------------------------

cha de bardana.

Descubra os benefícios do chá de bardana
Também conhecida como "gobó", a bardana tem propriedades diuréticas, laxativas, antissépticas, depurativa, diaforética, estomáquica e antidiabética. Sendo muito utilizada em casos de insuficiência hepática, para "limpeza" do sangue e no tratamento externo de dermatoses.
Uma planta cheia de benefícios

Além dos usos mais conhecidos, como o uso externo, a bardana serve para outras indicações, como tratamentos de fígado, nos casos de hepatites e cirrose, além de cálculos biliares. Seu uso como depurativo, para purificar o sangue também é bastante conhecido, sendo usadas suas raízes em decocção. As raízes também tratam doenças reumáticas, sendo excelente antiinflamatório para tratar artrite; problemas renais e digestivos e com ela é preparada uma pomada, para uso externo, para curar eczema, além de uma loção para queda de cabelos. As raízes dessa planta são comestíveis, podendo ser consumidas cruas ou cozidas. No Japão, inclusive, é cultivada uma variedade para o consumo das raízes e, na Europa, os brotos e folhas tenras são consumidos como verduras.

ara o uso externo, as folhas frescas de bardana são aplicadas em cataplasmas que aliviam dores por torções, hemorróidas, picadas de insetos e, em infusão, é excelente para limpar feridas e inflamações da pele. Como tem ação bactericida e antimicótica, as folhas, esmagadas e aplicadas sobre a pele, são remédio ideal para tratar feridas purulentas, úmidas, pruridos, eczemas, herpes simples, seborreias e acne. Ainda em tratamentos da pele, as sementes podem ser utilizadas em infusões ou por decocção para curar problemas crônicos de pele.
Indicações e dosagens da bardana

Como depurativo; colerético (aumenta o fluxo biliar); diurético (eliminação do ácido úrico) e laxativo.
- Colocar 1 colher de sopa de raiz fatiada em 1 xícara de chá de água fervente. Deixar ferver por 5 minutos e manter abafado por mais 10 minutos. Coar e comer a raiz, o chá deve ser bebido três vezes ao dia, entre as principais refeições.
Diurético (infusão)
- Colocar em infusão: 30 g de raiz de bardana em três xícaras de água fervente, deixando em por 30 minutos. Coar e beber duas vezes ao dia.

------------------------

Chá de bardana Receita e benefícios da planta.

Chá de bardana – Receita e benefícios da planta
A Arctium lappa L., mais conhecida por Bardana é uma planta de raízes compridas e carnudas que possui forte poder medicinal. A planta costuma alcançar 1,50 metros de altura e suas flores podem ser de cor vermelha ou azul. Suas raízes e folhas costumam ser usadas para fazer chás na medicina caseira, mas também podem ser utilizadas como alimento, sendo até mesmo consumidas cruas, na Europa, por exemplo, seus brotos são ingeridos como verdura e no Japão já se cultiva uma variedade de raízes comestíveis.
Os benefícios da Bardana

No Brasil a Bardana tem um crescimento expressivo e às vezes é considerada como sendo uma espécie daninha nos pomares da região Sul. Antigamente era usada em misturas com outras ervas para fazer clareamento de pele, hoje ela tem função depurativa e cicatrizante. Suas raízes são eficazes para purificar o sangue, em doenças reumáticas, afecções em geral e distúrbios digestivos.

Ainda com a raiz se prepara uma pomada para eczema e uma loção que ajuda a evitar a queda capilar. Já com as folhas secas, pode ser feita aplicação para aliviar dores causadas pela picada dos insetos ou até mesmo torções e problemas de hemorroidas. A infusão das folhas secas é interessante para limpar feridas e inflamações superficiais. O extrato das sementes e suas infusões e decocções são indicados para curar enfermidades crônicas de pele.

O óleo de bardana é um dos meios de utilizar as raízes da planta, ele deve ser feito da seguinte maneira: reservar 500 mililitros de óleo de sésamo juntamente com seis colheres de sopa da raiz da bardana picada e deixar descansar por três dias. Serve para tratar caspa, dessa forma, devendo ser aplicado no couro cabeludo e só ser lavado no dia seguinte, isso deve ser feito duas vezes por semana.

------------------------

A bardana Arctium lappa.

