Facebook

Gengibre

Gengibre

Gengibre: raiz emagrecedora e anti-inflamatória Vegetal nativo da Ásia, o gengibre é uma raiz tuberosa usada tanto na culinária quanto na medicina. A planta assume múltiplos benefícios terapêuticos: tem ação bactericida, é desintoxicante e ainda melhora o desempenho do sistema digestivo, respiratório e circulatório. O gengibre também é um reconhecido alimento termogênico, capaz de acelerar o metabolismo e favorecer a queima de gordura corporal. Outros nomes do gengibre Mangarataia, mangaratiá Principais nutrientes do gengibre O gengibre apresenta uma substância chamada gingerol, dotada de propriedades antioxidantes e anti-inflamatórias que protegem o organismo de bactérias e fungos. O gingerol é responsável pelo sabor picante do gengibre. As propriedades terapêuticas do gengibre se devem à ação conjunta de várias substâncias, principalmente encontradas no óleo essencial do gengibre, rico nos componentes medicinais cafeno, felandreno, zingibereno e zingerona. O gengibre também é rico em substâncias termogênicas que ativam o metabolismo do organismo e potencializam a queima de gordura corporal. A raiz é composta por vitamina B6, assim como nos minerais potássio, magnésio e cobre, mas tais propriedades se tornam pouco relevantes levando-se em conta o consumo diário da planta. Como trata-se de uma especiaria, bastam pequenas quantidades do gengibre no chá ou preparações culinárias para aromatizar as preparações. Note que a tabela de valores nutricionais abaixo considera 100g de gengibre, porém o uso numa receita pode não alcançar a 2g.

Benefícios do gengibre

O gengibre é referência quando se fala em problemas estomacais, pois combate enjoos, gases, indigestão, náuseas causadas pelo tratamento do câncer e perda de apetite. Também auxilia na digestão de alimentos gordurosos. Não é à toa que uma substância presente na raiz do gengibre é usada na fabricação de medicamentos laxantes, antigases e antiácidos. Gengibre combina com comida japonesa A raiz também é bastante utilizada para combater o mau hálito, cólica menstrual e até ressaca. Graças ao poder anti-inflamatório, o gengibre ainda é usado para aliviar dores decorrentes da artrite, dores musculares, infecções do trato respiratório, tosse e bronquite. A planta integra a formulação de xaropes por causa de sua ação anti-inflamatória e antibiótica. O óleo extraído do vegetal é apontado como eficaz no tratamento de queimaduras. Além disso, o gengibre desempenha um importante papel na dieta, pois estimula olfato e paladar, contribuindo com a diminuição do uso do sal para temperar os alimentos. O chá, por sua vez, aumenta o consumo de líquidos, favorecendo a hidratação e ajudando a eliminar as toxinas. Por que o gengibre ajuda a emagrecer Todas as atividades realizadas pelo corpo consomem energia. Isso inclui o processo digestivo, que pode ser usado a seu favor para emagrecer quando o que está em questão são os alimentos termogênicos, como o gengibre. Esses alimentos são capazes de aumentar o gasto calórico do organismo durante a digestão e o processo metabólico. Quanto mais difícil for a digestão do alimento, maior será o seu poder termogênico. As substâncias termogênicas contidas no gengibre têm a capacidade de aumentar a temperatura corporal, acelerando o metabolismo e aumentando a queima de gordura. A termogênese é um processo regulado pelo sistema nervoso e interferências neste sistema podem favorecer o emagrecimento. O gengibre pode aumentar o gasto calórico em mais de 10%. No entanto, sabe-se que não existem milagres quando o assunto é perder peso. Para que o consumo de gengibre com este objetivo mostre resultado, é necessário aliá-lo à dieta regrada e exercícios físicos.

