Facebook

Chá de ervas para emagrecer

Chá de ervas para emagrecer

Dieta dos chás - 10kg em 30 dias Ervas para desintoxicar, desinchar, acelerar o metabolismo, baixar a ansiedade e queimar gordurinhas. Aprenda a combinar essa turma para emagrecer rapidinho, sem passar fome por Eliane Contreras. Agente sabe que você busca sempre um jeito de dar um gás na dieta para chegar rapidinho no peso que sempre sonhou. Como ficou provado depois do sucesso da dieta dos chás, publicada em outubro de 2002, as infusões são um ótimo recurso. Por isso, fomos atrás de novas ervas que realmente funcionam, sem prejudicar sua saúde e com o aval de estudos de especialistas no assunto. Desta vez, você vai encontrar um número maior de plantas que têm o poder de acelerar o emagrecimento. Todas elas testadas e aprovadas pelo médico ortomolecular e nutrólogo Gino Bruno Françozo, da Clínica Unique System, em Americana (SP), que, em parceria com o botânico Walter Accorsi, da Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz (Esalq-USP), em Piracicaba (SP), também dividiu-as de acordo com a ação no organismo. Daí a classificação de cinco grupos: emagrecedoras, calmantes, digestivas, diuréticas e desintoxicantes. "Dificilmente o peso extra está relacionado apenas a um problema. Então, a recomendação é usar ervas de grupos diferentes numa mesma infusão, atacando as gordurinhas por todos os lados", diz Gino. Mas, antes de tudo, é importante lembrar que sozinho o chá não faz milagre.

Chás e Ervas que Ajudam a Emagrecer

Chá Vermelho: Acelera o metabolismo do fígado, Favorece a redução do colesterol, Depurativo, Desintoxicante, usado em tratamentos adelgaçantes e de beleza, Antidepressivo, Facilita a digestão. Compre agora mesmo. Clique Aqui! Chá Verde: Além de conter manganês, potássio, ácido fólico e as vitaminas C, K, B1 e B2, ajuda a prevenir doenças cardíacas e circulatórias por conter boa dose de tanino: o consumo diário desse chá diminui as taxas do LDL (colesterol que faz mal à saúde) e fortalece as artérias e veias. Mas as boas notícias não acabam aí: está comprovado que o chá verde acelera o metabolismo e ajuda a queimar gordura corporal. Um dos estudos foi realizado na Suíça com três grupos de pessoas que seguiram a mesma dieta. O resultado: o grupo que recebeu chá verde teve aumento de 4% na velocidade de combustão das calorias no organismo e de 5% na queima de calorias em relação aos outros dois grupos pesquisados. Um estudo publicado no American Journal of Clinical Nutrition, demonstrou que extrato de chá verde - que possui altas concentrações de antioxidantes como catequina, polifenóis e muitos outros compostos incluindo cafeína - pode aumentar a utilização de energia muito acima dos efeitos da cafeína pura. Compre agora mesmo. Clique Aqui! Chá 7 Ervas: O chá 7 ervas favorece a digestão, possui propriedades diuréticas e depurativas. Ativa o metabolismo atuando sobre gorduras localizadas, ajudando no regime de emagrecimento. Cada planta utilizada tem seu uso especifico agindo em diversas partes do nosso organismo purificando-o e expelindo toxinas, neutralizando a acidez do sangue e suprindo a falta de algumas substâncias nutritivas. É aconselhável nos regimes de emagrecimento, abstendo-se de massas, doces, bebidas alcoólicas e refrigerantes, além de praticar exercícios físicos. Compre agora mesmo. Clique Aqui! Ervas e Suas Propriedades Medicinais Apesar da dieta do chá verde ser tentadora, é normal começar a enjoar o chazinho, por isso pesquisamos outras ervas que também ajudam a eliminar o peso, todavia fica uma lista das ervas que têm poder de ajudá-la a reduzir as medidas e outras doenças: Salsaparrilha (Smilax sp): diurética e depurativa, ajuda a eliminar os metais pesados. Dente-de-leão (Taraxacum officinale): tem ação diurética e melhora o funcionamento do intestino. Capim-limão (Cymbopogon citratus): facilita a digestão, reduz a retenção de líquidos e controla a ansiedade. Alecrim (Rosmarinus officinalis): ativa a circulação, combate os radicais livres e controla a ansiedade. Carqueja (Bacchris trimera Less): tem efeito diurético e diminui os níveis de açúcar no sangue. Gengibre (Zingiber officinale): dá saciedade e acelera o metabolismo. Guaçatonga (Casearia sylvestris): ativa a digestão das gorduras e tem acção diurética. Laranja-da-terra (Citrus aurantium): aumenta o ritmo do metabolismo e estimula a digestão. Sete-sangrias (Cuphea balsamona): é diurética e levemente laxativa. Cavalinha (Equisetum arvense): é diurética e desintoxicante. Hamamélis (Hamamelis virginiana): tem ação anti inflamatória e reduz a retenção de líquido e gordura responsáveis pela celulite. Castanha-da-índia (Aesculus hippocastanum): melhora a permeabilidade dos vasos e diminui o inchaço. Hibisco (Hibiscus sabdariffa): têm ação digestiva, dificultando a retenção de líquidos, importante fator de aumento de peso. Procure tomar uma xícara de pelo menos um deles em cada refeição. Cáscara-sagrada (Rhamnus purshiana): regula os intestinos. Zedoária (Curcuma zedoaria): regula o intestino e desintoxica.

Lance mão do chá de 30 ervas para emagrecer!

