Facebook

Guaraná

Guaraná

Os seis benefícios do guaraná Pesquisas revelam os poderes da fruta amazônica: 1 – Antioxidante: o guaraná é rico em catequina, substância responsável por impedir o trabalho 'pesado' dos radicais livres — vilões que destroem as células do corpo e aceleram o envelhecimento. 2 – Energético: a fruta é rica em cafeína e teobromina, estimulantes natos que favorecem o estado de alerta e aumentam a energia, intensificando a resistência física e mental. 3 – Combate a obesidade: o consumo do guaraná aumenta o gasto calórico diário. Além disso, ainda diminui o apetite, por manter estáveis os níveis de glicose no sangue. 4 – Dilata os vasos: teobromina, teofilina e cafeína expandem os tubos sanguíneos, o que ajuda no suprimento de oxigênio e nutrientes para todo o corpo. Com isso, a pressão fica sob controle. 5 – Previne o câncer: o guaraná freia tumores e impede sua proliferação. 6 – Afrodisíaco: por expandir o calibre dos vasos, mais sangue chega à região genital, facilitando a ereção. A quantidade e a qualidade do sêmen também aumentam — o que garante uma vida sexual ativa por muito mais tempo.

Guaraná do Brasil

Guaraná A maioria das pessoas no Brasil conhece o poder que o guaraná tem para aumentar rapidamente a energia, o que é especialmente desejado antes de treinamentos intensos e logo após acordar pela manhã para dar aquela "despertada" e iniciar o dia. Porém, o que poucos conhecem é sua capacidade de quebrar e mobilizar a gordura e usá-la como fonte de energia, tornando-se assim um ótimo aliado para a boa forma. O guaraná contém cafeína, que tem um efeito positivo no sistema nervoso central e no metabolismo. Mas, além disso, ele também ajuda a suprimir o apetite e a converter gordura em energia. Praticantes de atividades físicas e esportistas vêem os seguintes principais benefícios no consumo de guaraná: Aumento da utilização de ácidos graxos como fonte de energia para o corpo, acelerando a queima de gordura. Aumento temporário da energia e clareza da mente por manter um bom nível da atividade da adrenalina e fluxo sangüíneo. Mantém um bom funcionamento do sistema cardiovascular e do sistema nervoso central, o que pode ajudar a aliviar a fadiga.

Pesquisa da UFSM aponta benefícios do guaraná no combate a doenças.

O nome parece complicado: Laboratório de Biogenômica. Mas é dentro do espaço do departamento de Morfologia da Universidade Federal de Santa Maria (UFSM) que um grupo de pesquisadores investiga algo que faz parte da vida de todas as pessoas: a interação entre a herança genética e os fatores ambientais que influenciam no desenvolvimento, em especial no envelhecimento. Apesar de não terem encontrado a fórmula do elixir da juventude, os pesquisadores acreditam que já fizeram descobertas que podem ajudar as pessoas não só a viver mais tempo, mas também a viver melhor. Um desses estudos, sobre o guaraná, transformou-se em referência mundial e está despertando o interesse de diferentes países. A pesquisa foi realizada na cidade amazonense de Maués, em parceria com a Universidade Aberta da Terceira Idade. O que chama a atenção por lá é que 1% dos cerca de 50 mil habitantes tem mais de 80 anos, quando a média nacional de octogenários é de 0,5%. A longevidade dos idosos de Maués é o centro da pesquisa desenvolvida pelos professores doutores Euler Ribeiro e Ivana Beatrice Mânica da Cruz. Ivana, que é formada pela UFSM, há mais de 20 anos se dedica ao estudo da biogenômica. Ela já fez parte de estudos que descobriram o efeito positivo de alimentos como a maçã, o vinho e o suco de uva sobre a saúde. Agora, ela está encantada com o guaraná. Desde 2008, a equipe acompanhou os hábitos alimentares, a convivência com o meio ambiente, o uso frequente do guaraná, as atividades físicas e as características genéticas de 1.808 pessoas acima de 60 anos que moram em Maués, considerada a Terra do Guaraná, e de 1,5 mil moradores de Manaus, uma capital com as características comuns a cidades grandes. Os pesquisadores constataram que em Maués há menos obesidade, hipertensão, doenças cardíacas e câncer. Ivana e Ribeiro acabam de lançar, no Rio de Janeiro, o livro Dieta Amazônica — Saúde e Longevidade, que ainda não chegou ao sul do país. Nele, mostram como o consumo de peixes e frutos, aliado à pratica de uma vida ativa e sem muito estresse, tem contribuído para a saúde da população amazônica. Além disso, desvendam os segredos de cerca de 20 frutos amazônicos, alguns acessíveis também por aqui, como é o caso do abacaxi. — Eles (moradores de Maués) ainda têm uma dieta muito diferente da europeia, comem mais frutas e peixes e menos farinhas e carnes vermelhas. Além disso, remam muito, pois o barco é o principal transporte. Assim, fazem atividade física no dia a dia — conta Ivana.