Gengibre pode ajudar a combater doenças e auxilia o emagrecimento

Gengibre pode ajudar a combater doenças e auxilia o emagrecimento Raiz pode ser consumida de várias maneiras e faz muito bem à saúde. O gengibre é uma planta de origem asiática e no Brasil faz muito sucesso principalmente nas festas juninas, por causa daquele "ardido" que dá no quentão. Mas você sabia que ele pode (e deveria) ser consumido durante o ano todo? Quem quer emagrecer também deve apostar nela e a safra dura o ano inteiro. A raiz pode ser consumida de várias maneiras e faz muito bem à saúde. É boa para a circulação sanguínea, digestão e também combate o envelhecimento. A parte que aproveitamos do gengibre é o caule, que fica embaixo da terra. As propriedades terapêuticas são resultado da ação de várias substâncias, principalmente do canfeno, que é bactericida e antiinflamatório. O canfeno é um óleo e tem efeito anestésico. Ele pode ser usado em gargarejo, para dor de garganta, gripes e resfriados. Ele também pode ser usado para massagens e dores reumáticas O gengibre também ajuda a emagrecer porque acelera o metabolismo e facilita a digestão. O ideal é tomar uma xícara de chá de gengibre logo depois das refeições. A mistura leva limão, açúcar, cravo e canela. "Tomando uma xícara de chá após o almoço, ele evita a formação de gazes, tão incomoda para muitas pessoas", explica Na hora de escolher, prefira os de casca lisa e com brilho. O gengibre também tem em sua composição o gengirol. É ele que dá esse sabor picante e o torna um poderoso antioxidante. Os alimentos antioxidantes têm a função de combater o envelhecimento das células e os radicais livres. Ele também pode ser consumido com frutas, na forma de sucos.

Gengibre emagrece, extermina celulite e previne contra gripes

Gengibre emagrece, extermina celulite e previne contra gripes Usá-lo diariamente no preparo de bebidas pode garantir menos gordurinhas e furinhos e te afastar dos resfriados Sabe aquele gengibre que as avós mandavam comer para melhorar da gripe? Pois bem, além de afastar do resfriado – sim, elas tinham razão! –, ele também pode emagrecer e deixar a pele linda e lisa, longe das temidas celulites. Não é mentira, não! Segundo a nutricionista Flávia Cyfer, esses benefícios todos estão mesmo associados ao consumo de gengibre. Mas ela alerta para o jeito certo de ingeri-lo. "Nunca se deve esquentá-lo. Assim que estiver exposto ao calor, já era toda a ação benéfica dele. Tem que ser consumido fresco, cru", ensina, ao indicar que uma boa opção é ralar um pedaço dele e colocar na salada, ou mesmo na salada de frutas. Também é uma alternativa batê-lo com sucos. Contudo, também é preciso cautela. "Tudo tem que ter equilíbrio, quem come demais o alimento sente fortes incômodos no estomago. O indicado são dois pedaços de cerca de 3 cm diariamente, o que dá por volta de 2 colheres de chá do gengibre ralado". Outra dica: coloque essa quantidade da raiz ralada em uma jarra de água e beba durante o dia inteiro. Gengibre emagrece! A nutricionista lista os principais motivos: Créditos: Shutterstock Dica é adicionar duas colheres de gengibre ralado em uma garrafa d'água para beber durante o dia (Shutterstock) Queima toxinas – ele estimula as enzimas do fígado a trabalhar e eliminar toxina. Quando isso acontece, o sinal da saciedade vem muito mais rápido, deixando a pessoa mais satisfeita e evitando comer demais. Tem ação termogênica - Quanto menos toxina, a célula trabalha melhor, deixando o metabolismo acelerado e apressando a queima de calorias. Isso faz com que a pessoa perca essas medidas mais facilmente ao longo do dia. Combate a celulite É o grande truque para quem odeia as marquinhas pelo corpo. "Ele tem ação anti-inflamatória que ajuda muito a manter a pele lisa e sem celulite. Sempre recomento um suco bacana para ajudar a fugir delas", conta Flávia. A receita: para uma medida de água, adicionar folhas de uma couve, capim limão fresco a gosto, um punhado de Goji Berry, uma colher de semente de chia, e um pedaço de menos de 3 cm de gengibre. Gengibre contra a gripe "Ele é um dos melhores anti-inflamatórios naturais que existem. Tem forte ação na imunidade e permite abreviar várias doenças de caráter inflamatório, além de evitar doenças cardiovasculares, diabetes e outras". Ou seja, é um grande aliado da saúde! Outros benefícios Diminui gases - A sugestão da nutricionista é para que, quando abusar de comidas que estimulam a formação de gases (como o feijão), colocar gengibre na salada. Diminui o enjoo - Isso significa que pode ser aliado das grávidas no início da gestação, além de ajudar quem anda de navio, que pode sentir o incômodo do balanço do mar.

Conheça historias de quem emagreceu