Facebook

Erva mão de deus

Erva mão de deus

MÃO-DE-DEUS

Nome Científico: Tithonia diversifolia (Hemsl.) A. Gray

Família botânica: Asteraceae ( Compositae )

Sinonímias: Mirasolia diversifolia Hemsl., Urbanisol tagetiflora var. diversifolius (Hemsl.) Kuntze

Nomes populares: mão-de-deus, margaridão-amarelo, girassol-mexicano, boldo-japonês, titônia , flor do Amazonas.

Origem ou Habitat: Colômbia

Características botânicas: Arbusto perene, semi-herbáceo, vigoroso, ereto, ramificado, até 3 m de altura. As folhas são inteiras ou com vários recortes, grandes, de até 35 cm de comprimento, ovalado-orbiculares e pubescentes. Inflorescências terminais ou laterais com grandes flores amarelas, vistosas em capítulos grandes. Ocorre da América Central até as Índias Ocidentais, tendo sido naturalizada nos Trópicos, onde é muito cultivada devido a beleza de suas flores e por seu tamanho. Propaga-se por brotação de ramos, sementes e estacas.

Interações medicamentosas: Não há estudos

Efeitos adversos e/ou tóxicos: estudos com Artemia salina e ratos mostrou toxicidade ; em ratos mostrou toxicidade hepática e renal dose e tempo dependente , mesmo em baixas doses.
Estes fatos mostram a necessidade de mais estudos sobre a toxicidade desta espécie .

Contra-indicações: evitar o uso em grávidas e nutrizes

Posologia e modo de uso: Pó: recomenda-se secar as folhas e triturá-las até se obter um pó, que deve ser peneirado e guardado em vidros ao abrigo da luz; colocar uma pequena pitada deste pó na ponta da língua nos momentos de maior vontade de usar as drogas das quais querem se livrar , até seis vezes ao dia.

Observações: O uso interno seguro desta espécie necessita mais estudos quanto a toxicidade .

Ervas medicinais para prevenção e controle das doenças crônicas

O cotidiano estressante, o tabagismo, a poluição, especialmente nos grandes centros e os hábitos alimentares incorretos são os principais causadores dos males cardiovasculares, cancros, doenças respiratórias e muitas outras.
O colesterol e a pressão arterial elevados, a diabetes, a obesidade e os cancros podem ser prevenidos e controlados por meio da fitoterapía.
As ervas medicinais são utilizadas há mais de 6.000 anos. Segundo André Resende, naturopata, para a eficácia do tratamento, é necessária a orientação de um fitoterapeuta ou do seu médico e algumas regras devem ser obedecidas. "Não devemos fazer o chá para o dia seguinte. Para o preparo, as vasilhas de louça são as mais apropriadas, pois as de alumínio estão predispostas à oxidação. As ervas utilizadas devem ser adquiridas nas lojas, observando a sua procedência", afirma André Resende. Aumentar o sistema imunológico, combater o tabagismo, o estresse e a obesidade são medidas essenciais para a prevenção das doenças crônicas.
Suco para aumentar o sistema imunológico

Ingredientes
Maçã (1 fruta);
Agrião com talo (4 ramos);
Alfafa fresca (1 punhado);
Kiwi (1 fruta);
Suco de laranja (1 copo);
Acerola polpa (1 colher de sopa);
Limão (1 cortado e descascado);
Gengibre raiz (1 rodela fina).
Modo de preparo
Bater no liquidificador os ingredientes, adoçar com mel e tomar 2 vezes por dia.

Chá para aumentar o sistema imunológico, prevenir gripes e outras doenças

Ingredientes
Tuia;
Equinácea Purpurea;
Maçã desidratada;
Cogumelo agarico;
Pulmonária;
Alcaçuz raiz.
Modo de preparo
Usar um punhado de cada erva em 1 litro de água fervente. Ferva por 20 minutos e tome uma xícara de chá 4 vezes ao dia. Adoçar com mel.

Conheça historias de quem emagreceu