------------------------

como preparar o cha verde.

Como Fazer Chá Verde
O chá verde é uma excelente bebida que traz inúmeros benefícios para a saúde.

Mas se você não estiver familiarizado com algumas técnicas básicas, você pode acabar com um chá cheio de folhas, amargo ou forte demais. Aprenda como fazer uma xícara de chá verde perfeita.

------------------------

Como preparar um chá verde.

Como preparar um chá verde
Todos conhecemos os benefícios saudáveis provenientes do chá verde – um chá de origem chinesa caracterizado pelo seu sabor fresco e suave. Para além de um paladar especial, o chá verde está recheado de poderosos antioxidantes, o que requer que a sua preparação seja perfeita, para se poder desfrutar em pleno tudo aquilo que o chá verde tem para oferecer.

O melhor recipiente

A arte de preparar o chá começa com o recipiente escolhido para ferver ou aquecer a água, ou seja, utilizar o micro-ondas para este efeito é desaconselhado. No caso específico do chá verde pode optar por uma chaleira ou, como é importante assegurar que a água não ferva efetivamente, uma pequena panela ou chaleira sem testo é o ideal.

Chá verde em folha ou saqueta?

É essencialmente por motivos práticos que escolhemos o chá em saqueta em detrimento de folhas de chá, mas a verdade é que estas últimas não dificultam em nada a preparação de um chá, nem diferem muito em termos de preço. No caso do chá verde, a diferença está, sem dúvida no sabor: enquanto as saquetas são preparadas com sobras das folhas de chá verde, o chá verde avulso é composto por folhas inteiras, o que confere um maior e melhor paladar a qualquer chávena de chá. Se optar por preparar um chá verde em saqueta, siga as instruções constantes da sua embalagem.

A quantidade de chá

Embora qualquer embalagem de chá contenha informação acerca da quantidade de folhas necessárias para preparar um chá, regra geral, o chá verde requer uma colher de chá para cada chávena. O paladar mais ou menos intenso de um chá verde consegue-se através do tempo de infusão, mas pode também fazer experiências com a quantidade de folhas que coloca no seu chá. É importante não utilizar as mãos para pegar nas folhas de chá verde, recorrendo sempre a uma colher.

A temperatura da água

A temperatura da água é o elemento mais importante no que toca à preparação de um chá verde. Com características muito próprias, o sabor e o aroma de um chá verde sublime dependem de uma água que não esteja nem muito quente, nem muito fria. Se adicionar água a ferver às folhas do chá verde, esta irá "estragar" as suas melhores qualidades e o resultado será um chá muito amargo. Se adicionar água demasiada fria às folhas do chá verde, esta não terá a temperatura suficiente para delas extrair toda a potencialidade do seu paladar. Regra geral, a temperatura ideal da água utilizada para preparar um chá verde deve rondar os 60°C e os 85°C, ou seja, quando pequenas bolhas começam a formar-se no fundo da chaleira. Se aquecer demasiado a água, deixe-a arrefecer um pouco antes de a deitar sobre as folhas do chá.

O tempo de infusão

O tempo de infusão é outro fator chave na preparação correta de um chá verde, uma vez que a delicadeza das suas folhas necessita de muito pouco tempo de infusão – entre 1 e 3 minutos apenas – caso contrário pode azedar. Dois minutos de tempo de infusão parece ser o consenso no que toca a preparar uma chávena de chá verde exclusivamente voltada para o sabor; mas se pretende beneficiar, acima de tudo, da ação antioxidante do chá verde, então o tempo de infusão já sobe para 5 minutos. É claro que o tempo de infusão influencia o sabor de um chá e a apreciação desses sabores pode variar de pessoa para pessoa. Para além disso, diferentes tipos de chá verde requerem diferentes tipos de infusão, por isso, confira sempre as indicações presentes na embalagem. E, claro, não há nada como fazer experiências. Quando em dúvida, saiba que quanto mais fria estiver a água utilizada para preparar um chá verde, mais tempo de infusão é necessário.

------------------------

Chá verde: verdades e mitos.

Chá verde: verdades e mitos
A ciência já provou que a erva emagrece
QUANTO BEBER?

De 5 a 6 xícaras. Segundo o clínico geral e fitoterapeuta Miguel Mussi, do Centro de Terapias Integradas, no Rio de Janeiro, o consumo do chá verde é milenar e não há notícias de efeitos colaterais, a não ser em quem tem sensibilidade à cafeína, presente na composição.

