------------------------

Açucar Light.

O que é o açúcar light?
O açúcar light é composto por uma mistura de sacarose (açúcar comum) e adoçante. No caso específico da marca União, é utilizada a sucralose (um edulcorante derivado da cana). Esse produto tem o poder de adoçar duas vezes mais que o tradicional. Ou seja, ao trocar o convencional pelo light, você diminuirá pela metade a quantidade de açúcar no seu dia a dia. Isso significa a redução de 50% das calorias, bom para quem está de dieta.

Para entender melhor, veja este exemplo. Se você quiser adoçar um cafezinho, poderá usar seis gramas de açúcar refinado ou três do light para ficar com o mesmo sabor. Você fará uma boa economia de calorias em seu cardápio.

Uma outra vantagem em usar a versão light (com sucralose) é que ela tem sabor semelhante ao do açúcar tradicional e por isso não apresenta aquele sabor residual amargo, comum da maioria dos adoçantes.

Você pode usar o açúcar light para adoçar bebidas e também em receitas preparadas em forno e fogão e até em micro-ondas. A sucralose tem boa estabilidade em temperaturas elevadas.

Quer aprender receitas bacanas com esse tipo de açúcar? Experimente o musse de queijo com manga , a gelatina de limão e o bolo de banana e nozes. Todas essas gostosuras são do MdeMulher.

Atenção: o açúcar light pode ser consumido pela maioria das pessoas, inclusive crianças. Gestantes e lactantes devem consultar um médico. Só não é recomendado para diabéticos.

------------------------

O açúcar light ou açúcar magro.

O açúcar light ou açúcar magro é uma mistura de açúcar (sacarose) com adoçante (sucralose, ciclamato ou sacarina). Por causa dessa mistura, o açúcar light não apresenta o gosto residual que os adoçantes contêm mas, ao mesmo tempo, não apresenta uma redução de calorias como se utilizasse somente o adoçante.

A diferença é que a mesma quantidade de açucar light adoça entre duas e cinco vezes mais que o açúcar comum. Pode ser usado em preparações de forno e fogão, pois possui ótima estabilidade em temperaturas elevadas e, também, substitui o açúcar tradicional em receitas não prejudicando o resultado final. Podemos dizer que o açúcar light é intermediário entre o açúcar refinado e o adoçante. O seu consumo é contra-indicado para dietas com restrição de açúcar, como no caso de diabéticos.

------------------------

Você aproveita as vantagens do açúcar light?

Você aproveita as vantagens do açúcar light?
Novidade contém adoçante na composição e ajuda a manter uma dieta saudável
Nada pior do que ter que encarar aquele gosto amargo de adoçante no café, sucos e sobremesas do tipo light. Uma das maiores dificuldades de quem precisa ou quer reduzir o consumo de açúcar do cardápio está em aturar esse sabor para perder peso, controlar calorias ou o diabetes.

Uma alternativa para evitar o estranhamento no paladar, o açúcar light, ou açúcar magro, é composto por metade de açúcar refinado (sacarose) e metade de adoçante (sucralose, ciclamato ou sacarina), que conserva o gosto do açúcar e ainda ajuda no emagrecimento. "A fórmula adaptada, no entanto, não abre as portas para os exageros. O consumo precisa ser realizado com cautela, principalmente no caso de pacientes com diabetes", afirma a nutricionista Camila Borduqui, da Clínica Dr. Alan Landecker. Responda o quiz e entenda como usar esse tipo de açúcar caso ele se encaixe nas suas necessidades:

------------------------

Adoçante ou Açúcar: o que é melhor?

Adoçante ou Açúcar: o que é melhor?
Para muitos fazer dieta significa trocar o açúcar pelo adoçante e consumir produtos diet e light. É grande a variedade que existe hoje no mercado com produtos que tenham adoçante em sua composição, em vez do açúcar. Porém, de uns tempos para cá as pessoas estão começando a questionar: Açúcar ou Adoçante, qual o melhor produto?

O açúcar refinado é altamente calórico e se consumido em excesso pode provocar o aumento de peso, além do aumento na produção de insulina, possível aparecimento de cáries, etc.


As pessoas que não abrem mão do açúcar, experimentam a opção light, que possui as mesmas calorias do açúcar comum, só que possui um poder adoçante maior, necessitando de menos quantidade para adoçar. É uma mistura de açúcar com adoçante.
Com o processo de refinamento, o açúcar refinado perde nutrientes. A opção mais indicada é o açúcar mascavo, já que não passa pelo processo de refinamento, mantendo suas propriedades nutricionais.

Quanto aos adoçantes, existem inúmeras opções: frutose, aspartame, sucralose, entre outros. E até mesmo aquelas opções de adoçantes que são utilizadas para preparações culinárias, que podem ser submetidas a altas temperaturas. Todos esses são produtos industrializados. Tem o stévia que é um tipo de adoçante natural. Porém, nem todos gostam do sabor dos adoçantes, não se acostumam.

Alguns estudos indicam que o consumo excessivo e abusivo de adoçantes podem causar problemas de sáude, porém, não há nada comprovado cientificamente por enquanto, são apenas pesquisas.

Diabéticos devem evitar o consumo de açúcar refinado, mascavo e light e dar preferência aos adoçantes, mas é sempre importante estar atento às recomendações de médicos e nutricionistas.

Para aqueles que não são diabéticos e apenas desejam emagrecer, caso não gostem do sabor do adoçante, prefira o açúcar mascavo, é bem mais saudável, mas fique atento no que diz respeito a quantidade.

------------------------

Suplementos

  • RIPP ABS

    Suplementos


    Noticia painel seguro