Facebook

Hibiscus Pó

Hibiscus Pó

Chá de Hibisco Camellia Sinensis Instantâneo 200g (Emagrecimento) Mantém todas as propriedades do Hibisco, possuindo alta concentração de extrato padronizado. Produto é recomendado por respeitados nutricionistas. As substâncias ricas do Hibisco, são flavonóides e antocianinas, ou seja, são antioxidantes (combatem os radicais livres). Segundo pesquisas realizadas por Universidades e Médicos-Cientistas, o hibisco auxilia no emagrecimento por acelerar o metabolismo, tem ação diurética combatendo a retenção de líquidos, auxilia na redução do colesterol ruim, reduz as taxas de lipídios e glicose totais no sangue. E por auxiliar na redução das taxas de lipídios e glicose, ele se torna um aliado na diminuição do apetite por doces. Apresentação do Cha de Hibisco Supra Vita: 200g - Rende até 40 porções. CONTÉM SUCRALOSE. NÃO CONTÉM GLÚTEN. Modo de Usar o Cha de Hibisco Supra Vita: Em um copo de 200ml, adicionar 01 colher de chá (5g) e acrescentar água gelada ou quente. Misture bem. Sugestão: Liquidificador com frutas ou sucos naturais. Tomar três vezes ao dia, iniciando um copo em jejum, um 10 minutos antes do almoço e outro 10 minutos antes do jantar. Sac Fabricante: SUPRA VITA (21) 3382-5791 Registro na Anvisa: Produto dispensado de registro de acordo com a Resolução RDC n.° 278 de 22 de setembro de 2005. Informação nutricional: INGREDIENTES: Maltodextrina, extrato de hibisco, polidextrose, acidulante ácido cítrico, aroma natural de hibisco, antiumectante fosfato tricalcico, edulcorante sucralose, corante bordeauxs. NÃO CONTÉM GLÚTEN.

HIBISCUS: A FLOR QUE EMAGRECE

A famosa preparação da vez é um chá preparado com a planta Hibiscus sabdariffa. Atenção especial deve-se ter ao tipo da planta a ser utilizada. O Hibiscus usado no chá é o Hibiscus sabdariffa. Ele é diferente da flor ornamental Hibiscus rosa-sinensis, muito comum nos jardins. O Hibiscus sabdariffa é definido como planta medicinal, possuindo propriedades antiespasmódicas, diuréticas, digestivas, também utilizado como laxante suave, corante, aromatizante e calmante. Atualmente, a planta vem sendo utilizada como coadjuvante no tratamento da obesidade e na modulação do equilíbrio orgânico. Por ser rica em flavonóides, o hibiscus atua como poderoso antioxidante, auxiliando no combate aos radicais livres, protegendo o coração de doenças e a pele do envelhecimento. A flor do extrato da planta é rica em flavonóides e corantes, que incluem antocianinas e catequinas. A planta também é rica em ácido ascórbico e polissacarídeos. As propriedades nutracêuticas da planta têm sido exploradas principalmente na forma de bebidas, mais comumente em infusão de chás. As informações acima citadas podem ser comprovadas em pesquisas já realizadas na Índia, verificando sua influência de forma benéfica ao se tratar da diminuição da gordura circulante do plasma e do fígado, supostamente devido a sua propriedade de seqüestrar radicais livres e à presença de antioxidantes naturais na planta. Segundo estudo brasileiro realizado em Porto Alegre sobre plantas medicinais, o Hibiscus sabdariffa aparece no topo das ervas utilizadas pela população para emagrecer. Pesquisas vêm sendo realizadas para verificar os possíveis efeitos da planta e suas relações com a perda de peso. A atividade antioxidante e a quantidade total de compostos fenólicos variam consideravelmente entre as ervas. O Hibiscus sabdariffa foi classificado com alto índice de antioxidantes, segundo estudo investigando extratos herbais. Atualmente, existe um grande número de plantas medicinais cujo potencial terapêutico tem sido estudado em uma variedade de modelos animais, e cujo mecanismo de ação tem sido investigado. O Hibiscus sabdariffa é originário da Ásia e da África, já sendo introduzido no Brasil como alimento funcional. A bebida pode ser consumida na forma de chá quente, frio ou gelado. No entanto os mecanismos exatos ainda precisam ser elucidados, bem como são necessários estudos dos componentes ativos isolados da planta.

Chá de hibisco emagrece 5kg em um mês

Bebida deve ser ingerida quatro vezes ao dia e ser aliada a dieta Enquanto os cientistas não inventam uma pílula que seque os quilos extras instantaneamente, o jeito é continuar a fazer dieta. Ainda bem que uma planta pode ajudar, e muito, nesta tarefa. O chá da flor de hibisco, combinado a uma alimentação saudável, pode eliminar até cinco quilos em apenas um mês. "A bebida auxilia na redução de gordura, na digestão, regulariza o intestino e ainda combate a retenção de líquidos, o que facilita o emagrecimento", explica a nutricionista e fitoterapeuta Vanderli Marchiori, de São Paulo. Como perder sete quilos com o chá de hibisco Além disso, a bebida é muito rica em flavonóides, uma poderosa substância antioxidante, que combate os radicais livres, protegendo o coração de doenças e a pele do envelhecimento. Onde encontrar e como tomar Para aproveitar as propriedades, consuma o chá de hibisco quatro vezes ao dia, sempre entre as refeições. O produto pode ser comprado desidratado em lojas especializadas e também em alguns supermercados. Não há contra-indicações ou efeitos colaterais. Porém, mulheres grávidas e que amamentam devem consultar um médico. Faça também uma alimentação balanceada, como a dieta proposta pela nutricionista Roseli Ueno. "Só é possível emagrecer e manter-se magra com reeducação alimentar", diz Roseli. Siga o cardápio até atingir o peso desejado.

Hibiscus Sabdariffa Flower Powder

Hibiscus Sabdariffa Flower Powder Originária da África Central, o Hibiscus sabdariffa L é uma planta atualmente difundida em todas as áreas tropicais. Historicamente, a infusão das flores de hibisco é uma bebida tradicional do Egito; Esta bebida foi introduzida na França à cerca de 10 anos (provavelmente por turistas) e desde então o Chá de Hibisco tem sido muito apreciado por sua característica ácida e refrescante. Alguns povos utilizam as flores de Hibisco em saladas. Tida como uma "planta mágica", atribuem-se ao Hibisco o poder de despertar o desejo sexual e o amor, e por esta razão botões de hibisco são queimados em rituais amorosos. Muito apreciadas por sua cor e beleza, as flores de Hibiscus sabdarifa L apresentam uma composição química bastante variada, com grande interesse cosmético: • 64% glucídeos (notavelmente 15% mucilagens e 2% pectina); • Protídeos (incluindo 8% proteínas); • Sais minerais (cálcio, ferro e fósforo); • 15 a 30% de ácidos orgânicos, tais como ácido ascórbico, ácido cítrico, ácido glicólico, ácido málico, • ácido oxálico, ácido tartárico, ácido hibiscico e a lactona do ácido hidroxicítrico; • Compostos fenólicos (flavonóides - hibiscin, hibicitrin e hibiscetin, entre outros) e 1,5% antocianidinas • Triterpenos (phytosterol)

Conheça historias de quem emagreceu