------------------------

Magnésio.

O magnésio é um elemento químico de símbolo Mg de número atômico 12 (12 prótons e 12 elétrons) com massa atómica 24 u. É um metal alcalino-terroso, pertencente ao grupo (ou família) 2 (anteriormente chamada IIA), sólido nas condições ambientais.
É o sétimo elemento mais abundante na crosta terrestre, onde constitui cerca de 2% da sua massa,1 e o nono no Universo conhecido, no seu todo.2 Esta abundância do magnésio está relacionada com o fato de se formar facilmente em supernovas através da adição sequencial de três núcleos de hélio ao carbono (que é, por sua vez, feito de três núcleos de hélio). A alta solubilidade dos iões de magnésio na água assegura-lhe a posição como terceiro elemento mais abundante na água do mar3 .
É empregado principalmente como elemento de liga com o alumínio. Outros usos incluem flashes fotográficos, pirotecnia e bombas incendiárias.

------------------------

O magnésio é um mineral.

O magnésio é um mineral encontrado nos alimentos e que é muito importante para as funções normais no organismo como a contração muscular ou a composição do sangue.

É possível se consumir magnésio na forma de suplementação sintética ou através da alimentação, porque a concentração de magnésio ideal de 300 mg é facilmente alcançada e mantida com uma alimentação nutritiva.

Alimentos ricos em magnésio

Alimento fonte de magnésio Magnésio e 100 g de alimento
Pó de cacau 520 mg
Sementes de girasol 390 mg
Sementes de abóbora 270 mg
All Bran
210 mg

Castanha do pará 200 mg
Manteiga de amendoim 180 mg
Trigo 130 mg
Pão de centeio 100 mg
Pipoca 81 mg
bolo integral 75 mg

------------------------

Magnésio no organismo.

Magnésio no organismo

O magnésio no organismo é com um componente essencial para o funcionamento e regulação da contração muscular do equilíbrio dos elementos que compõe o sangue, e da eficiência de muitas enzimas digestivas e importante inclusive em tratamentos de cálculos renais de oxalato de cálcio.

Biodisponibilidade do magnésio

As ingestão de proteínas animais (carne, frango, ovos ou peixe), assim como alimentos ricos em vitamina C, D, B1 e B6, melhoram a absorção do magnésio. Por outro lado o consumo de grande concentração de gordura, fitato e oxalato, diminui a capacidade de absorção do magnésio pelo organismo, que ocorre principalmente no jejuno, mas também ao longo do intestino delgado e cólon.

Sintomas da falta de magnésio no organismo

A falta de magnésio no organismo pode provocar:

falta de apetite,
náusea,
vômito,
sonolência,
fraqueza,
espasmos musculares e tremores.
As causas mais comuns de carência de magnésio (hipomagnesemia) são má absorção intestinal, alcoolismo, aumento da excreção pelos rins ou inanição, assim como tratamentos com diuréticos, com a anfotericina B (um medicamento antifúngico) ou com a cisplatina (um medicamento antineoplásico) também pode causar hipomagnesemia.

O magnésio deve ser reposto quando a deficiência produz sintomas ou quando a concentração de magnésio é inferior a 1 mEq por litro de sangue. Pode ser administrado pela via oral ou injetável.

A concentração alta de magnésio pode ocorrer em pacientes com insuficiência renal e pode acarretar fraqueza, hipotensão arterial e dificuldade respiratória.

------------------------

O magnésio é um mineral essencial para o corpo humano.

O magnésio é um mineral essencial para o corpo humano, necessário para mais de 300 processos biológicos muito importantes, incluindo a produção de ATP e a contração muscular. Muito consumido por pessoas ativas que desejam evitar cãibra muscular; manter um bom funcionamento dos músculos, nervos e densidade óssea; e aliviar contusões.
De acordo com pesquisadores, muitos países, incluindo os desenvolvidos, têm maior deficiência de magnésio hoje do que há 10 anos. Esta deficiência, em parte, se deve ao aumento dos alimentos processados, particularmente dos carboidratos. A deficiência também pode ser causada por outros fatores, como o excesso de álcool, cafeína, o consumo de açúcar, bem como pelo processo de envelhecimento inevitável.

A deficiência de magnésio pode causar uma série de complicações com sintomas, como cãibra, fadiga, síndrome pré-menstrual, irritabilidade, insônia, perda de memória, entre outros.

Praticantes de atividades físicas e esportistas necessitam de mais energia, ou ATP, e consomem as reservas de magnésio mais rapidamente. Um maior consumo de magnésio nesses casos é muito útil, não apenas para evitar os sintomas negativos da deficiência, mas também para aproveitar todos os benefícios relacionados ao ganho de massa muscular e energia, entre os quais podemos citar:

Manutenção de ossos fortes e saudáveis, além da regulação da absorção e uso de minerais.
Cooperação junto com o cálcio na produção do ATP.
Ajuda no funcionamento muscular, contrações musculares e impulsos nervosos.
Outro benefício do consumo de magnésio é proteger contra cãibras, que é muito comum em pessoas ativas. O magnésio age junto com o cálcio para manter os músculos funcionando bem – o cálcio estimula a contração e o magnésio relaxa, tanto os músculos esqueléticos como os lisos, em todas as partes do nosso corpo. Para combater a cãibra, algumas pessoas precisam de magnésio e outras de cálcio. Na maioria das vezes os 2 minerais são recomendados em conjunto já que são interligados.

As funções neuromusculares e o controle muscular requerem os seguintes minerais: magnésio, cálcio e potássio. Uma deficiência deles pode causar tiques, tremedeira e cãibras.

O que a maioria das pessoas não sabe é que estamos constantemente esgotando o magnésio, especialmente sob estresse, treinamentos intensos ou hábitos alimentares inadequados.. Alguns estudos demonstraram que cerca de 90% dos norte-americanos não têm um suprimento adequado de magnésio, que é necessário para sustentar as funções mais importantes da vida. A vitamina B6 aumenta a quantidade de magnésio que entra nas células. Como resultado, esses dois nutrientes são normalmente ingeridos em conjunto.

As fontes de magnésio a partir dos alimentos são amêndoas, nozes, frutas, leite, cereais em grãos e vegetais. Existem também suplementos de magnésio.

------------------------

Suplementos

  • RIPP ABS

    Suplementos


    Noticia painel seguro