Facebook

Damiana

Damiana

Chá de damiana – Benefícios e propriedades medicinais A Damiana é uma planta medicinal que possui o nome científico de Turnera diffusa, mas também é conhecida como Damiana-do-México e Damiana-Mexicana. Apesar de possuir uma flor que se destaca e faz com que algumas pessoas pensem que a Damiana se resume à ela, a planta é, na verdade, um arbusto, nativo da América Central, México, América do Sul e Caribe. É relativamente pequeno e suas flores são pequenas e aromáticas (algumas pessoas podem jurar que este arbusto e suas flores têm um cheiro que lembra camomila, por causa do óleo presente na planta). Das suas folhas pode ser feito um chá, que já foi muito utilizado pelos astecas, maias, índios mexicanos e índios da América do Sul. Este chá possui inúmeras propriedades e benefícios, confira.Propriedades da Damiana A Damiana é afrodisíaca, antisséptica, urinária, carminativa, colagoga, diurética, emenagoga, estimulante, laxante e nervina. Diante destas propriedades, é possível obter muitos benefícios, principalmente se ela for consumida como chá.

Benefícios do chá de damiana

Era usado por adolescentes afim de superarem a timidez – característica comum na época da puberdade. Diminui a frigidez feminina, fazendo até com que a mulher produza mais muco vaginal – o que, consequentemente, a deixa mais lubrificada. Pode ser usado para evitar a ansiedade no desempenho sexual dos adultos, melhorando-o rapidamente. Isso acontece porque o princípio amargo da planta estimula o sistema nervoso, fazendo com que os nervos enviem mais rapidamente as mensagens até os órgãos genitais. Também pode ser utilizado nos seguintes casos: albuminúria, alcoolismo, anorexia, asma, astenia (ou fraqueza), bronquite, cistite, convalescênça, constipação, debilidade, desordem respiratória, depressão, diabetes, diarreia, dispepsia, disenteria, dismenorreia, doenças dos rins e bexiga, doenças venéreas, dor de cabeça, dor de estômago, eczema (de menstruação insuficiente), enurese (incontinência urinária), espermatorreia, impotência sexual feminina e masculina, infecção intestinal, leucorreia, malária, nervos, paralisia, problemas de visão, rinite, reumatismo, sífilis, úlceras pépticas, uretrite e problemas na vesícula.

Damiana Turnera diffusa

Damiana Turnera diffusa Estimulante Sexual para ambos os sexos, é muito utilizado para prevenção e tratamento de disfunções sexuais, principalmente se estas estiverem relacionadas com um quadro de stress e ansiedade. Tonificante do sistema nervoso; o seu uso demonstrou bons resultados em casos de astenia, debilidade, esgotamento físico ou intelectual e stress. O suplemento da erva tem reputação de ajudar em doenças como: Doença de Parkinson, PMS, inflamação de próstata,doença de Lou Gehrig. Utilizada para órgãos reprodutivos de homens e mulheres. Enfisema, frigidez, impotência, infertilidade, menopausa. Propriedades medicinais: Estimulante dos órgãos sexuais. Adstringente, albuminúrica, antidispepsia, balsâmica. Emenagoga, emoliente, estomáquico, expectorante, purgativa, tônica, tônico geral, tônico nervoso.

O que é a Damiana?

A Damiana (Turnera diffusa) é um pequeno arbusto, de folhas suaves de cor verde-pálido e flores amarelas. É nativa de África, México e Sudoeste dos Estados Unidos. As folhas secas e os caules da Damiana são usados em determinadas misturas para fumar (tal como a Algerian Blend). Apesar de se dizer que produz um efeito narcótico que dura cerca de 2 horas, esta planta e seus extractos são legais em todo o mundo. É um ingrediente comum em produtos vendidos como afrodisíacos de origem vegetal (por exemplo o Male Nitro e Venuswave). História Os Mayas e Aztecas usavam a Damiana como afrodisíaco, relaxante e também como um tónico geral para melhorar a saúde. O padre Juan Maria de Salvatierra, um missionário espanhol, relatou pela primeira vez que os índios mexicanos faziam uma bebida com as folhas de Damiana, juntavam-lhe açucar, e bebiam-na pelas suas propriedades acentuadoras do amor. Por volta de 1870, era importada para os Estados Unidos em forma de tintura, sendo publicitada como poderoso afrodisíaco. Apesar de, em 1888, a Damiana ter sido incluida na primeira edição do National Formulary (NF), nunca chegou à Farmacopeia dos Estados Unidos, tendo o elixir desaparecido do NF, em 1916. Algumas empresas continuaram a vender o elixir no mercado americano, mas a Damiana quase desapareceu por completo, até que nos anos 60 o movimento hippy resgatou a sua popularidade. Botânica É um arbusto baixo, de cor verde-pálida, com folhas serradas e ovais, de cerca de 1-2.5cm de comprimento e 6mm de largura. As flores são amarelas e muito aromáticas. Química A Damiana contém cerca de 0.5% a 1% de um óleo volátil complexo (timol, alpha-copaene, 8cadinene, calamene, 1,8 cineole, alpha pinene, beta pinene, calamenene) que dá à planta o seu odor e sabor caracteristicos. Também contém flavonóides e taninos. Nenhum destes ingredientes é conhecido por ter qualidades psicoactivas ou afrodisíacas. Daí não haver dados substanciais disponíveis para confirmar os efectos que lhe são popularmente atribuídos. No entanto, a Wikipedia refere três estudos recentes que confirmam os seus efeitos afrodisíacos em ratos: "Vários estudos, utilizando testes em animais, produziram provas de um aumento na actividade sexual de ratos machos, impotentes ou sexualmente exaustos , quando expostos a Damiana, [4][5] além de uma actividade sexual, aumentada em geral, em ratos de ambos os sexos.[6]" A pesquisa revela pouca ou nenhuma informação relativa à toxicologia pelo uso deste produto. Efeitos Diz-se que os efeitos principais são a relaxação, um efeito narcótico suave, e aumento de apetite sexual.

Conheça historias de quem emagreceu