------------------------

CHÁ MEDICINAL.

Chás medicinais
Os chás terapêuticos são fáceis de preparar e melhoram a digestão, acalmam a mente e diminuem a fadiga. Confira as sugestões
De cultura milenar, a fitoterapia – uso de plantas para tratar doenças – tem se tornado cada vez mais popular no mundo todo. Hoje, os chás medicinais são usados para os mais diferentes fins, como acalmar, cicatrizar machucados, expectorar, emagrecer, combater enxaqueca e artrite, melhorar o sistema digestivo, diminuir a fadiga, a insônia e as dores musculares, e possuem a maior parte de seus benefícios comprovados cientificamente.

"Existe chá para tudo. A grande maioria deles já tem seus princípios ativos, composição e efeitos comprovados cientificamente. É claro que também existem muitos que são apenas crendices populares, por isso, é importante procurar profissionais especializados na área", afirmou Zenaide Barcala Pires, professora da Faculdade de Ciências da Saúde de São Paulo (FACIS). "As ervas são a forma mais antiga de se tratar da saúde. Hoje, elas são utilizadas por muitos médicos. No exterior, a fitoterapia é reconhecida merecidamente. No Brasil, por meio de estudos prolongados e sérios feitos em universidades, ela começa a ocupar o seu devido lugar", disse o fitoterapeuta André Resende, escritor dos livros "O poder das ervas" e "Alquimia das ervas".

Cuidados
Apesar da eficiência comprovada, é preciso ter cautela na hora de tomar chás ou iniciar qualquer tipo de tratamento com plantas medicinais, pois a crença popular, às vezes, distorce as coisas e faz muitos acreditarem que, por serem naturais, as plantas não provocam nenhum mal.

"A fitoterapia usada de uma maneira inadequada, sem a orientação de um terapeuta, pode trazer graves conseqüências. Até um simples boldo poderá ocasionar sérios distúrbios. As pessoas pensam que só porque é natural não faz mal. Mas, para um bom resultado, o uso dos chás não pode ser abusivo", afirmou André

Outro cuidado que deve ser tomado é conhecer a procedência dos produtos e sempre adquiri-los em lojas confiáveis, pois a forma incorreta de armazenamento das ervas pode transformá-las em ineficientes e até prejudiciais ao organismo.

"É muito importante não comprar os produtos em barraquinhas ou locais impróprios. As ruas de todo o país estão cheias de ervas com fungos, poluição e sujeiras, que podem trazer danos à saúde", alertou André Resende.

------------------------

Conheça e saiba usar 37 plantas medicinais.

Conheça e saiba usar 37 plantas medicinais
O uso de plantas para tratar doenças é tão antigo quanto a história da humanidade, mas saber conservar e usar cada tipo é fundamental para garantir que o remédio funcione.
Verdura de sabor ligeiramente amargo e bem popular na mesa brasileira. O agrião é um excelente anti-inflamatório das vias respiratórias, muito indicado nas bronquites crônicas. Ele também age contra um mal bem moderno: a nicotina - ainda que, claro, nenhuma planta apague de vez os seus estragos.

Nome científico: Nasturtium officinalis

Nomes populares: Agrião d´água, agrião-aquático, agrião-do-rio

Fins medicinais: Diurético, anti-inflamatório, pode ser usado para tratar aftas, gengivites, acne e eczemas, ajuda melhorar a digestão e tratar a tosse.

Como usar: A simples digestão do agrião libera substâncias expectorantes que ajudam a limpar as vias respiratórias. Pode ser consumido em saladas, batido em sucos ou tomado em chás ( 1 colher de sopa de folhas secas para uma xícara de chá de água fervente, três vezes ao dia)

Atenção! Por ser abortiva, a infusão de agrião não deve ser consumida por grávidas. Além disso, o excesso costuma irritar a mucosa do estômago e as vias urinárias. Não deve ser ingerido por quem tem úlceras e doenças renais inflamatórias

------------------------

plantas medicinais para o coração.

plantas medicinais para o coração
Conheça 9 plantas medicinais que ajudam a proteger seu corpo contra as doenças do coração:

Chá verde: Devido à presença de catequinas, que evitam que a gordura acumule-se nas paredes das artérias, o chá verde é muito eficaz no combate ao colesterol.
Folhas de Oliveira: Graças às suas propriedades medicinais estas folhas normalizam os valores da pressão arterial sistêmica.
Fel da Terra: Tem efeito sob a insulina e ação antioxidante sendo útil no controle da diabetes.
Garcina Cambogia: Contém ácido hidroxicítrico contribuindo para o bloqueio parcial da síntese de ácidos gordos, reduzindo a conversão destes em gordura, contribuindo ainda para diminuir o apetite.
Espinheiro Branco: a suas propriedades medicinais ajuda a regular a pressão e a controlar arritmias cardíacas.
Ginko Biloba: Esta planta ajuda a diminuir a agregação plaquetária e a melhorar a circulação sanguínea.
Alho: Contém propriedades cientificamente comprovadas que regulam os níveis de colesterol, diminuindo o risco de doenças cardíacas.
Arando: Contém grandes quantidades de resveratrol sendo eficaz na diminuição da glicose no sangue, conferindo mais resistência ao coração.
Folhas de Freixo: Possuem ação diurética e laxante, sendo muito eficaz no combate à retenção de líquidos.

------------------------

Chás das folhas e cascas da goiabeira.

Chás das folhas e cascas da goiabeira
Muito se sabe sobre os benefícios que a goiaba possui, mas não é apenas na fruta que encontramos propriedades medicinais poderosas. Suas folhas (e cascas da goiabeira) são capazes de tratar desde uma simples dor de dente, até uma doença sexualmente transmissível como a candidíase.

As folhas e a casca da goiabeira vêm sendo usadas há muito tempo por povos indígenas como uma fonte de cura e prevenção de doenças. Atualmente, várias pesquisas comprovaram o poder que a planta possui, sendo vastamente utilizada na medicina alternativa.

Chás das folhas e cascas da goiabeira

Benefícios das folhas e cascas da goiabeira

As folhas podem ser usadas no tratamento da candidíase através de duchas com seu extrato;
Mastigando essas mesmas folhas, previne-se e alivia o mau hálito, além de evitar ressacas e dores de cabeça causados pelo consumo de bebidas alcoólicas (quando mastigadas antes);
O chá da casca pode ser usado como anti-inflamatório em casos de lesões ou úlceras na pele;
Esmagar as folhas da goiaba e aplicar em feridas evita que as mesmas infeccionem, atuando também como um eficiente cicatrizante e analgésico;
Tanto as folhas, como a casca possuem propriedades antissépticas, sendo muitas vezes mais eficiente que produtos similares industrializados;
Outro benefício das folhas é regularizar disfunções no período menstrual, amenizando sangramentos intensos.

------------------------

Suplementos

  • RIPP ABS

    Suplementos


    Noticia painel seguro