Facebook

Chá para Dormir

Chá para Dormir

Chás para dormir- chá para insonia Está cada vez mais complicado ter uma boa noite de sono? Não consegue fazer uma noite completa a dormir? Tem dificuldade em adormecer? Não quer optar por ingerir remédios para dormir? Não tem tempo para fazer exercício que ajuda no sono? Já tentou tudo isto mas nada resulta para lhe dar sono? Talvez alguns chás para dormir de ervas naturais possam ser o indicado para si! Porque não optar por uma boa chávena de chá para dormir antes de ir para a cama? O chá existe há mais de 2 mil anos, é uma bebida bastante natural e saborosa consumida como uma bebida terapêutica que trás benefícios para a saúde. A infusão de algumas ervas pode ser uma forma muito simples, prática e eficaz para provocar o sono, porém não é qualquer chá que serve para induzir o sono, alguns actuam como estimulantes e têm exactamente o efeito contrário… Cuidado com a quantidade de líquidos ou comida no estomago, pois em excesso pode causar mal-estar e atrapalhar o sono. Existem bastantes variedades de plantas, folhas, ervas, etc, que se pode utilizar para fazer chás para dormir e insónia, mas o que importa aqui são aquelas que nos provocam o sono de forma a combater as insónias. O chá natural pode ser um aliado do sono, mas existem algumas plantas, que mesmo que sejam naturais, só deverão de ser utilizadas com indicação médica, pois embora sejam naturais, poderão interferir no metabolismo do organismo e pode haver risco de interacção com antidepressivos, ansiolíticos ou qualquer outra medicação que actue no sistema nervoso. Por outro lado, também há outras plantas que podem ser utilizadas para fazer chá que não têm qualquer restrição para que sejam consumidas em forma de chá, estas plantas actuam como calmantes, como é o caso do famoso chá de camomila que é o mais conhecido como um chá para dormir e calmante para tratar a insónia. O chá de camomila contém um aminoácido que relaxa o sistema nervoso e actua como tranquilizante natural. Como alternativa à camomila ainda existem outras plantas com efeitos semelhantes como é o caso da passiflora e da erva-cidreira. Outras sugestões de chás para dormir que servem de calmantes são combinações de laranja com hortelã marroquina, maçã com camomila ou maracujá com pêssego e mel .Qualquer chá tem uma preparação fácil. Basta colocar água a ferver, juntar um pouco da planta da qual pretende fazer o chá e esperar entre 5 a 10 minutos. Quando servir o chá, se achar que precisa de juntar algo para adoçar (como é o caso do açúcar), é aconselhável que use o mel no lugar do açúcar. DICA: Coma banana com mel e aveia antes de dormir, pois ajuda a liberar triptofano, que é um percursor da serotonina e malatonina (substâncias ligadas ao sono). Assim, a qualidade do sono é maior e a acção das plantas pode ser potencializada. Um produto natural, muito conhecido que poderá ser tão importante como a camomila no efeito de calmante, é a tão conhecida alface! Exacto, a alface que é tão utilizada na salada, pode ser útil para tratar as insónias Alface, um calmante natural. Todos nós conhecemos a alface, o que grande parte da população não deve de saber é que a alface actua como um calmante natural de grande eficácia! Para além de tratar casos como insónias, também é importante no tratamento do nervosismo ou ansiedade. Por vezes quando há aquele nervosismo, ansiedade, ou até mesmo insónias, o primeiro chá que nos vem à cabeça será a camomila, mas fiquem a saber, que a alface poderá ser utilizada em chá como forma de calmante. A alface, mais precisamente o talo da alface, é rico em uma substância denominada de lactucina. Essa substância actua no nosso organismo como um calmante, o que é excelente para nos ajudar a combater as insónias. Basta colocar água a ferver, e deixar os talos das alfaces entre cinco a dez minutos em infusão na água, coar e beber.

