------------------------

Mazindol.

Mazindol
O mazindol é um anorexígeno que foi retirado do mercado brasileiro pela ANVISA por ter causado muitos efeitos colaterais maléficos à saúde.
O mazindol é uma substância parecida com a anfetamina e, por isso, é considerado um anorexígeno, ou seja, é um inibidor de apetite. No Brasil, foi comercializado de 1999 a 2011, quando teve a sua venda proibida pela ANVISA (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) devido aos seus efeitos colaterais maléficos. Contudo, conheça melhor esse medicamento que já fora muito indicado por médicos de todo o mundo.

Mazindol Emagrece

O mazindol, que era vendido sob os nomes comerciais Moderina, Absten S ou Fagolipo, estimula o Sistema Nervoso Central fazendo com que a pressão sanguínea aumente e o apetite diminua a partir da sua ação sobre 2 neurotransmissores responsáveis pela sensação de fome.

De acordo com pesquisas, seus efeitos eram mais duradouros que seus concorrentes, o femproporex e o dietilpropiona, também anorexígenos retirados das prateleiras das farmácias brasileiras devido aos efeitos colaterais sofridos pelos seus usuários.

Mazindol

Como esses remédios para emagrecer diminuem a fome, certamente fazem as pessoas perderem peso, mas não por muito tempo, já que funcionam somente por um certo período. Depois, o organismo se acostuma com a sua presença e eles não produzem mais o mesmo efeito do início do tratamento. E, se após a pessoa parar de ingerir o medicamento voltar aos seus antigos hábitos, ou seja, ao sedentarismo e à má alimentação, poderá readquirir os quilos perdidos ou até aumentá-los.

E mesmo quando eram comercializados, esses medicamentos não podiam ser vendidos sem receita. Portanto, se você sabe onde comprar o mazindol, pense bem antes de adquiri-lo, já que ele é causador de vários efeitos colaterais.

------------------------

Efeitos colaterais.

Mazindol (Absten S)
O mazindol, substancia ativa do medicamento com nome de Absten S, Moderine ou Fagolipo, é o responsável pelo efeito anorexígeno do medicamento.

Com apresentação em comprimido de 1 e 2 mg, age estimulando diretamente o centro da saciedade.

Indicações

Obesidade

Contra-indicações

Afecção grave; alcoolismo; arteriosclerose avançada; crianças com menos de 12 anos; doença cardiovascular; glaucoma; hipertensão grave; hipersensibilidade aos componentes da fórmula; isquemia cerebral; nível de agitação alto; propensão ao abuso de drogas; psicose; uremia.

Efeitos colaterais

taquicardia; xerostomia; prisão de ventre; dependência física e psicológica; depressão; diarréia; dor de cabeça; erupção na pele; fraqueza; gosto desagradável na boca; inquietação; insônia; mal-estar; náusea; nervosismo; palpitação; problemas urinários; sonolência; tolerância à droga; tontura; transpiração excessiva; tremor.

------------------------

Mazindol, tratamento da obesidade.

Mazindol, tratamento da obesidade
Mazindol inibe o apetite e é utilizado no tratamento da obesidade. Funciona como um estimulante do sistema nervoso central. É utilizado sempre em curto prazo por causa dos seus efeitos colaterais. Deve ser utilizado aliado a exercícios físicos e a uma dieta de redução calórica.
O mazindol também é indicado para pacientes com fatores de risco como hipertensão, hiperlipidemia e diabetes. O remédio pode ajudar a diminuir os níveis de açúcar no sangue, assim os diabéticos devem ficar atentos para não ter hipoglicemia.
Essa substância funciona como um estimulante do sistema nervoso central e assim diminui o apetite após algumas semanas. Também aumenta a frequência cardíaca e a pressão arterial. O Mazindol é indicado em curto prazo, pois só ajuda no começo da dieta, quando utilizado por mais tempo as doses devem ser reduzidas gradualmente.
O medicamento tem efeito anoréxico mais longo que o femproporex e o dietilpropiona. Ele é comercializado como Absten S, Dasten, Fagolipo e Moderei. O mazindol atua como um inibidor da recaptação da serotonina, da noradrenalina e da dopamina também.
O medicamento em excesso causa tremores, boca seca, agitação, obstipação intestinal, depressão, sensação de desconforto, respiração rápida, problemas com o sono, confusão, alucinações, pânico, agressividade, náuseas, vômitos, diarreia, batimentos cardíacos irregulares e apreensões.
Por isso deve ser usado apenas com prescrição medica. Mesmo com tantos efeitos colaterais, o mazindol é indicado para ajudar pacientes a perder peso em situações de risco.

------------------------

Medicamentos femproporex, mazindol e anfepramona não podem ser vendidos no Brasil.

Medicamentos femproporex, mazindol e anfepramona não podem ser vendidos no Brasil
A partir desta sexta-feira (9/12), os medicamentos femproporex, mazindol e anfepramona não podem mais ser comercializados no Brasil. A proibição, determinada pela Diretoria Colegiada da Anvisa em outubro, consta da Resolução RDC 52/2011, que estabeleceu um prazo de 60 dias para entrada em vigor da medida.
Os medicamentos a base de femproporex, mazindol e anfepramona tiveram seus registros cancelados pela Anvisa, ficando proibida a produção, o comércio, a manipulação e o uso destes produtos no país. Os três medicamentos fazem parte do grupo denominado inibidores de apetite do tipo anfetamínico.
A norma da Anvisa também apresenta novas restrições para medicamentos a base de sibutramina. Entre as novidades, está a obrigatoriedade dos profissionais de saúde, empresas detentoras de registro e farmácias e drogarias de notificarem, obrigatoriamente, o Sistema Nacional de Vigilância Sanitária sobre casos de efeitos adversos relacionados ao uso de medicamentos que contém sibutramina.

------------------------

Emagrecedores

Emagrecedores

Emagrecedores

  • Bioslim quitosana

  • droga para epilepsia uso emagrecedor

  • Emagrecedor ACELERADOR METABÓLICO

  • Emagrecedor Bio Redux

  • Emagrecedor BLOQUEADOR DE GORDURAS

  • Emagrecedor carulluma

  • Emagrecedor chá verde

  • Emagrecedor CHIA Com OMEGA 3

  • Emagrecedor linolen

  • Emagrecedor MAX BURN GREEN


    Noticia painel seguro