------------------------

espinheira santa emagrece.

A espinheira santa (Maytenus ilicifolia) é um fitoterápico conhecido há anos pelos índios. A planta tem este nome devido a aparência de suas folhas (parecem espinhos) e por ser considerado um "santo remédio" para o corpo, principalmente para males do aparelho digestivo.

Usos da Espinheira Santa

A espinheira santa é um fitoterápico indicada principalmente para normalizar as funções gastrointestinais, especialmente como protetor contra úlcera gástrica. A espinheira santa tem também ação cicatrizante, levemente diurética, laxativa, anti-úlcera e anti-séptica.

A espinheira santa também é utilizada no preparo de infusões para uso externo no auxílio do tratamento da acne, eczemas e outros problemas de pele.

Apesar das diversas utilidades da espinheira santa, no tocante ao emagrecimento e perda de peso não há qualquer evidência de sua eficácia. O que não quer dizer a espinheira santa deixa de ser um "santo remédio".

------------------------

Propriedades da espinheira santa.

A espinheira santa, de nome científico Maytenus ilicifolia, é uma planta medicinal muito útil no combate às dores de estômago, gastrite, úlcera, azia e queimação, devido às propriedades medicinais que possui.

Outros nomes populares da espinheira santa são: espinheira-divina; maiteno; salva-vidas; sombra-de-touro; erva-cancerosa; congorça e espinho-de-deus.

Propriedades da espinheira santa

Cicatrizante; anti-inflamatória, antiúlcerosa, calmante, analgésica; tonificante; antisséptica; diurética; tem algum efeito anticoncepcional; facilita a eliminação dos gases e tem leve efeito laxante.

Para que serve a Espinheira santa

A espinheira santa serve para o tratamento da dor de estômago, úlcera, gastrite, azia; queimação; dispepsia, gases. Sendo eficaz também contra a H. Pylori.

------------------------

Modo de uso da Espinheira santa.

Modo de uso da Espinheira santa

Em infusão: colocar 1 colher (sopa) das folhas secas de espinheira santa numa xícara e cobrir com água fervente. Deixar descansar por 15 minutos, coar e beber a seguir.
Cápsulas: tomar 1 ou 2 cápsulas de espinheira santa antes das principais refeições.
Efeitos colaterais da Espinheira santa

Pode causar sensação de boca seca e náusea, que desaparecem com o uso contínuo do medicamento.

Contraindicações da Espinheira santa

No primeiro trimestre da gravidez e durante a lactação.

Deve-se evitar seu uso na gravidez pela falta de comprovação científica da segurança do medicamento e, na lactação, por diminuir a produção de leite materno.

Espinheira santa emagrece?

O uso da espinheira santa não emagrece, mas, como ela tem efeito diurético, o indivíduo pode ter a impressão de que emagreceu ao consumi-la. Na verdade, ele somente eliminou o excesso de líquidos de seu organismo.

------------------------

Plantas medicinais ajudam a emagrecer e a curar a depressão.

