------------------------

Farinha de Gergelim.

FARINHA DE GERGELIM
O Gergelim ou Gergilim chegou ao Brasil com os portugueses, mas sua origem é desconhecida. Há muitas teorias, mas as mais fortes indicam o continente asiático como berço do gergelim, um pequeno arbusto também conhecido como sésamo. Esta planta é cultivada desde a antiguidade.
O principal produto do gergelim são suas sementes que possuem elevado valor nutricional, em virtude de quantidades significativas de vitaminas, especialmente A, B1, B2, E; minerais e oligoelementos diversos, como cálcio, fósforo, ferro, magnésio, potássio, zinco, sódio, selênio, cobre e cromo; e mucilagens, que dão ao gergelim ação laxante suave.
A lecitina é um poderoso emulsionante, que facilita a dissolução das gorduras em meio aquoso. Uma das suas funções no sangue consiste em manter dissolvidos os lipídios, especialmente o colesterol, evitando assim que se deposite nas paredes das artérias. O gergelim é, com a soja, o mais rico em lecitina.
O Gergelim contém uma grande variedade de princípios nutritivos de alto valor biológico, como gorduras insaturadas, que é eficiente na redução do nível de colesterol no sangue. O gergelim umedece e lubrifica os intestinos em função da presença de ácido linol presente na casca de gergelim, aumentando o peristaltismo intestinal, o trânsito do bolo alimentar e ativando a circulação sanguínea na parede intestinal. Também evita e trata a prisão de ventre e hemorróidas. Para as gestantes que apresentam prisão de ventre, o ideal é tomar suco desintoxicantes com gergelim para tratar este problema.
Nos países do Oriente, o gergelim é considerado um restaurador da vitalidade e da capacidade sexual. Da semente do Gergelim é produzida uma manteiga exótica, o Tahine , muito consumida pelos árabes.
As pequeninas e saborosas sementes ou farinha de Gergelim são um excelente coadjuvante na perda de peso e ainda contribuem para uma dieta saudável e equilibrada. E ainda existem as proteínas, que também promovem a saciedade e ajudam na prevenção de flacidez.

------------------------

Farinha de gergelim pequeno e versátil!

Farinha de gergelim: pequeno e versátil!
Altamente nutritiva e saudável, muito mais que só uma semente.

O gergelim:
As pequeninas e saborosas sementes são um excelente coadjuvante na perda de peso. De quebra, ainda contribuem para uma dieta saudável e equilibrada.

"Ele aumenta a saciedade porque tem uma carapaça de nutrientes que, até ser quebrada para que ocorra a absorção do alimento, precisa de tempo, prolongando assim a vontade de comer. E ainda existem as proteínas, que também promovem a saciedade e ajudam na prevenção de flacidez" – Dra. Daniela Hueb.

O alimento em si não emagrece, porém alguns nutrientes encontrados nele, como as fibras insolúveis, contribuem para regularizar o trato intestinal. Além disso, é ótimo para controle de glicemia sanguínea, pois proporciona maior duração da saciedade e contribui para a boa disposição.
A farinha de gergelim:
Como todas as sementes especiais, o gergelim além de dar sabor especial a pratos e saladas tem nutrientes que ajudam e fortalecem o organismo. O uso do gergelim fornece ácidos graxos mono e poli- insaturados, proteínas, cálcio, fibras, vitaminas A e as do complexo B.

O gergelim é rico em minerais como o ferro, fósforo, magnésio e o manganês. Segundo especialistas o uso contínuo da semente de gergelim ativa o reflexo cerebral, fortalece a pele e previne o desgaste ósseo.

A semente de gergelim fornece uma substância chamada lecitina que ajuda a dissolver as gorduras no sangue, sem deixar que se depositem nas artérias.

Usado em grãos, pasta, óleo ou farinha, o gergelim protege o organismo contra muitas enfermidades como a diabetes e hipertensão.

O grão da semente de gergelim concentra uma grande quantidade de vitamina E, seu óleo também é rico em ômega 3 e 6, um precioso antioxidante, pois controla os níveis do colesterol no sangue.

