------------------------

cha de Angico.

Chá das cascas de angico
Nativa da América Tropical e especialmente encontrada em território brasileiro, o angico é uma árvore dos gêneros Anadenanthera, Parapiptadenia e Piptadenia. Seu cultivo é conveniente para as indústrias que usam madeira de boa qualidade, tanto para fazer móveis quanto outros objetos. Contudo não é somente para isso que essa árvore é útil, pois estudos comprovaram várias propriedades medicinais contidas na casca. Encontrada por todo o Brasil, essa árvore recebe outros nomes populares, tais como acácia virgem, cambuí, corupa e paricá. Seus constituintes químicos são: corante, mucilagem, resina e taninos, que contribuem para as boas propriedades da planta.
Benefícios do angico

O xarope da casca dessa planta é usado em casos de diarreias e anginas;
Suas propriedades adstringentes, depurativas e hemostáticas são úteis em vários casos, até mesmo para gonorreia e leucorreia;
A goma dissolvida do angico trata doenças respiratórias como asma, bronquite e tosse;
Casos mais simples de gripes e resfriados também se beneficiam com o tratamento providenciado pela casca da árvore;
É utilizada no combate ao raquitismo;
Alivia problemas nos pulmões e cura certas inflamações como a faringite;
Debilidade orgânica pode fazer parte dos tratamentos proporcionados pelo chá de angico.

------------------------

Receita simples do cha de Angico de suas cascas

Receita simples do cha de Angico de suas cascas

Leve um litro de água ao fogo e espere até que comece a levantar fervura. Desligue o fogo, acrescente uma colher de sopa da casca de angico, fique misturando por alguns minutos e tampe para que fique em infusão por dez ou quinze minutos. Passado esse tempo, coe e adoce com mel ou açúcar mascavo. Beba uma xícara desse chá três vezes ao dia.

Contraindicações e efeitos colaterais do cha de Angico

Assim como todas as ervas, existem algumas contraindicações sobre o consumo do angico. Lactantes e grávidas são as principais pessoas que não devem consumir, pois a planta acaba sendo tóxica nesses casos. Consumir em excesso é um erro, já que pode causar lesões no septo nasal e nas mucosas da boca. Folhas secas e sementes têm efeito alucinógeno, o que pode ser bastante perigoso. Se tiver uma planta dessas na fazenda, é melhor manter em um local bem longe do gado, pois as folhas são tóxicas para esses animais.

------------------------

XAROPE DE ANGICO.

XAROPE DE ANGICO

Utilidades medicinais: Anemia, bronquite, asma, tuberculose, efizema pulmonar, herpes e câncer.

Receita para 1 litro de xarope.

Ingredientes:
1pedaço de entrecasca de angico;
1 ¹/2 litro de água;
¹/² kg de açúcar ou rapadura;
¹/4 de xícara de cachaça.

Preparo:
Esfiape a entrecasca do angico. Coloque junto com a água e deixe ferver por 10 minutos. Depois acrescente o açúcar ou a rapadura, deixe mais alguns minutos. Depois é só deixar esfriar e coar.
Armazenamento:
Se o xarope for guardado fora da geladeira é preciso acrescentar ¹/4 de xícara de cachaça para cada litro.
Modo de usar:
Tomar uma colher de sopa 15 minutos antes das refeições.

------------------------

ANGICO VEMELHO.

ANGICO VEMELHO

Anadenanthera colubrina

Descrição : Planta da família das fabaceae, também conhecida como acácia angico, acácia virgem, angico bravo, angico de casca, angico fava, arapiraca, cammbuí, corupa é paricá. Os Angicos vermelho e branco são plantas da mesma família botânica e do mesmo género, variando apenas a espécie - são alvo de muitas confusões. Árvore de caule inerme, um pouco menor que o Angico-branco, até 12m de altura, de madeira castanha-avermelhada. Ramos cilíndricosa-angulosos e folhas compostas, bipinadas, 3 a 6 jugas com grossa glândula no pecíolo, 10 a 12 pares de folíolos postos. Flores amarelo-esverdeadas pequenas, dispostas em espigas axilares de 3 a 5 cm de comprimento. O fruto é uma vagem coriácea muito achatada, de até 16cm de comprimento com muitas sementes peque­nas, comprimidas e membranosas. A goma de Angico, popular entre caboclos, é extraída através de incisões superficiais das cascas - deixa-se correr a goma que é posteriormente secada ao sol.

Partes utilziadas : casca e goma

Habitat: Caatinga, ocorrendo em outras áreas esparsas de São Paulo ao Pará.

História: De uso corrente pela população cabocla, embora sejam plantas tóxicas, cujo uso envolve riscos. (No uso tradicional) Tradicionalmente, ambas as plantas são usadas altedrnando-se as indicações. É comum, entre raízeiros e mateiros, dizer-se que -"Angico é tudo igual, serve pra mesma coisa..."

------------------------

Chas

  • cha verde emagrece

    Chas


    Noticia painel seguro