Facebook

Chá de Macela

Chá de Macela

A macela é uma planta medicinal popular que trata diversos problemas. Também é conhecida por erva dos soldados, camomila nacional, milefólio,marcela do campo e milfolhada. Propriedades Antialérgica, antiespasmódica, antitinflamatória, sedativa, bactericida e tônica. Indicações Azia, cálculo biliar, clarear cabelos, cefalalgias, cólicas intestinais, contrações musculares bruscas, contusões, desordens menstruais, diabetes, diarréias, disenteria, disfunções gástricas e digestivas, dor de cabeça, dor de estômago, epilepsias, espasmos, estimulante da circulação capilar, febre; gastrite, impotência, inapetência, inflamação, lavar feridas e úlceras, má digestão; pele e cabelos delicados; nervosismo, perturbações gástricas, protetor solar, queda de cabelos, resfriado, retenção de líquidos, reumatismo, suores fétidos nos pés. Suas flores secas são utilizadas em muitas regiões para o preenchimento de travesseiros e acolchoados.

Chá de marcela benefícios dessa planta

Chá de marcela – Quais os benefícios dessa planta? Nativa da América do Sul, a marcela ou macela é uma planta herbácea que aparece nas áreas mais quentes anualmente. Suas folhas são alongadas, membranosas, cheias de pelos e muito finas. É comum encontrar a marcela em beiras de estradas e terrenos, mas só deve ser colhida quando as flores surgirem (entre os meses de março e maio), dessa forma, é possível se aproveitar das propriedades terapêuticas. Curiosidade! No Rio Grande do Sul, algumas pessoas têm a tradição de colher a marcela na sexta-feira Santa antes do nascer do Sol. Essas pessoas acreditam que tal costume beneficia a eficiência das propriedades do chá das flores dessa erva.

MACELA - Achyrocline satureoides

MACELA - Achyrocline satureoides Planta arbustiva, de médio porte, pode chegar até a 1,5m de altura. Suas folhas, de coloração verde clara, um tanto quanto prateada, são estreitas, lanceoladas, com presença de muitos pelos, o que as deixa com uma sensação gostosa ao tato, lembrando um pouco um veludo. As flores são de coloração amarelo bem claro e aparecem nas pontas dos ramos. Lembram um pouco as flores sempre-vivas, pois possuem pouca água na sua composição e, quando secas, ficam com a mesma aparência das flores frescas. INDICAÇÃO: Chá de Macela => Disfunções gástricas e digestivas, diarréia, fígado, pâncreas, colite, vesícula, inapetência, desinterias, distúrbios menstruais, enjôos, náuseas, vômitos, sedativo, analgésico. * Auxilia na diminuição do colesterol e até mesmo da agregação plaquetária. COMO FAZER: Coloque 1 colhere de sopa de erva para um litro de água, quando a água alcançar fervura, desligue. Tampe e deixe a solução abafada por cerca de 10 minutos. Em seguida, é só coar e beber. COMO BEBER: Tomar de 4 a 5 xícaras ao dia.

Os chás ajudaram a afinar minha silhueta

Os chás ajudaram a afinar minha silhueta O segredo para controlar minha ansiedade foi tomar uma xícara de chá de macela após as refeições. Essa erva tem um gosto forte e me deixava saciada. O chá ainda tinha o poder de me deixar relaxada. Isso me permitia ficar longe do cigarro com facilidade. Eu tomava pelo menos duas xícaras por dia. Além do chá de macela, agreguei outros dois ao meu cardápio: o chá verde e o chá branco, conhecidos por queimar calorias. Em sete meses, cheguei aos 67 kg! No final de 2009, baixei na internet alguns vídeos de aeróbica e comecei a praticar em casa todos os dias, por meia hora. Completava com uma hora e meia de caminhada pela vizinhança. Em julho do ano passado, atingi minha forma atual: 54 kg. Hoje sou feliz por ter chegado a esse peso de maneira saudável. O melhor é que aprendi a domina.

Conheça historias de quem emagreceu