Chás que ajudam a dormir

Chás que ajudam a dormir Desde que me conheço por gente tenho problemas para dormir. Nunca fui o tipo de pessoa que literalmente deita e dorme, eu custo a pegar no sono, 30 minutos, 1 hora, no mínimo. Mesmo quando eu acordo bem cedo, 6:00, 7:00 e pouco, chega no fim da noite estou sem sono e isso me atrapalha muito. A minha falta de sono está intimamente ligada à minha ansiedade, estresse e os mesmos também estão ligados às minhas noites mal dormidas, ou seja, um looping infinito. Atualmente, um dos meus maiores desejos é não recorrer mais a remédios para dormir. É uma luta, não é fácil, mas estou tentando, coloquei isso na minha cabeça e acho que vocês já perceberam que quando isso acontece, eu não sossego até conseguir. De uns tempos para cá tenho recorrido a chás, algo que eu amo incondicionalmente. Sabendo que problemas para dormir não é um transtorno exclusivamente meu, mas de 40% da população brasileira também – segundo a OMS -, resolvi separar alguns chás que ajudam a induzir o sono. Chá de camomila Sim, é óbvio que eu tinha que começar por esse. O chá de camomila ajuda a acalmar, relaxar, induz o sono, ajuda na digestão, tem propriedades anti-inflamatórias, ajuda em problemas como aftas, gengivite, úlceras, enxaquecas. Além disso, um estudo feito pelos cientistas do Imperial College (de Londres) indica que cinco xícaras diárias da bebida eleva os níveis de uma substância redutora de espasmos musculares chamada glicina, o que ajudaria a diminuir cólicas menstruais. O chá de camomila é contra-indicado para pessoas que utilizam medicamentos para tratamento de trombose (pois o chá pode aumentar a risco de hemorragia), mulheres grávidas ou em lactação. Pode causar rinite alérgica em alguns indivíduos. O chá de erva doce também é outro que ajuda a acalmar e de quebra tem ação diurética, estimulante, estimulante gastrointestinal, expectorante, dentre outras. É indicado para vários problemas respiratórios (asma, bronquite, tosse) e transtornos como gases e acidez estomacal. O chá de erva doce é contra-indicado para pessoas com problemas gastrointestinais crônicos como úlcera gástrica ou duodenal, refluxo, colites.

Chá para dormir bem

Chá para dormir bem Uma noite de sono mal dormida, traduz-se em cansaço, má disposição, irritabilidade, desconcentração e alteração de humor, na maioria das pessoas. Com estas dicas tente dormir bem, sem a ajuda de medicamentos que tendem a provocar habituação e dependência. Vá para a cama sempre dentro dos mesmos horários, não fume nas 2 horas antes de deitar, não consuma bebidas estimulantes como café, refrigerantes ou chá preto. Faça uma caminhada depois do jantar para ajudar na digestão, ao mesmo tempo que acalma a mente. Tome um banho de imersão e não de chuveiro, pois o primeiro relaxa e acalma. Já na cama leia um livro ou uma revista e verá que o sono desperta sem demora.

Dicas para você dormir melhor

Dormir bem melhora o humor, a memória, previne doenças e faz você viver mais. A ciência não para de comprovar os benefícios de uma noite bem dormida. Um estudo realizado pela American Academy of Sleep Medicine provou que dormir bem é um dos segredos para a longevidade. A partir da análise de 2.800 pessoas, os resultados mostraram que cerca de 65% das pessoas relataram que sua qualidade de sono foi boa ou muito boa e o tempo médio diário de sono foi 7,5 horas, incluindo cochilos. Os mais velhos, de 100 anos ou mais, eram 70% mais propensos a relatarem uma boa qualidade de sono do que os participantes mais jovens, de 65 a 79, após controle de variáveis como as características demográficas, socioeconômicas e de saúde. Em contrapartida, quem sofre de insônia crônica corre três vezes mais riscos de morrer do que aqueles que não tem o problema. É o que mostra a pesquisa do National Heart Lung and Blood Institute, dos Estados Unidos, que envolveu mais de 2.200 participantes, apresentada este ano na 24ª reunião anual da Associated Professional Sleep Societies, no Texas. Mas a falta de sono costuma ser um problema? Às vezes, basta alguma mudança simples nos hábitos antes de dormir, no travesseiro ou no colchão para resolver este drama Travesseiro, o melhor amigo Acredite: o seu apoio para cabeça é fundamental para se ter uma boa noite de sono. Na hora de escolher, você precisa considerar o material de que ele é feito e, claro, a posição em que é colocado. A melhor posição para dormir é de lado. Assim, a coluna fica longe das dores e os músculos também. Nesse caso, a altura do travesseiro tem que ser igual a distância entre o pescoço e a parte externa do braço. Já para quem dorme com a barriga para cima, o melhor é levar para a cama um apoio mais baixo, preenchendo o espaço entre o pescoço e a nuca, sem comprimir a coluna. De bruços, jamais! A pessoa que dorme de barriga para baixo acorda cansada e toda dolorida, pois o rosto não pode ficar afundado no travesseiro. Além disso, as regiões torácica e a lombar são prejudicadas nessa postura. Até ele se aposenta O travesseiro deve ser trocado, no mínimo, a cada dois anos. Na hora de escolher o melhor modelo, é importante observar algumas regras. Apoios de pena, por exemplo, podem exalar um odor forte capaz de incomodar olfatos mais sensíveis, embora muita gente se adapte a ele. Ideal, sempre, é dar preferência a enchimentos que se deformam com menos facilidade (como espumas mais resistentes). O tamanho também conta. É melhor que seja largo para não sair do lugar com qualquer movimento do seu corpo durante a noite. E, mesmo que possa parecer um mico, o ideal é experimentar o modelo escolhido ainda na loja.

Conheça historias de quem emagreceu