------------------------

Boswellia serrata.

É usado para o tratamento da artrite reumatóide e de outras condições inflamatórias(1).
Processos inflamatórios, inflamações e condições artríticas, reumatismo artrítico, osteoartrite, artrite
reumatóide juvenil, miosite e fibrosite e colite.(2)
Propriedades:
Boswelia sinonímia: Boswellin, salai guggal, incenso, olíbano (2)
Boswellia Serrata (Burseraceae) é um extrato obtido de uma planta originária da Índia, que contém compostos
triterpênicos pentacíclicos como os ácidos beta-boswéllico e 11-ceto beta boswéllico. Atua como um agente
antiinflamatório não esteroidal e analgésico. Seu efeito se deve á inibição da enzima 5-lipoxigenase, que previne a
formação de leucotrienos inflamatórios.(1)
As formas farmacêuticas mais utilizadas na farmácia magistral são: cápsulas com extrato seco, cremes, pomadas
e loções. (2)
A boswellia inibe substâncias químicas pro-inflamatórias (5-lipoxigenase) e impede síntese do leucotrieno.
Portanto a boswelia poderá ser útil nas circunstâncias médicas envolvidas na inflamação.(2)

------------------------

BOSWELLIA SERRATA cápsulas.

BOSWELLIA SERRATA cápsulas
O extrato de Boswellia Serrata é utilizado pelas suas propriedades anti-inflamatórias pois, contrariamente à maioria dos medicamentos desta classe, não provoca úlceras nem gastrites. O Boswellia não é um analgésico, mas:

• atua diretamente na inflamação que é a causa direta da dor
• reduz o inchaço das articulações e a rigidez matinal
• aumenta a mobilidade bloqueando a síntese dos leucotrienos por meio da enzima 5-lipoxigenase. Os leucotrienos estão implicados em inúmeras doenças inflamatórias: provocam a inflamação acelerando os danos oxidativos radicalares, a deslocação do cálcio e as reações auto-imunes.

Vários ensaios clínicos realizados pelo governo indiano validam a utilização ayurvédica tradicional da Boswellia. Mais concretamente, num estudo realizado com 175 pacientes acamados, registou-se uma melhoria boa ou excelente dos parâmetros "rigidez matinal", "dor" e "realização de atividades rotineiras" em 67% dos casos. Regra geral, as melhorias verificam-se muito rapidamente - em média após duas a quatro semanas de tratamento.

Verificam-se resultados ainda mais favoráveis quando o Boswellia é combinado com as plantas Ashwagandha e Cúrcuma. Outros estudos mostram uma eficácia do Boswellia em 70% dos pacientes que sofrem de asma brônquica, com incidência nos sintomas e nos parâmetros bioquímicos, bem como no tratamento do síndrome do cólon irritável.

É uma planta originária da Índia utilizada por centenas de anos na medicina local. A parte usada é o caule o qual possui uma resina gomosa constituída por óleo essencial, terpenóides e goma. Dentro dos terpenóides existe o ácido boswellico que tem mostrado ser um dos componentes mais ativos da Boswellia.

------------------------

Contra indicações de Vedica.

Contra-indicações de Vedica
O produto VÉDICA (extrato seco de Boswellia serrata) é contra-indicado nos casos de hipersensibilidade a Boswellia serrata ou aos componentes da formulação do produto.
Advertências
Em pacientes com gastrite ou doença de refluxo gastroesofágico pré-existente o uso de extratos de Boswellia serrata deve ser cuidadoso, pois refluxo e dor epigástrica têm sido associados com o uso do produto.
Uso na gravidez de Vedica
A goma-resina de Boswellia serrata tem sido reportada em literaturas tradicionais como tendo atividade emenagoga, podendo interferir na gestação. Assim, deve-se evitar o uso durante a gravidez e lactação sem acompanhamento e consentimento do médico responsável.

Amamentação Não existem informações disponíveis sobre a utilização deste produto por pacientes grávidas ou que estejam amamentando. Segundo estudos, o óleo essencial especificamente não deve ser administrado durante a gravidez nem na lactação.
Interações medicamentosas de Vedica
Interações medicamentosas Por apresentar o mesmo mecanismo de ação, VÉDICA pode potencializar a ação de outros inibidores de leucotrienos, como produtos à base da espécie antiinflamatória Harpagophytum procumbens ou dos fármacos zafrilukast e montelukast, que são utilizados no tratamento da asma.

Podem também ocorrer interações medicamentosas de potencialização de efeitos entre o medicamento VÉDICA (Boswellia serrata) e agentes antineoplásicos, agentes redutores de lipídeos, medicamentos solúveis em gordura e de redução de efeitos entre VÉDICA (Boswellia serrata) e agentes antiinflamatórios não-esteroidais – inibidores de COX-2 Interações com alimentos Recentemente, foi avaliada a ingestão conjunta de 786 mg de um extrato seco da goma-resina de Boswellia serrata com uma dieta rica em lipídeos, avaliando os níveis plasmáticos dos principais ativos por mais de 60 horas através de cromatografia líquida de alta eficiência.

Os dados obtidos variaram entre os ativos doseados, mas no geral evidenciaram um grande aumento na absorção dos ácidos boswéllicos nos sujeitos tratados concomitantemente com dieta rica em gorduras, particularmente para o ácido 11-ceto-beta-bosvélico e também para o ácido acetil-11-ceto-beta-bosvélico; também se verificou um aumento na meia-vida dos ácidos boswéllicos nos pacientes tratados conjuntamente com dieta gordurosa. Esse aumento expressivo está associado à presença dos ácidos biliares, que devem promover o aumento da solubilidade e absorção dos ativos. Em pacientes em jejum os níveis foram bem menores, mesmo tornando indetectáveis dois dos triterpenos utilizados como marcadores do estudo.

------------------------

Boswellia serrata é indiano incenso.

Boswellia serrata é indiano incenso ou Salai referido no sânscrito como shallaki . É encontrado em Rajasthan
Na medicina ayurvédica incenso indiano ( Boswellia serrata ) tem sido usada por centenas de anos para o tratamento de artrite .

em Kinnerasani Wildlife Sanctuary , Andhra Pradesh , Índia .
Extratos de Boswellia serrata foram clinicamente estudados para osteoartrite e da função articular, particularmente para a osteoartrose do joelho.

Os efeitos positivos da Boswellia em algumas doenças inflamatórias crónicas, incluindo a artrite reumatóide, a asma brônquica, osteoartrite, colite ulcerativa e doença de Crohn foram relatados. Um Boswellia extracto comercializado sob o nome Wokvel foi submetido a eficácia humana,, estudos farmacocinéticos comparativos.

Alguns vêem Boswellia serrata como uma alternativa promissora para os AINEs , justificando uma investigação mais aprofundada em estudos farmacológicos e clínicos.
Boswellia serrata é utilizado no fabrico do suposto agente anti-rugas "Boswelox", , que tem sido criticada por ser ineficaz.
Boswellia serrata foi recentemente desenvolvido para uso tópico em uma fórmula com patente pendente em Sano Gel de Socorro.
Potencial para a atividade anti-câncer
Ácido Boswellic , um extrato de Boswellia serrata , tem sido estudado para a atividade anti-neoplásicos, especialmente nos tumores primários e secundários experimentais cerebrais, indicando eficácia potencial de in vitro e de pesquisa clínica limitada. ] ácido Boswellic é também passando por um ensaio clínico em estágio na Clínica Cleveland.

------------------------

Suplementos

  • RIPP ABS

    Suplementos


    Noticia painel seguro