A bardana (Arctium lappa) é uma planta originária da Eurásia e difundida na América. Prolifera em baldios, bermas de caminhos, e próxima de zonas habitadas.
A fama da bardana vem de muito tempo: os gregos a utilizavam como medicamento, e na Idade Média era incluída em várias formulações destinadas à cura. Algumas referências sugerem que o seu nome científico Arctium lappa deriva do grego "arctos" (urso) e "lambanô" (eu tomo), em alusão ao aspecto peludo que apresenta.
Valorizada como medicinal desde a Antigüidade, a bardana nunca teve essa fama contestada. Todas as partes da planta eram usadas de alguma forma como medicamento: as folhas, por exemplo, eram bem amassadas e aplicadas em cataplasmas para tratar inúmeras doenças de pele, em razão de sua ação bactericida. O uso atualmente tem respaldo científico: estudos comprovam as suas propriedades antisépticas. Também foram bem difundidos seus poderes contra picadas de insetos e aranhas por sua propriedade de acalmar a dor (ação anestésica) e evitar a tumefação do local (ação anti-inflamatória).
No Brasil, especialmente no Sudeste e no Sul, devido à influência dos imigrantes japoneses, a bardana é utilizada também na culinária, podendo ser encontrada em algumas feiras livres, embora ainda não tenha sido muito difundida. No Japão é mais utilizada que a própria cenoura na culinária do dia-a-dia. Podemos preparar tempurás, sopas, refogá-la apenas em óleo de soja, cozinhá-la junto com arroz, colocá-la em refogados de carne, etc. Uma preparação particularmente interessante é uma espécie de conserva: descasque a raiz crua, raspando com a faca, lave, corte em bastonetes ou em filetes e mergulhe em pasta de soja (missô) e coloque na geladeira. Fica pronto no dia seguinte e mantém-se próprio para consumo por vários dias, como qualquer conserva. Ótimo para complementar o arroz branco, e excelente tira-gosto.

------------------------

BARDANA: Elimina toxinas do organismo e tem poder.

BARDANA: Elimina toxinas do organismo e tem poder
Também conhecida como pergamassa, erva-dos-tinhosos e carrapicho-de-carneiro, essa planta de folhas grandes e caule encorpado é rica em nutrientes.
O maior destaque da bardana é a sua acção depurativa. ou seja, ela ajuda a limpar e desintoxicar o organismo - principalmente as artérias - de impurezas que podem causar males à saúde.

Propriedades terapêuticas: O fruto dessa planta possui acção antibactericida, auxiliando na aceleração de cura e cicatrização de abcessos e furúnculos. Mas a bardana e seus frutos não trazem benefícios apenas para a pele; ela também auxilia num aumento da produção de insulina pelo pâncreas, ajudando no combate ao diabetes.

Raízes do bem: apesar dos benefícios provenientes do fruto da bardana, é a raíz que é utilizada para preparar chás, saladas a até refogados. A cultura popular ressalta seus poderes contra picadas de insectos e aranhas, graças à capacidade de acalmar a dor - acção anestésica - e evitar possíveis infecções do local afectado. A bardana ainda possui propriedades diuréticas, que ajudam a eliminar o excesso de líquidos do organismo. O chá dessa erva é um excelente medicamento para o fígado e pode aliviar artrite e gota, além de processos inflamatórios da pele, como eczema e psoríase.

Valor nutricional: Nutricionalmente, a bardana fornece fibras, fósforo, proteínas, glicídios, cálcio, ferro, vitaminas A, B1 e C, riboflavina e niacina ao organismo

Indicações:

- Tem propriedades laxantes
- Funciona como diurético
- Ajuda a eliminar ácido úrico
- Combate cálculos renais
- Auxilia no combate a problemas de vesícula
- Melhora inflamações
- Ajuda na cicatrização de feridas

CHÁS PODEROSOS:

Chá diurético: Fatie uma raiz de bardana bem lavada. Coloque 1 colher (sopa) da raíz e 1/2 litro de água em uma panela e leve ao fogo ate ferver. Desligue o fogo, tampe e deixe abafado por 10 minutos. espere amornar, coe e tome 1 chávena (chá) a cada 8 horas.

Dica: a casca das raízes contém grande parte das propriedades da planta. Portanto, não descasque. para limpar, use água corrente e uma escovinha de cerdas macias.

Gota e inflamações: Em um copo (250ml), coloque 3 colheres (sopa) de folhas, flores e raízes frescas de bardana e macere com o cabo de uma colher. Leve ao microondas por 30 segundos ou aqueça em banho-maria no fogão. Aplique cataplasmas (usando algodão ou gase) em temperatura morna, nos locais afectados. retire com água e repita a aplicação a cada 3 ou 4 horas.

------------------------

Chas

  • cha verde emagrece

    Chas


    Noticia painel seguro