------------------------

cha de ARNICA MONTANA.

Benefícios da Arnica
Da família das Asteráceas, a mesma do Girassol, a Arnica é uma planta que vem desde muito longe sendo utilizada pela fitoterapia por suas propriedades terapêuticas diversas.

O nome arnica significa pele de cordeiro e lhe foi atribuído em função da aparência de suas folhas aveludadas de toque suave e macio. É uma planta de regiões temperadas que floresce em abundância na América do Norte (ocidental). Das mais variadas espécies a Arnica Montana é a mais conhecida, popularmente chamada de arnica das montanhas, tabaco das montanhas ou arnica verdadeira.

Propriedades da Arnica:
A arnica possui diversas propriedades medicinais e, consequentemente, muitos e variados usos terapêuticos. Os mais conhecidos são os efeitos cicatrizantes em lesões superficiais, bem como, efeitos anti-inflamatórios, combate hemorragias e em caso de febre é utilizada como um antipirético natural.

Com propriedades analgésicas (alivia dores) e anti-inflamatórias combinadas, a arnica é amplamente usada para tratar contusões, distensões musculares, roturas de ligamentos, clarear e desfazer edemas e hematomas, entorses, cicatrização de ferimentos e furúnculos, reumatismos, traumatismos e outras lesões desportivas. Além de ser considerada estimulante e ter propriedades tônicas.

------------------------

Apresentações e usos da Arnica.

Apresentações e usos da Arnica:
Tintura de Arnica:
Apresenta-se como infusão alcoólica – tintura, que é muito usada para contusões e lesões em geral.
Compressa de Arnica:
Também é uma infusão das flores da arnica, mas sem álcool eficaz em casos de traumas, para uso externo adulto ou infantil.
Pomada de Arnica:
São preparações farmacêuticas de consistência cremosa, destinadas ao uso externo, também feitas com extrato de flores frescas de Arnica. Utiliza-se em caso de contusão ou distensão. Recomenda-se massagear a área afetada.
Gel de Arnica:
São preparações farmacêuticas de consistência gelatinosa com sensação refrescante destinadas ao uso externo tem efeito anti-inflamatório, antisséptico e contribui para o alívio da dor (analgésico). Recomenda-se massagear a área afetada.
Chá de Arnica:
O chá com as flores pode ser usado como compressa para relaxar a musculatura lesionada. O uso interno deve sempre ser feito sob orientação médica.

Precauções
O Chá das folhas pode ser tóxico causando vômitos, dores abdominais, abortos, bolhas na pele e aumento da pressão arterial.
Não utilizar em feridas expostas, profundas, sem pele.

------------------------

Propriedades da arnica .

Propriedades da arnica
Uso externo (pomada, tintura)
Antiinflamatório, antiflogístico.

Para especialistas, mecanismo reacional: o efeito da arnica repousa sobre uma inibição da proteína NF-kappaB, que tem um papel importante no mecanismo inflamatório, assim como na ativação da fosfolipase (molécula chave no mecanismo inflamatório).

Indicações da arnica
Uso externo (pomadas, tinturas)
- Golpes, contusões, dores nas costas, hematomas, artrite, artrose, entorse.

Uso interno (ingestão)
- Não utilizar em tratamentos fitoterápicos, por ser tóxico ! Em homeopatia, é possível ingerir remédios homeopáticos à base de arnica.

Efeitos secundários
Risco de alergia de contato.

Contra-indicações
Contra indicado em caso de alergia à arnica.

Interações
Desconhecemos

Preparações à base de arnica

- Tintura de arnica

- Pomada de arnica

- Gel de arnica

- Infusão de arnica para uso externo [Não ingerir!].

Receita: utilizar 2g de flores de arnica e deixar em infusão em 100ml de água fervente. Aplicação por via externa.

------------------------

Arnica – propriedades do chá e pomada desta planta.

Arnica – propriedades do chá e pomada desta planta

A planta da mesma família do Girassol, a Arnica, tem diversas propriedades terapêuticas e cicatrizantes. Seu nome significa "pele de cordeiro" devido a aparência de suas folhas, que são aveludadas de toque macio e suave. É uma planta de regiões temperadas e é abundante na América do Norte ocidental.
A Arnica Montana é a espécie mais conhecida, pode ser chamada popularmente de arnica das montanhas, tabaco das montanhas, arnica verdadeira etc. Ela combate hemorragias, é anti-inflamatória, analgésica, cicatrizante e em caso de febre pode ser usada como antipirético natural. Arnica também trata contusões, distensões musculares, roturas de ligamentos, clarear e desfazer edemas e hematomas, furúnculos, reumatismos, traumatismos, entorses e outras lesões desportivas. É considerada um estimulante e tem propriedades tônicas.

Por ser uma planta de origem das regiões montanhosas européias, no Brasil o cultivo é de adaptação difícil, mas pode ser encontrada em campos rupestres nos estados de Minas Gerais, Goiás e Bahia. Com as flores da Arnica é feito a pomada e o chá:

Pomada de Arnica

Preparações farmacêuticas de consistência cremosa. São destinadas ao uso externo, em caso de contusão ou distensão. Recomenda-se que a área afetada seja massageada com a pomada três vezes ao dia. Feitas com o extrato de flores frescas de Arnica.
Chá de Arnica

Feito com as flores da Arnica, o chá pode ser usado como compressa para relaxar a musculatura lesionada ou internamente. O uso interno deve sempre ser feito por indicação médica, pois é muito perigoso.
Precauções

O chá das folhas e flores pode ser tóxico, causando vômitos, dores abdominais, bolhas na pele, aumento da pressão arterial e até mesmo aborto!
Nunca utilize em feridas expostas, profundas e sem pele.
Se estiver grávida ou amamentando não faça uso da Arnica.
Arnica na medicina

Acupuntura;
Antroposofia;
Cirurgia plástica;
Homeopatia;
Oftalmologia;
Ortopedia;
Etc.

------------------------

Chas

  • cha verde emagrece

    Chas


    Noticia painel seguro