe e deixe a solução abafada por cerca de 10 minutos. Em seguida, é só coar e beber. COMO BEBER: Tomar de 2 a 3 xícaras ao dia.

MAGIA COM CHÁ DE ROSAS

Rosa branca: Adstringente, laxativa, calmante e digestiva. Tísica pulmonar, vômitos de sangue, diarreia, estomatite (sapinho), disenterias, corrimento, laringite, úlceras, conjuntivite, etc.
Chá de rosas brancas
Ingredientes:
4 xícaras (chá) de água , pétalas de 3 rosas ,açúcar ou adoçante, a gosto
Modo de preparo:
1. Coloque a água numa chaleira e leve ao fogo alto.
2. Quando ferver, coloque as pétalas e deixe por 5 minutos. Retire , Adoce a gosto e sirva imediatamente

Receita de rosas vermelhas

Para a circulação sanguínea do nosso corpo, ou
quando nos sentimos com fortes dores de cabeça tipo
enxaqueca, deve-se ferver 5 pétalas de rosa vermelha em meio litro água,tomar com um pouco de mel e limão. O resultado ao fim de 40 mim é notável por estranho que nos pareça. Experimente e veja o resultado por mais incrível que lhe pareça.

Chá de Rosas Brancas

Rosa Branca: Adstringente, laxativa, calmante e digestiva. Tísica pulmonar, vômitos de sangue, diarreia, estomatite (sapinho), disenterias, corrimento, laringite, úlceras, conjuntivite, etc.

Você irá precisar dos seguintes ingredientes:

· 3 xícaras (chá) de água
· Pétalas de 3 rosas
· Açúcar ou mel (à gosto)

Modo de preparo:
·
Coloque a água numa chaleira e leve ao fogo alto.
Quando ferver coloque as pétalas e deixe por 5 minutos. Retire, adoce a gosto e sirva imediatamente.

Rosa Branca Rosa centifolia

Rosa Branca (Rosa centifolia)
Família: Rosaceae
Parte Utilizada: pétalas (Infusão)

A mitologia grega conta que no princípio, todas as rosas eram brancas. Quando Vênus e Adônis brigaram, as lágrimas de Vênus caíram sobre alguns botões, que desde então ficaram vermelhos. Cleópatra, a rainha do Egito, a utilizava com finalidade afrodisíaca. O óleo de rosas era muito usado pelas mulheres do Oriente, no corpo todo, ao se prepararem para a vida amorosa e sexual. Os Celtas usavam rosas com variadas cores para os rituais de fertilidade.
A Rosa Branca necessita de solo rico em nutrientes, com umidade constante.

Propriedades Funcionais:
A Rosa Branca é indicada para inflamações do útero e rins. Possui ação antibacteriana e antidiarréica, além de ser depurativa para furúnculos. Trata conjuntivites (compressas). Pode ser usada em banhos.

Outras plantas com a mesma eficácia:
Bardana é depurativa, indicada para tratamento de ácido úrico, furúnculos, abcessos, acnes e outros problemas de pele.

Chapéu de couro é diurético, para afecções urinárias em geral, secreção das vias urinárias, litíase urinária e cistites.

Tanchagem promove efeito antiinflamatório e protetor sobre as mucosas inflamadas.

Crajiru é usado em banhos vaginais para leucorréias.

O Levante tem indicação para flatulência, diarréia e cólicas.

Conheça historias de quem emagreceu