Lance mão do chá de 30 ervas para emagrecer! omo funciona o chá no processo de emagrecimento? Esta infusão é uma seleção de trinta diferentes ervas medicinais com diferentes propriedades, que tem o poder de auxiliar na perda de peso de forma efetiva, já que, enquanto algumas das ervas estimulam a produção de certas enzimas, como as que metabolizam gorduras, por exemplo, outras mantém a ansiedade longe de quem geralmente tem compulsão por alimentos. Aliado à uma dieta equilibrada e aos exercícios físicos regulares, esse chá ajuda a fazer o milagre da redução da gordura! Vem sendo indicado por vários nutricionistas para auxiliar seus pacientes a perderem peso de forma mais tranquila e garantida. A ingestão do chá de 30 ervas tem ainda a vantagem da eliminação de toxinas do organismo, já que, como é bebido nos intervalos das refeições, aumenta a quantidade de urina eliminada e, com ela, as toxinas. Melhorando assim, o aspecto geral da pele. Se essa eliminação de toxinas for associada à uma massagem modeladora ou drenagem linfática semanal, as vantagens só aumentam, já que, ao emagrecer, normalmente a pessoa perde também a firmeza da pele, necessitando fazer exercícios e hidratá-la bem para que recupere a tonicidade. Esses são bons métodos para garantir isso!

As superervas QUE VÃO SECAR VOCÊ

Descubra a ação das ervas no organismo e como combiná-las numa mesma infusão, facilitando a perda de peso Seis xícaras diárias. Essa é a medida de chá recomendada nesta dieta. Mas, se você quiser mais, fique à vontade! O importante é não deixar de ingerir uma xícara de cinco a dez minutos antes de cada refeição, incluindo café da manhã, ceia e lanche. Dessa forma, além do efeito terapêutico da erva, o chá dá uma sensação de saciedade, amenizando a fome, o que facilita controlar a quantidade de comida colocada no prato. Quantas ervas usar no chá? Pode ser uma, duas ou todas de um mesmo grupo (veja abaixo). Também é permitido combinar ervas de grupos diferentes. No caso de você ter retenção hídrica e intestino preso, por exemplo, faça um mix de ervas diuréticas e digestivas. Alfafa e hortelã, segundo o doutor Gino, são curingas – desintoxicante e aromática, respectivamente, merecem entrar em todas as combinações. Ele divide as ervas em grupos de acordo com os princípios ativos e sua ação no organismo. Diuréticas: o fim da retenção hídrica Agem nos rins e no córtex da glândula supra-renal, inibindo a produção do hormônio cortisona, que bloqueia a perda de peso ou, pior, engorda. Ervas: cavalinha (Equisetum arvense), dente-de-leão (Taraxacum officinalis), cabelo-de-milho (Zea mays), sabugueiro (Sambucus nigra), abacateiro (Persea americana), quebra-pedra (Phyllantus niruri) e salsa (Petroselium sativum). Digestivas: intestino regulado e barriga lisinha Contêm substâncias que atuam no fígado, onde é fabricada a bílis, que dissolve a gordura em moléculas menores, facilitando sua absorção pelo intestino. Ervas: hibisco (Hibiscus sabdariffa), cáscara- sagrada (Rhamnus purshiana), zedoária (Curcuma zedoaria), psilium (Plantago psyllium) e fucus (Fucus vesiculosus). Calmantes: ansiedade sob controle Agem no sistema nervoso central, acalmando e baixando a ansiedade, que costuma desencadear a compulsão à comida. Ervas: alecrim (Rosmarinus officinalis), hortelã (Mentha piperita), capim-limão (Cymbopogon citratus), camomila (Matricaria chamomile), melissa (Melissa officinalis), jasmim (Jasminum officinalis), mulungu (Erythrina mulungu) e aniz (Pimpinella anisum). Desintoxicantes: operação limpeza O principal papel destas ervas é captar as toxinas do organismo, eliminando-as por meio da urina, das fezes e do suor e, com isso, colocando um fim no desequilíbrio que ocasiona o aumento de peso. Ervas: alfafa (Medicago sativa), salsaparrilha (Smilax sp), zedoaria (Curcuma zedoaria), chá-verde (Camelia sinensis), espinheira-santa (Maytenus ilicifolia), bardana (Arctium lappa). Emagrecedoras: ação dissolve gordura Têm princípios ativos que agem nos rins, no fígado e, principalmente, no intestino. Ervas: alfafa (Medicago sativa), cavalinha (Equisetum arvense), cana-do-brejo (Costus spicatus), graviola (Anona muricata), cabelo-de-milho (Zea mays), carqueja (Baccharis trimera), capim-limão (Cymbopogon citratus). Ferva e abafe Preparar o chá é simples: ferva a água, junte a erva desidratada e deixe levantar fervura. Desligue o fogo e abafe por dez minutos. Coe e beba quente, morno ou gelado, com ou sem adoçante. Para garantir o efeito medicinal e o sabor, use 1 colher de sopa de erva para 1 litro de água. No caso do mix, a recomendação é 1 colher de sopa de cada erva para a mesma quantidade de água. Triplique a medida se a erva for fresca. Boas medidas O que você deve evitar para potencializar a dieta. • Combinar dois tipos de carboidrato numa mesma refeição, como arroz e batata. • A única parceria permitida é o arroz e feijão. Afinal, a dupla é típica no prato do brasileiro. • Usar muito sal. Esse tempero deve ser praticamente descartado, pois faz o corpo reter líquido. • Prefira ervas e especiarias como orégano, alecrim, salsa, dill. • Consumir alimentos refinados (arroz, pão, macarrão e biscoito feitos com farinha branca). Eles são rapidamente absorvidos pelo organismo, estimulando o pâncreas a liberar muita insulina – hormônio que contribui para o acúmulo de gordura. • Comer e dormir. Espere pelo menos uma hora e meia depois do jantar para ir se deitar. • Ingerir bebida alcoólica, pois é muito calórica.

Conheça historias de quem emagreceu