------------------------

cha das cinco.

Conheça a origem do chá das cinco
A correspondente Cecília Malan mostra como o chá virou um evento especial entre os ingleses.
No começo, o chá com biscoitos matava a fome de uma duquesa. Depois, virou um evento social e hoje tem até um profissional especializado para servir a bebida. A correspondente Cecília Malan explica as origens do tradicional chá das cinco, dos ingleses.
A tradição começou no século XIX, com a duquesa de Bedford. Ela se queixava do vazio no estômago que sentia no final da tarde e, para enganar a fome, passou a tomar uma xícara de chá e fazer um pequeno lanche.
Acompanhe o Jornal Hoje também pelo twitter e pelo facebook.
Isso se tornou um evento social. Até a rainha Vitória e suas damas de companhia incorporaram o hábito. Os corseletes saíram de moda e o chá virou rotina.
No hotel mais antigo de Londres, cerca de 500 chás da tarde são servidos por semana. Para beliscar tem sanduíche leve, acompanhado do melhor amigo do chá: os "scones", simples ou com passas, feitos de farinha e servidos quentinhos. A tradição manda comer devagar e com bastante creme e geleia.
Os ingleses inventaram uma nova profissão por causa do famoso chá – o sommelier do chá. Uma espécie de sabe-tudo da bebida, como já existe com o vinho.
Rakesh é do Sri Lanka, um país que trocou as plantações de café pelo chá. Ele teve treinamento formal em Londres para distinguir os sabores e os aromas. Também aprendeu a servir a bebida no ponto certo.
Para quem estiver contando calorias, tem a opção detox, com receitas feitas por uma nutricionista.

------------------------

chá das cinco Originário da China.

chá das cinco

Originário da China, o chá foi introduzido na Europa pelos portugueses no século XVI. Um dos hábitos mais tipicamente britânicos, o "chá das cinco", foi introduzido na corte inglesa por Catarina de Bragança, princesa portuguesa, filha de D. João IV, quando esta casou com Carlos III de Inglaterra. O dote de Catarina deve ter sido um dos mais exóticos e sumptuosos da História: 500 mil libras de ouro, o livre comércio de Inglaterra com as possessões portuguesas na Ásia, em África e nas Américas, a cidade de Bombaim e uma caixa de chá... O dote de Catarina foi determinante para o futuro imperial da Inglaterra e o chá iria mudar para sempre a vida dos seus súbditos, tornando-se um elemento indissociável da sua personalidade e da sua maneira de ser. Ao ritual do "chá das cinco" estão associados os tradicionais scones e a marmalade, esta última também introduzida por Catarina de Bragança.
Conta a lenda que foi o imperador Shên Nung quem descobriu o chá quando, numa das suas longas viagens, se sentou debaixo de um arbusto a beber água quente, ideal para matar a sede por ser mais rapidamente absorvida pelo corpo do que as bebidas frias. As folhas que por acaso caíam na água conferiram-lhe um sabor e um aroma muito particulares que deliciaram o imperador. Para os chineses, o chá está associado à beleza, pelo ritual da sua preparação, pela satisfação e paz que provoca e por ser um complemento essencial do convívio.

O segredo da preparação do chá foi muito bem guardado pelos chineses e só em 1843 se descobriu que todos os tipos de chá provinham de uma mesma planta, a Camellia sinensis. A procedência, o solo, o clima, a seleção e a preparação das folhas é que determinam as diferentes variedades existentes. O chá preto (fermentado) é cultivado na Índia, Sri Lanka, na África Oriental, Japão e Taiwan, enquanto que o chá verde (não fermentado) é originário sobretudo da China e do Japão, embora também exista na Índia e na Indonésia. O chá "Oolong" (semifermentado) é oriundo de uma região chinesa chamada Foochow e de Taiwan, enquanto que o jasmim se pode encontrar na China. O Darjeeling e o Assam são produzidos sobretudo no Nordeste da Índia e no Sri Lanka. Os blended, que resultam da mistura de vários chás, como o Earl Grey, existem em cerca de 1500 tipos de lotes diferentes. Um dos melhores chás do Mundo (preto e verde) é produzido nos Açores, em S. Miguel, na localidade de Gorreana, nas variedades Orange Pekoe, Broken e Moinha.

------------------------

Chá das Cinco Eventos.

Chá das Cinco Eventos
A Chá das Cinco pode fazer de sua festa de casamento uma grande balada. A empresa conta com equipamentos de som e iluminação profissionais e de alta tecnologia. Faz toda a montagem das estruturas com técnicos experientes, além de embelezar os espaços com jogos de luzes especiais.

Serviços oferecidos

A empresa é uma prestadora de serviços e aluga equipamentos de sonorização, iluminação, audiovisual, estruturas metálicas e praticáveis. Faz a montagem de iluminação cênica, LED, pistas de dança, estruturas box truss (treliças) e praticável (palcos). Também instala o sistema de som completo para bandas e DJs. Seu diferencial é a criação de luzes especiais para mesas, fachadas, jardins, palcos, lounges ou qualquer espaço que você queira destacar.

Área de atuação

Seja qual for o projeto de iluminação e sonorização de seu casamento, a Chá das Cinco Eventos pode executar para você. A empresa espera por seu contato na cidade de Londrina, no Paraná.

------------------------

Chas

  • cha verde emagrece

    Chas


    Noticia painel seguro