------------------------

Remedio e medicamentos para emagrecer

Remédios para emagrecer
A obesidade é considerada uma doença crônica e precisa ser tratada. Por enquanto, apenas duas substâncias especificamente emagrecedoras estão liberadas no Brasil: a sibutramina e o orlistate. Mas outras vêm ajudando quem vive em guerra contra a balança, e tem novidade por aí. Será que elas podem resolver o seu problema? Três especialistas respondem:

Quem deve recorrer a remédios para perder peso?
O endocrinologista e nutrólogo Durval Ribas Filho, presidente da Associação Brasileira de Nutrologia (Abran), recomenda o uso de substâncias emagrecedoras para pessoas com IMC (índice de massa corporal) acima de 27, desde que sejam portadoras de doenças associadas (como diabetes e hipertensão), ou acima de 30 quando não houver outras complicações. É o que preconiza a International Obesity Task Force (Força Tarefa Internacional Contra a Obesidade, em tradução livre), rede de especialistas que assessora a Organização Mundial da Saúde quando o assunto é obesidade. "Fora isso, o ideal é buscar uma dieta adequada para reeducar os hábitos alimentares, além de fazer exercício", aconselha. Já a Associação Brasileira para o Estudo da Obesidade e Síndrome Metabólica (Abeso), em diretriz disponível no seu site, indica esses medicamentos para casos de IMC acima de 25 quando há doenças associadas (inclusive colesterol elevado) ou acima de 30. "A obesidade é uma doença crônica que precisa de tratamento", afirma o endocrinologista Alexander Benchimol, diretor da entidade

------------------------

Família de jovem morta após tomar remédio.

Família de jovem morta após tomar remédio para emagrecer cobra laudo
Juliana da Silva, de 26 anos, morreu há 3 meses em Aparecida de Goiânia.
Parentes pedem agilidade do IML; órgão explica que situação é normal.
A família de Juliana da Silva, de 26 anos, morta após tomar remédio para emagrecer há três meses, em Aparecida de Goiânia, reclama da demora para sair o resultado do laudo sobre a morte e cobra agilidade do Instituto Médico Legal (IML). Segundo a família, ela começou a passar mal depois de tomar medicamentos para emagrecer receitados por uma médica pediatra.
Juliana tinha 1,76 metros e pesava 92 quilos. Insatisfeita, segundo a família, ela procurou uma clínica de estética para iniciar o tratamento. Após passar mal depois de tomar dois remédios, a jovem não resistiu e morreu no dia 27 de dezembro do ano passado, na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Aparecida de Goiânia, na Região Metropolitana
Até hoje nada aconteceu ainda. Já denunciei na delegacia de polícia e o IML não deu posição nenhuma", reclama o viúvo de Juliana, Claudio Coelho de Jesus.
Segundo ele, antes de morrer, Juliana chegou a ser atendida em outros hospitais. Ela passou por um hospital particular, um Centro de Assistência Integral à Saúde (Cais) e pela Unidade de Pronto Atendimento de Aparecida de Goiânia, onde foi diagnosticada com intoxicação e morreu.

------------------------

Remédios para emagrecer à base de sibutramina.

Remédios para emagrecer à base de sibutramina são liberados no Brasil
A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) decidiu nesta segunda-feira que medicamentos para emagrecer feitos à base de sibutramina podem ser vendidos normalmente no Brasil.

A decisão foi tomada por dois votos a um pela diretoria colegiada da agência reguladora. Foi realizado um ano de estudos sobre os riscos da substância para a saúde humana antes que a medida fosse tomada.

O remédio é utilizado no tratamento da obesidade em casos de prescrição médica. Ele foi desenvolvido como um antidepressivo e já foi banido no Estados Unidos, no Canadá, na Austrália e na Europa. O motivo é o aumento de 16% no risco de desenvolvimento de doenças cardiovasculares em pacientos com históricos desse tipo de problemas.

A decisão ainda não é definitiva. Ela vale por dois anos, até que um relatório da Anvisa aponte a manutenção ou a proibição do produto no país.

------------------------

O que são medicamentos de uso off-label para emagrecer?

O que são medicamentos de uso off-label para emagrecer?
São aqueles que funcionam para outra finalidade que não aquela que está na bula. É o caso da liraglutida (vendida sob o nome comercial de Victoza), remédio para diabéticos que produz perda de peso, e do topiramato, um anticonvulsivante indicado para a prevenção de enxaqueca, que também tem efeito contra a obesidade. "Essa prática é permitida por associações médicas, mas, como em qualquer tratamento, pode haver efeitos colaterais", alerta o endocrinologista Marcio Mancini, chefe do Grupo de Obesidade da Disciplina de Endocrinologia do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da USP, em São Paulo. "Os remédios off-label só devem ser prescritos após exames clínicos e exigem acompanhamento rigoroso."

A sibutramina continua liberada pela Anvisa. Isso significa que é um medicamento seguro?
Realizado em 2009, o estudo internacional Scout, sigla para Sibutramine Cardiovascular Outcome Trial (efeitos cardiovasculares da sibutramina, numa tradução livre) revelou um risco aumentado de infarto para portadores de doenças cardiovasculares que receberam essa substância por cinco anos seguidos. "Para quem não tem problema cardíaco, porém, esse medicamento sempre foi seguro. Não é um anorexígeno, ou seja, não tira a fome. É um sacietógeno, isto é, age no sistema nervoso central, aumentando a saciedade. Assim, a pessoa come menos. Também tem leve ação termogênica, acelerando o gasto calórico", explica Durval Ribas Filho. No entanto, é preciso existir supervisão médica constante e pode haver efeitos colaterais, como boca seca, aumento da pressão arterial, dores de cabeça e náusea. Os profissionais ouvidos para esta reportagem lembram que, qualquer que seja a substância escolhida para emagrecer, é importante associar seu uso a uma mudança de hábitos alimentares e à prática de atividades físicas regulares.

------------------------

Emagrecedores

Emagrecedores

Emagrecedores

  • Bioslim quitosana

  • droga para epilepsia uso emagrecedor

  • Emagrecedor ACELERADOR METABÓLICO

  • Emagrecedor Bio Redux

  • Emagrecedor BLOQUEADOR DE GORDURAS

  • Emagrecedor carulluma

  • Emagrecedor chá verde

  • Emagrecedor CHIA Com OMEGA 3

  • Emagrecedor linolen

  • Emagrecedor MAX BURN GREEN


    Noticia painel seguro