Facebook

Erva pitanga

Erva pitanga

Nativa do Brasil, a Pitanga foi levada pelos portugueses para a África e Ásia no século XIX. Seu nome provém do tupi pi'tãg, que significa vermelho.
É uma árvore que mede entre 6 e 12 metros de alturam dotada de copa mais ou menos piramidal. O tronco é tortuoso e um pouco sulcado, de 30-50 centímetros de diâmetro, com casca descamante em placas irregulares. As folhas são simples, levemente discolores, glabras, brilhantes na face superior, de 3-7 centímetros de comprimento por 1-3 centímetros de largura. As flores são brancas, solitárias ou em grupos de 2-3 nas axilas da extremidade dos ramos. O fruto é uma drupa globosa achatada e sulcada, glabra, brilhante, vermelha, amarela ou preta quando madura, de polpa carnosa e comestível, contendo 1-2 sementes.

Nome Científico: Eugenia uniflora L. Sinonímia: Eugenia micheli Lam.; Stenocalyx micheli (Lam.) O. Berg.; Stenocalyx brunneus O. Berg.; Stenocalyx affinis O. Berg.; Stenocalyx strigosus O. Berg.; Stenocalyx impunctatus O. Berg.; Stenocalyx glaber O. Berg.; Stenocalyx lucidus O. Berg.; Stenocalyx dasyblastus O. Berg.; Eugenia costata Camb.; Myrtus brasiliana L.; Plinia rubra L.; Plinia penduculata L.; Eugenia indica Mich.

Nome Popular: Pitanga, Pitangueira, Pitangueira-vermelha, Pitanga-roxa, Pitanga-branca, Pitanga-rósea, Ginja, Ibipitanga, Pintangatuba, Ubipitanga e Pitanga-do-mato, em português; Surinam Cherry, em inglês; Nangaripé, no Uruguai.

Pitangueira Propriedades Medicinais

Pitangueira – Propriedades Medicinais
A pitangueira (nome científico Eugenia uniflora) é uma árvore nativa da Mata Atlântica brasileira, onde é encontrada na floresta estacional semidecidual do planalto e nas restingas, desde Minas Gerais até o Rio Grande do Sul em regiões de clima subtropical. É uma árvore medianamente rústica, de porte pequeno a médio, com 2m a 4m de altura, mas alcançando, em ótimas condições de clima e de solo, quando adulta, alturas acima de 6m e até, no máximo, 12m. A copa globosa é dotada de folhagem perene. As folhas pequenas e verde-escuras, quando amassadas, exalam um forte aroma característico. As flores são brancas e pequenas.
A planta é cultivada tradicionalmente em quintais domésticos.

O seu plantio é feito simplesmente pela colocação de um caroço de pitanga no solo ou pelo transplante de uma muda até o local adequado. Dá-se bem em quase todo tipo de solo, incluindo os terrenos arenosos junto às praias. É também usada como árvore ornamental em áreas urbanas de cidades brasileiras, na recuperação de áreas degradadas de sistemas agroflorestais multiestrato e em reflorestamentos heterogêneos. As pitangueiras com frutos são um ótimo atrativo para pássaros e animais silvestres em geral.
A tradição popular atribui algumas qualidades terapêuticas às infusões feitas com as folhas verdes da pitangueira ("chá" de pitanga ou "chá" de pitangueira). (Fonte: Wikipedia)
Pitangueira
Pitangueira
Nomes Populares:

Cerejeira brasileira,
Ginja,
Pitanga,
Pitanga branca,
Pitanga do mato,
Pitanga rósea,
Pitanga roxa,
Pitanga vermelha,
Pitangueira,
Pitangueira miúda,
Pitangueira vermelha,

Pitanga para Cabelos

Pitanga para Cabelos
A Pitanga tem ação levemente adstringente, evitando dessa forma a oleosidade excessiva da raiz.

Usado após o shampoo e com enxague, o Condicionador de Bétula e Pitanga Doce Erva alinha as escamas dos fios, proporcionando maciez e leveza.

"Trata-se de descrição do produto e não propaganda. Consulte sempre um especialista".
Somos uma Farmácia de manipulação. Portanto, os produtos naturais anunciados neste site serão produzidos sob encomenda.

Chá de pitanga.

Chá de pitanga a pitangueira é conhecida como Eugenia uniflora, L, Dicotyledonae, Mirtaceae. O fruto do Chá de pitanga, por ser vermelho escuro (pitangueira vermelha), era conhecido pelos índios tupi-guaranis pelo nome de Pitanga.

A pitangueira é uma pequena árvore que nas regiões subtropicais alcança de 2m a 4m de altura, mas, vegetando sob ótimas condições de clima e de solo, alcança alturas acima de 6m, quando adulta. As folhas pequenas e verde-escuras, quando formadas, exalam aroma forte e característico.

INDICAÇÃO: Chá de pitanga => afecções do fígado, bronquite, cólica menstrual, diabetes, colesterol, diarréia, febres intermitentes, gota, hipertensão, infecções da garganta, limpar e descongestionar a pele do rosto, queda e oleosidade dos cabelos, reumatismo.

COMO FAZER o Chá de pitanga : Coloque 3 colheres de sopa de erva para um litro de água, quando a água alcançar fervura, desligue. Tampe e deixe a solução abafada por cerca de 10 minutos. Em seguida, é só coar e beber.

COMO BEBER o Chá de pitanga: Tomar de 2 a 3 xícaras ao dia.

Conheça historias de quem emagreceu