Facebook

Erva de São João

Erva de São João

A planta do Alto astral – Erva-de-são-joão e o "milagre" do bom sono." A Erva de São João é excelente para tratar depressões, quadros de nervosismo e inquietação. Tenho experiência pessoal como o Erva de São João, quando tomo ao deitar durmo profundamente e até sonho mais do que o normal. Desta forma, identifiquei na erva de São João os benefícios de um calmante, sem os inconvenientes que os calmantes alopáticos trazem. Os médicos estão de olho na erva-de-são-joão. Não é à toa. Ela é uma opção natural que parece ser realmente eficaz para tratar indivíduos deprimidos. (1) A promessa é mais que tentadora: um tratamento natural capaz de aplacar os sinais leves e moderados da depressão, que arrasa o humor de cerca de 10 milhões de brasileiros. Os defensores da erva- de-são-joão (Hypericum perfaratum) se valem de estudos que comprovam os seus benefícios. Além disso, suspeita-se que a plantinha tenha menos efeitos colaterais do que drogas consagradas, como o famoso Prozac, o que ainda não foi comprovado. Enquanto isso, ouvem-se histórias de gente que tomou as cápsulas da erva e, depois de algumas semanas, saiu espalhando para os amigos que o desânimo, a apatia e a angústia haviam desaparecido.

Erva de São João: remédio santo

Erva de São João: remédio santo á se sentiu à beira de um ataque de nervos? Da próxima vez, sinta antes os efeitos da Erva-de-São-João e ponha a ansiedade a dormir. Já na Idade Média, a Erva-de-São-João era utilizada no tratamento de problemas nervosos, devido aos seus alegados poderes mágicos que, acreditava-se, repeliam o mal. Caiu em desuso durante o século XIX, mas actualmente é uma das plantas mais indicadas para tratar distúrbios nervosos, nomeadamente a depressão. A Erva-de-São-João, também conhecida como hipericão, cresce em toda a Europa (à excepção da Islândia), na Ásia e no Norte de África. Da planta, aproveitam-se as partes aéreas floridas, que são depois cuidadosamente secas, de forma a preservar os seus componentes. E são muitos. Destaca-se a hipericina, o composto principal, mas também os flavonóides, hiperforina, óleo essencial, taninos, fitosteróis, entre outros. Como actua? A hipericina (o principal composto) possui actividade anti-microbiana e anti-cancerígena, para além de um efeito antidepressivo. A hiperforina tem também uma acção antidepressiva, mas por um mecanismo fisiológico diferente. Outros componentes, como os taninos e o óleo essencial, conferem à planta uma actividade anti-séptica e cicatrizante. Os flavonóides têm um efeito anti-inflamatório e vasoprotector capilar. O conjunto de todos estes componentes e respectivas actividades fazem desta planta, pela via interna, uma óptima ajuda nos casos de depressão moderada, ansiedade, distúrbios do sono em idosos e agitação. Recomendada para… A Comissão E (1) aprovou a utilização da Erva-de-São-João em perturbações psicovegetativas, depressões, ansiedade e dispepsia, e um estudo da prestigiada Charité-Universitätsmedizin Berlin, na Alemanha, concluiu que a erva é tão eficaz a combater uma depressão como os antidepressivos habitualmente prescritos. A equipa realizou testes em 301 homens e mulheres e observou, pela primeira vez, que a planta é eficaz mesmo em casos de depressão grave. Externamente, o óleo de hipericão é um bom cicatrizante de feridas, queimaduras, contusões, eczemas e outras afecções cutâneas. Contra-indicações Está contra-indicada na gravidez e a sua utilização é também incompatível com plantas e alimentos, como o queijo, que contenham tiramina, uma vez que a associação entre eles pode produzir uma subida da pressão arterial. A metabolização da planta pode interferir com a metabolização de alguns medicamentos, portanto o esclarecimento do técnico de saúde é sempre a melhor opção. As doses não terapêuticas podem provocar fotossensibilização (devido à hipericina), levando ao aparecimento de eritemas (vermelhidão da pele) e queimaduras. Por este motivo, é conveniente evitar a exposição solar durante o período de utilização, e ter sempre em atenção a toma das dosagens recomendadas. Dosagens e Soluções com Erva-de-São-João Em chás, cápsulas, comprimidos ou outro género de apresentações, a Erva-de-São-João está muito divulgada no nosso mercado. Aconselha-se 2 g como dose diária. A infusão pode ser preparada com 1 g de planta por chávena, sendo aconselhável 2 a 3 chávenas por dia, e o óleo vegetal é obtido por maceração de hipericão a 30%. As tinturas ou os extractos fluidos são outras formas de utilização por via externa.

Erva de São João

A erva de São João (Hypericum Perfuratum), Hipericão ou Jarsim, é um antidepressivo natural que atua bloqueando a captação de serotonina e noradrenalina e inibidor da MAO. Propriedades da Erva de São João Adstringente, antidiarreica, antisséptico, vermífugo, antimicrobiano, calmante, sedativo. Para que serve a Erva de São João Acalma o estresse, insônia, nervosismo e depressão. Pode ser utilizado no combate à caspa, acne, problemas digestivos, gota, hemorróidas e problemas urinários. Modo de uso da Erva de São João Coloque 20 g de folhas secas de erva de São João numa panela e acrescente 500 ml de água, deixando ferver por 10 minutos. Coe e beba, quando esfriar. Efeitos Colaterais da Erva de São João Cansaço, boca seca, anorgasmia, aumento da frequência urinária, aumento da transpiração. Contraindicações da Erva de São João Não encontrada.

ERVA DE SÃO JOÃO MENTRASTO

O Ageratum conyzoides L. é encontrada em regiões tropicais e subtropicais, incluindo o Brasil, onde é mais conhecida como mentrasto, catinga de bode, erva de são joão, matruço, entre outras. Várias propriedades medicinais são atribuídas, como antiinflamatório, analgésico, porém poucos trabalhos científicos são encontrados sobre essa planta. INDICAÇÃO: Tônico, espasmos, aperiente, antidesintérico. anti-reumática (uso externo), antidiarrético, febrífuga, antinflamatória, carminativa, resfriados, cólicas menstruais e tensão pré-menstrual. COMO FAZER: Coloque 2 colheres de sopa de erva para um litro de água, quando a água alcançar fervura, desligue. Tampe e deixe a solução abafada por cerca de 10 minutos. Em seguida, é só coar e beber. COMO BEBER: Tomar de 2 a 3 xícaras ao dia.

Conheça historias de quem emagreceu