------------------------

cha de espinheira santa.

cha de espinheira santa
A planta medicinal pode contribuir para o tratamento da gastrite e, embora não cure, alivia bastante as dores abdominais superiores. Confira como preparar um chá de espinheira-santa e evite este problema
A espinheira-santa é conhecida popularmente como "santo remédio". Ainda que seja uma erva com alto poder cicatrizante da mucosa gástrica, é importante saber que ela precisa ser consumida em forma de chá para que atue positivamente no combate ao H. pylori. O chá de espinheira-santa contribui no tratamento da gastrite e, embora não cure, alivia bastante as dores abdominais superiores, conseguindo atacar também as úlceras estomacal e duodenal e refluxos gástricos, devido à diminuição da acidez estomacal que ocorrerá graças ao aumento da secreção gástrica proporcionado por esse chá. Nele serão encontrados taninos, alcaloides e minerais como cálcio, sódio e enxofre. Esse tonificante estomacal tem também ação anti-séptica graças a uma grande presença de taninos, substâncias que prontamente paralisam as fermentações gastrointestinais. A espinheira-santa é também diurética, já que conta com a presença de triterpenos.

Modo de usar: Como forma preventiva dos sintomas, tome uma xícara de chá antes de cada refeição se necessitar de tratamento contínuo, opte pelo chá antes de dormir.
Confira abaixo como preparar um chá digestivo com a planta:
Ingredientes

250 ml de água

1 colher (chá) de espinheira-santa

1 colher (chá) de alecrim

1 colher (chá) de folhas de hortelã

Preparo

Ferva 250 ml de água, retire do fogo, adicione as ervas e abafe por 20 min.

------------------------

Espinheira-santa benefícios .

Espinheira-santa – benefícios do chá deste santo remédio!
Muito usada na medicina popular, a planta, que já era utilizada pelos índios há muito tempo, tem esse nome por causa de suas folhas, que tem pontas, lembrando espinhos e por ser considerada um "santo remédio"! A espinheira-santa (Maytenus ilicifolia) também é chamada por outros nomes: cancorosa, cancerosa, cancorosa-de-sete-espinhos, coromilho-do-campo, erva-cancerosa, cangorça, espinho-de-deus, limãozinho, espinheira-divina, marteno, pau-josé, maiteno, salva-vidas e sombra-de-touro.
É uma árvore de porte pequeno, chega aos cinco metros de altura, ramificada e produz pequenos frutos vermelhos. Tem fácil adaptação a solos mais úmidos, pode se desenvolver entre outras árvores, como o interior de bosques não muito densos ou a pleno sol. É ótima escolha para ações de conservação e uso sustentável.

------------------------

Partes utilizadas da espinheira-santa.

Partes utilizadas da espinheira-santa

Costumam ser utilizadas as folhas, as cascas e as raízes da espinheira-santa no preparo de chás medicinais, infusões que tanto podem ser usadas interna quanto externamente, para tratamentos cicatrizantes de pele.
Os índios brasileiros sempre utilizavam a espinheira-santa para combater tumores e daí veio um dos seus nomes populares: erva-cancerosa. Na medicina popular, esta planta é indicada para dezenas de enfermidades, especialmente do aparelho digestivo.
Atualmente, após inúmeros estudos que comprovaram seus benefícios à saúde, a espinheira-santa passou a ser manipulada pela indústria farmacêutica na formulação de medicamentos.
Conheça seus principais benefícios

O poder diurético da espinheira-santa ajuda a diminuir medidas
Seu poder diurético ajuda no emagrecimento | Imagem: Reprodução
Vamos conhecer agora, quais são as mais comuns indicações de uso da espinheira-santa:
Combate úlcera de estômago;
gastrite;
males do aparelho digestivo;
trata tumores;
anticonceptivo;
antisséptico;
antiespasmódico;
diurético (acaba com a retenção de líquidos, o que ajuda a emagrecer);
antiasmático;
antitumoral;
laxativo;
ajuda a combater o vício do álcool;
enfermidades do fígado;
reduz a produção de leite nas lactantes;
trata a hidropisia pelo abuso do álcool;
abortivo.
cicatrizante.
O consumo desta planta é proibido às gestantes, já que é abortiva e às lactantes, já que reduz a produção de leite. É utilizado para este fim por quem está parando de amamentar.

Fonte: Espinheira-santa - benefícios do chá deste santo remédio!

------------------------

CHÁ DA ESPINHEIRA-SANTA.

CHÁ DA ESPINHEIRA-SANTA

Modo de preparar

Colocar uma colher das de sobremesa das folhas secas em uma xícara das de chá.

Adicionar água fervente.

Cobrir.

Deixar esfriar.

Coar.

Quando e como usar

Indicação: Má digestão.

Modo de usar:

Tomar uma xícara de chá após as principais refeições.
Indicação: Acidez no estômago, azia, gastrite, flatulência.

Modo de usar:

O chá pode ser bebido na quantidade de até três xícaras ao dia durante o tempo necessário à cura.
Contra-indicação :

Não é indicado para mulheres na face de lactação.

FORMA DO CHÁ INFUSÃO

FORMA DE USO ORAL
PARTES USADASFOLHAS

------------------------

Chas

  • cha verde emagrece

    Chas


    Noticia painel seguro