------------------------

benefícios da farinha de gergelim.

benefícios da farinha de gergelim:
· Fortalece os tendões e ossos;
· Tonifica o fígado e os rins;
· Tônico geral, principalmente após hemorragias;
· Combate dores lombares e de joelhos, reumatismo;
· Evita a queda e o branqueamento precoce dos cabelos;
· Melhora a elasticidade da pele e desenvolve forte poder antioxidante nas células.


Sugestão de consumo:
A Farinha de Gergelim é usada como tempero em saladas e arroz, ou ingerido diariamente. A Farinha de Gergelim é usada em massa para biscoito, bolachas, bolos, doces, sucos, sopas, mingaus, pães e pastas.

------------------------

Emagreci 15 kg com a dieta do gergelim.

Emagreci 15 kg com a dieta do gergelim
Em dois meses, a farinha da semente me ajudou a perder os quilos extras da gravidez
Quando meu filho nasceu, em novembro de 2009, percebi o quanto havia extrapolado na gravidez. Com 1,52 m, engordei 20 kg sem perceber. Para voltar ao meu peso normal, me inspirei na cantora Claudia Leitte, que recuperou o corpão depois da gestação. Iniciei minha virada com reeducação alimentar, caminhadas, musculação e muita farinha e biscoito de gergelim, meus aliados para acabar com a fome!

Era vítima do efeito sanfona

Sempre fui preocupada com o corpo, mas no último ano da faculdade, em 2006, engordei 6 kg. Para entrar no vestido de formatura, testei todos os tipos de dietas malucas. O resultado foi positivo, mas temporário. Em poucos meses, recuperei os mesmos quilos perdidos, e até um pouquinho mais.

Insatisfeita, criei uma reeducação alimentar baseada em reportagens de revistas femininas. Também aproveitei o calçadão em frente à minha casa para fazer caminhadas diárias.

Esses novos hábitos me devolveram um corpo perfeito, com abdômen tanquinho, do jeito que eu sonhava! Mantive o corpão até descobrir minha gravidez, em março de 2009.

Abusei na gestação e ganhei 20 kg

Estava desempregada quando engravidei e aproveitei os nove meses da gestação para curtir o momento. Foi aí que atolei o pé na jaca e me acabei nos doces, nas frituras e na pizza de chocolate.

O resultado dessa extravagância foram os 20 kg que ganhei. Também fiquei com meus pés inchados e com um supercansaço, além de uma sensação triste ao me olhar no espelho. Apostei na amamentação para emagrecer, mas, infelizmente, meu bebê só mamou até o terceiro mês. Isso me ajudou a perder 5 kg, mas ainda restavam os outros 15 kg. Era hora de ir à luta.

Investi no gergelim

Minha batalha contra esses quilos incômodos começou em fevereiro deste ano. Retomei minha reeducação alimentar, voltei a fazer caminhadas e ainda incluí musculação e exercícios abdominais diariamente. Me espelhava no exemplo de emagrecimento da cantora Claudia Leitte e pensava: ''Eu também posso ser uma mamãe linda e sexy como ela!''.

Em pesquisas pela internet, descobri que o gergelim, além de fazer bem para a saúde, ajuda a emagrecer, acaba com a fome e inibe a vontade de comer doces. Investi na sementinha: acrescentei a bolacha salgada de gergelim no café da manhã e incluí a farinha da semente moída nos sucos naturais. Deu supercerto: além de me deixar sem fome, ela ajudou meu intestino a funcionar perfeitamente.

Claro que toda dieta tem sua dose de sacrifício, mas valeu a pena: em dois meses, voltei ao manequim 36 e ao meu peso ideal, 45 kg. Sem contar que dupliquei minha autoestima e a qualidade do relacionamento com meu marido. Hoje sou uma mamãe linda, sexy e maravilhosa. E mais: virei até capa de revista! Coisa boa, né?

------------------------

Suplementos

  • RIPP ABS

    Suplementos


    Noticia painel seguro