Confira os prós e contras de medicamentos à base de guaraná.

Confira os prós e contras de medicamentos à base de guaraná O mundo, não há como não notar, passa por transformações de âmbito global intensas e extremas. E as pessoas acompanham esse ritmo frenético em todos os setores de sua existência, ou seja: mental, emocional e físico. Parece que tudo urge, e os modelos que estão sendo adotados pedem rapidez de raciocínio, corpos sarados, dinâmicos e energia a mil por hora. Se por um lado o culto ao corpo determina as posturas comportamentais, por outro lado deparamo-nos com uma realidade caótica onde as drogas estimulantes estão viciando cada vez mais. São tantas novas bebidas e drogas com as quais se busca um estado de ser transcendental, numa fuga quase que em ritmo de "êxodo" da realidade, que parece não existir mais esperanças de abolirmos maus hábitos e substâncias nocivas ao nosso organismo, revertendo todo esse processo. Diante desse cenário, precisamos ser inteligentes e adotar medidas em prol de uma vida mais saudável. E já que estamos falando em ter mais energia e encarar o dia-a-dia de um jeito mais responsável e integral, não poderíamos deixar de citar o mais famoso energético natural brasileiro: o guaraná. O guaraná possui propriedades, como a cafeína, que estimulam o sistema nervoso central. Isso facilita a capacidade de concentração e raciocínio, favorece o trabalho muscular, diminui a fadiga motora e psíquica e traz a sensação de conforto e bem-estar. Ainda oferece uma injeção de ânimo à vida daqueles que dele fazem uso. O guaraná também previne e combate distúrbios circulatórios e alterações nos órgãos, atacando as nevralgias (dores causadas pela irritação de algum nervo), detendo as hemorragias e reduzindo as enxaquecas. Pode diminuir o cansaço e as fraquezas em geral, indisposições, estresse físico e mental, prisão de ventre, além de ser um preventivo do envelhecimento precoce. Quem inclui esse produto natural na alimentação, ainda conta com substâncias antioxidantes, anti-inflamatórias e antitumorais. CONHEÇA OS BENEFÍCIOS DO GUARANÁ Por muito tempo o guaraná foi conhecido apenas como um estimulante natural, ideal para renovar a energia e manter as pessoas acordadas por mais tempo. Contudo, as sementes não acabam apenas com o cansaço, mas sim resultam em outros benefícios para a vida, como: Melhor capacidade de raciocínio Desenvolvimento psíquico Sensação de bem-estar e estímulo ao trabalho muscular Aumento do entusiasmo Maior sensibilidade no poder de descriminação e melhor associação de ideias Melhora da libido Regulador intestinal Uma pesquisa inédita, realizada por pesquisadores do Hospital Israelita Albert Einstein e da Faculdade de Medicina do ABC, ambas em SP, descobriu que o guaraná pode ser usado para tratar o cansaço de mulheres com câncer de mama em tratamento com quimioterapia. No entanto, segundo o coordenador da pesquisa, Dr. Auro Del Giglio, ainda não existem dados sobre como o guaraná age no corpo. Além disso, foi realizada uma pesquisa com os moradores na cidade de Maués, no Amazonas, pelo Dr. Euler Ribeiro, especialista em Gerontologia Biomédica, e Ivana Beatrice da Cruz, Drª. em Genética e Biologia Molecular. O estudo avaliou a longevidade dos idosos da cidade, que ultrapassam em 80% os 80 anos. O resultado revelou que os consumidores de guaraná em pó desfrutam de melhores condições de saúde do que aqueles que não consomem o produto. Tal hábito alimentar comprova a existência de um grande número de idosos no município. COMO E QUANTO CONSUMIR O guaraná pode ser encontrado no formato de cápsulas ou em pó, em lojas de produtos naturais e farmácias. Mas agora você deve estar se perguntando: "e o guaraná presente em refrigerantes?". Por causa das diversas substâncias químicas que fazem parte de sua composição, como conservantes, corantes e aromatizantes, os refrigerantes são prejudiciais à saúde se bebidos com frequência. Como os efeitos do guaraná duram aproximadamente seis horas, o ideal é que a pessoa tome pela manhã uma colher de chá de pó de guaraná - diluída em suco, iogurte, água ou leite - a fim de não perturbar o sono noturno. Se preferir ingerir a substância em cápsulas, tome de dois a três comprimidos ao dia. Apesar dos benefícios que o guaraná oferece, é importante tomar cuidado na hora de fazer uso do produto. Pelo alto teor de cafeína, o produto não deve ser consumido por pessoas que possuam arritmia cardíaca, hipertensão, insônia e/ou úlcera. Usar com supervisão medica é o modo mais seguro e correto. Agora, que tal repensarmos nossos valores e prioridades para focarmos com maior cuidado nossa integridade física, mental e emocional e, por que não dizer, também energética?

Conheça historias de quem emagreceu