Plantas medicinais ajudam a emagrecer e a curar a depressão
Perto da Hidrelétrica de Itaipu, em Foz do Iguaçu (PR), nasceu um refúgio biológico. Plantas receitadas para tratar doenças saem do local embaladas, prontas para virar chá.
Há seis anos, a vida do policial Cícero Manuel de Souza perdeu a graça. O cara brincalhão e divertido caiu em depressão profunda. "Na realidade, nem eu entendo o que aconteceu. É uma doença sorrateira e veio com um efeito, uma bomba relógio", conta.
Confira aqui a lista de plantas medicinais mostradas do programa
Policial militar, casado, pai de três filhas, ele não resistiu. "eu não queria conversar com ninguém. Vinham os amigos na minha casa, e eu não queria saber. Eu me fechava no quarto", afirma.
Mergulhado na escuridão da doença, Cícero chegou ao limite. "Eu fui ao fundo do poço. Para você chegar lá no final, você entrar no seu quarto, você pegar uma arma, botar embaixo do queixo e falar: 'acho que eu resolvo tudo, agora'", revela.
Cícero procurou tratamento psiquiátrico. Durante três anos, tomou um coquetel de remédios que aliviavam o sofrimento, mas também produziam efeitos colaterais devastadores. Ele conta que ingeria o remédio e que dois minutos depois ele simplesmente apagava.
Quando o corpo já não suportava mais, ele buscou ajuda em um posto de saúde em Foz do Iguaçu. A médica Christiane Lopes Pereira receitou um remédio que ele nunca tinha experimentado, à base de plantas medicinais.
"Eu perguntava: 'será que vai funcionar? Se fosse tão bom todo mundo receitaria, mas será que vai funcionar?' E a grande verdade: eu estava errado", lembra o policial.
"O Cícero hoje se mantém bem só com plantas medicinais. É um resultado surpreendente. O interessante da planta é que a gente não visa o tratamento da doença, a gente trata o doente", afirma a doutora Christiane.
"Eu voltei a ter aquela vontade de viver, ou seja, voltei de novo a ser o negão de sempre", brinca Cícero.
"Eu tenho mais ânimo, tenho mais disposição, tenho uma melhora geral mesmo", aposta a atendente de farmácia Marcia da Silva Santos. "Nossa, estou 100% hoje", declara a dona de casa Ivone Furlan Dotto. "Hoje, eu posso tomar uma cervejinha, um golinho de cachacinha. Eu me atrevo às vezes", diz o aposentado Arlindo Munslinger.
As plantas mecidicinais transformaram a vida dessas pessoas. Todas vivem no Paraná, na região que faz fronteira com o Paraguai e a Argentina, que tem como cenário as Cataratas do Iguaçu e o imenso lago de Itaipu, a maior hidrelétrica do mundo em produção de energia.
Em uma área bem perto do lago da hidroelétrica nasceu um refúgio biológico. Tudo começou com apenas 35 mudas de plantas medicinais. Elas foram resgatadas de terras que seriam inundadas para a construção da usina. As plantas cresceram e se multiplicaram. Junto com elas, brotou uma ideia que hoje se espalha por toda região.
Nas terras que pertencem a Itaipu, funciona uma fábrica de mudas. Algumas espécies cultivadas, de tão exploradas, já nem existem mais na região. É o caso da espinheira santa. "Ela é excelente pra gastrite", afirma o técnico agrícola Altevir Zardinello.
O horto foi ideia de um técnico agrícola, apaixonado pelas plantas medicinais. Há sete anos, o técnico agrícola Altevir Zardinello coordena o projeto de Itaipu que pretende difundir e orientar o uso das ervas na região. Ao todo, 82% da população já usavam plantas medicinais, mas muitas vezes da maneira errada.
"As pessoas tomam muito chimarrão. E erva mate é uma planta que tem cafeína, é excitante, e as pessoas misturavam com plantas calmantes. Então, não é o indicado, não é o correto", aponta o técnico agrícola.
As plantas receitadas para tratar as doenças mais comuns da população já saem do local embaladas, prontas para virar chá. O processo segue normas rigorosas de qualidade. "Nós observamos a coloração das folhas, o aparecimento de fungos, bolores", explica o farmacêutico Reinaldo Shimabuku.

------------------------

Emagrecedores

Emagrecedores

Emagrecedores

  • Bioslim quitosana

  • droga para epilepsia uso emagrecedor

  • Emagrecedor ACELERADOR METABÓLICO

  • Emagrecedor Bio Redux

  • Emagrecedor BLOQUEADOR DE GORDURAS

  • Emagrecedor carulluma

  • Emagrecedor chá verde

  • Emagrecedor CHIA Com OMEGA 3

  • Emagrecedor linolen

  • Emagrecedor MAX BURN GREEN


    Noticia painel seguro