Outras recomendações

Durante o tempo de infusão, não mexa as folhas do chá, deixe-as simplesmente repousar. Se for um chá verde de elevada qualidade, as folhas irão assentar no fundo da chávena, o que permite beber o chá sem as retirar. Se preferir retirar as folhas antes de beber o chá, vaze o chá para outra chávena, utilizando um passador próprio para o efeito, de forma a recolher as folhas.
Se quiser reduzir a quantidade de cafeína presente no chá verde faça o seguinte: depois de aquecida a água, verta-a sobre as folhas de chá, mas apenas o suficiente para as cobrir; deixe repousar durante 20 segundos e retire; adicione a quantidade de água habitual e prepare o chá verde como o costume.
Se aprecia chá verde gelado, é importante duplicar a quantidade de folhas que normalmente utiliza, uma vez que a água proveniente do gelo irá diluir o sabor.
Por norma, as mesmas folhas de chá verde podem ser utilizadas para preparar uma segunda chávena de chá e, embora esta apresentará níveis mais baixos de cafeína e antioxidantes, não perderá nada em termos de sabor.
Existem vários tipos de chá verde, por isso, se aprecia este género, vai experimentando e saboreando… não se esqueça, porém, que no que toca à preparação de um chá verde, o equilíbrio é tudo …

------------------------

ChÁ verde bebida poderosa.

ChÁ verde Tire de vez suas dúvidas sobre essa bebida poderosa
Todo ano os cientistas descobrem novas propriedades em alimentos que antes não eram levados tão a sério. Vilões da boa forma ontem podem virar aliados da vida saudável amanhã, claro que em quantidade limitada. Café, abacate, ovo e chocolate já passaram por pesquisas que encontraram efeitos positivos para o organismo. Por isso, quando, há cerca de dois anos, o chá verde surgiu como o novo queridinho da dieta, muita gente aderiu sem pensar. Mas você sabe tudo que essa plantinha pode fazer por você?

Apesar de tudo que já foi dito, ainda pairam muitas dúvidas no ar. Afinal, tudo na vida tem prós e contras, não é mesmo? Poucas pessoas sabem que o chá verde possui cafeína, que em excesso pode provocar dores de cabeça, distúrbios do sono e hipersensibilidade. Por isso, saber o quanto tomar, em quais momentos do dia e de que maneira é essencial para a saúde.

Para esclarecer mais sobre o assunto, entrevistamos duas especialistas em nutrição, Raquel Maia Chaves e Thais Siqueira de Moraes, sócias-proprietárias da Dhamma Consultoria em Alimentação.

1) Quais são os benefícios do chá verde para a saúde?
O chá verde é rico em catequinas, um tipo de flavonóide com propriedades antioxidantes. Elas são “seqüestradoras” de radicais livres, substâncias prejudiciais ao organismo. Uma pesquisa realizada na Universidade de Tohoku (Japão) mostra que a erva é eficaz na prevenção de doenças cardiovasculares e de determinados tipos de câncer. Seus compostos fortalecem as artérias, diminuem as taxas de colesterol ruim e bloqueiam o acúmulo de gordura na parede dos vasos sanguíneos.

2) Qual é a quantidade ideal a ser consumida por dia (em xícaras de chá)?
Ainda não existe um consenso sobre o assunto. Especialistas em fitoterapia apontam que quem bebe cinco xícaras por dia tem 16% menos chance de desenvolver doenças cardíacas. Há uma corrente que defende a ingestão diária de um litro de chá verde (seis ou sete xícaras) para obter o mesmo efeito e ainda prevenir o câncer. Essa dose é limite e não deve ser ultrapassada, pois o excesso pode causar efeitos colaterais, como insônia e manchas nos dentes.

3) É verdade que não é bom beber chá verde após às 17h? Por quê?
Os chás tipo mate, preto e verde são bebidas estimulantes, por isso devem ser evitados no período da noite.

4) Há contra-indicações quanto ao consumo?
Assim como qualquer outro alimento que possua cafeína, o chá verde deve ser evitado por pessoas hipertensas, agitadas ou com problemas cardíacos.

5) A versão em cápsulas pode ser consumida sem ordem médica?
A cápsula é uma boa opção para quem não tolera o sabor do chá, pois conserva todas as suas propriedades antioxidantes. A quantidade ideal de consumo é 500 mg, de uma a três vezes por dia. Mesmo tratando-se de um produto natural, essa versão deve ser consumida com orientação médica. As cápsulas são contra-indicadas para gestantes, mulheres que estejam amamentando e pessoas com disfunções na tireóide, insônia ou que façam uso de anticoagulantes.

6) Há problema em consumir chá verde misturado com outros sabores?
Essa tática é válida para deixar o chá verde mais gostoso e não altera suas propriedades terapêuticas. Combiná-lo com outras ervas, como cidreira, hortelã e erva-doce é uma boa opção. Outra alternativa é misturar cascas de frutas à bebida pronta, como abacaxi, manga ou maçã,

7) É melhor beber chá verde quente ou gelado?
Não faz diferença, a questão principal é prepará-lo da maneira correta. Ponha água para ferver e, assim que surgirem as primeiras bolhas de ar, apague o fogo. Acrescente a erva e abafe por 2 ou 3 minutos. Depois é só coar e tomar. O ideal é usar duas colheres de sopa para um litro de água, mas comece com apenas uma colher até se acostumar com o sabor do chá.

------------------------

Chas

  • cha verde emagrece

    Chas


    Noticia painel seguro