------------------------

MaltoDextrina.

Maltodextrina é o resultado da hidrólise do amido ou da fécula, normalmente se apresentando comercialmente na forma de pó branco, composto por uma mistura de vários oligômeros da glicose, compostos por 5 a 10 unidades.2 .
Pode ser definida como um polímero da glicose. Estas moléculas poliméricas são metabolizadas de forma rápida no organismo humano3 , contribuindo, em indivíduos saudáveis, para um aumento exponencial de insulina(pico de insulina) na corrente sanguínea.
Sendo que os carboidratos são as principais fontes de energia do nosso organismo (e as de recrutamento mais rápido), glicogênio muscular hepático, correspondendo à maior parte das calorias ingeridas pelo ser humano, numa dieta saudável, o carboidrato deve estar presente em torno de 60%, para que as proteínas não tenham que desviar-se de suas funções específicas, como construção dos tecidos musculares, para obtenção de energia, daí advém o crescente consumo e indicação da maltodextrina para praticantes de atividades físicas de resistência como a musculação e a corrida, fornecendo energia durante estas atividades físicas, intensas e de longa duração, retardando a fadiga, através da gradual liberação de glicose para o sangue.
Esse carboidrato assim sendo fica responsável pelo aumento do nível energético muscular, dando mais força, evitando o catabolismo muscular (perda de músculos) e também ajuda a evitar a fadiga.

------------------------

Maltodextrina é um carboidrato.

Maltodextrina
Maltodextrina é um carboidrato complexo de absorção gradativa proveniente do amido de milho. Ela fornece energia durante a atividade física de longa duração e retarda a fadiga porque proporciona a liberação gradual de glicose para o sangue.
A maltodextrina contém polímeros de dextrose/glicose, compostos de açúcar unidos que são mais fáceis de serem assimilados e utilizados pelo corpo. Estes polímeros são metabolizados de forma lenta e constante, o que pode ajudar a sustentar os níveis de energia durante atividades que necessitam de resistência (por exemplo, partida de tênis, jogo de futebol, basquete, vôlei, maratona, etc.).

Suplementos de maltodextrina são uma fonte conveniente e econômica de energia para pessoas ativas. Juntamente com um suplemento protéico, como o whey protein, por exemplo, elas ajudam na absorção das proteínas, segundo um estudo feito em 2001 pela University of Texas Medical Branch.

Então qual suplemento de maltodextrina que devo escolher?

No CorpoPerfeito você encontra apenas produtos das melhores marcas e registrados para garantir a eficácia dele e a sua segurança.

Para ver todos os suplementos de maltodextrina disponíveis clique aqui.

OBS: Se você busca um suplemento específico para, além de fornecer carboidratos, contribuir na sua reidratação e reposição eletrolítica e garantir boa performance, você deve visitar a subcategoria Sports drinks

------------------------

Maltodextrina o que é, efeitos e como tomar

Maltodextrina – O que é, efeitos e como tomar
Maltodextrina é um carboidrato complexo, proveniente da conversão enzimática do Amido do Milho. Sua absorção pelo organismo é gradativa e lenta, pois contém polímeros de dextrose. Estes polímeros acabam sendo metabolizados lentamente, o que faz com que ela forneça energia durante uma atividade física que necessita de resistência e de longa duração, pois ela vai liberando a glicose gradualmente no sangue.
Muito usada por jogadores de futebol, basquete, maratonistas, e também pela maioria dos praticantes de musculação, que é foco principal desse post. O pessoal que visa a hipertrofia usam tanto a maltodextrina quanto a dextrose, para repor o glicogênio muscular e como transporte de nutrientes para dentro das células, sejam as proteínas, creatina, BCAAs e glutamina. Graças ao pico de insulina causado pelo alto índice glicêmico desses carboidratos.
Por isso o mais indicado para se tomar a maltodextrina ou a dextrose, são juntos com a Whey Proteinno pós-treino, podendo tomar junto também a Creatina, BCAA, ou Glutamina. A Maltodextrina não causa efeitos colaterais, e caso você não tenha problemas de diabetes, pode tomar tranquilo, e mesmo os diabéticos podem tomar, mas com orientação médica claro.
E para os que chegam ao nosso blog perguntando se maltodextrina engorda, o Julião respondeu essa dúvida no fórum e creio que vai sanar a dúvida da maioria. Veja aqui.
A proporção ideal para se tomar no shake pós-treino é a seguinte: – 1 grama de carboidrato para cada kg de peso corporal Exemplo, se a pessoa pesa 60kg, utiliza 60gr de carboidrato, podendo ser divido em (50% de Dextrose e 50 % de Maltodextrina) – 30g de Proteína (um medidor que habitualmente vem nos potes de Whey) – 5 á 10g de Creatina – Glutamina e BCAA - Cerca de 5g de cada. Eu não costumo olhar marca de maltodextrina ou dextrose, levo mais pelo sabor mesmo, e costuma ser das marcas: Neo-Nutri, DNA, Atlhetica. O preço médio do pacote de 1kg costuma girar em torno de R$10,00.
*Atenção senhores, como a maioria das perguntas relacionadas a maltodextrina já foram respondidas aqui no post, está sendo feitas várias perguntas repetidas. Então pesquisem nos comentários abaixo para ver se sua dúvida já não foi respondida a outro leitor, ou tirem maiores dúvidas lá no fórum:

------------------------

Dextrose e Maltodextrina.

Dextrose e Maltodextrina
Como você já sabe (se vêm acompanhando os artigos), a única hora do dia que é recomendado comer carboidratos simples é ao acordar e depois de malhar.
Ao acordar pois você ficou muito tempo sem comer e seu corpo entrou em estado catabólico, carboidratos e proteínas de rápida digestão cancelarão esse estado.
Se você planeja fazer aeróbico ao acordar (cheque o artigo sobre HIIT), tome um shake de whey, faça, e depois sim tome carboidratos e proteínas (assim seu corpo usará mais gordura como combustível).
Após o treino, seu estoque de glicose (energia usável) e glicogênio (energia guardada) estão muito baixos. Aí seu corpo libera o Cortisol, que é o hormônio catabólico. Ele "come" o tecido muscular e converte em glicose. O shake pós-treino previne isso.
Dextrose

Uma pergunta comum é "Por que usar a Dextrose?", muitos ficam preocupados com a questão das calorias contidas nela. Mas o que acontece é que o corpo irá destruir essas calorias para dar combustível aos músculos após o treino.
A Dextrose é usada por ter um alto Índice Glicêmico (é absorvida rapidamente). Então, ao utilizar a dextrose no seu shake pós-treino, seu nível de Insulina vai aumentar bem.

Esse pico de Insulina é o que você quer pois ele muda o jeito que o sangue processa os nutrientes, colocando seu músculo em prioridade pra receber os nutrientes (ao invés do tecido adiposo). Então todos nutrientes que você consumir (inclusive seus suplementos como whey e creatina) vão direto para o tecido muscular, começando o processo de recuperação.

Alguns carboidratos são usados pra restaurar o nível de glicogênio nos músculos, outros não. A Dextrose é perfeita pra isso devido à sua rápida digestão.
Maltodextrina

O Maltodextrina é na verdade um carboidrato complexo, mas suas ligações são muito fáceis de serem quebradas, e por isso ele é absorvido rapidamente, e aumenta o nível de insulina tanto quanto a Dextrose.

No entanto, antes que ela possa ser utilizada, ela passa pelo fígado para ter as ligações quebradas. Então, a taxa de reabastecimento de glicogênio é mais devagar que a Dextrose, mas ele consegue abastecer por mais tempo, evitando a queda brusca do nível de insulina.

É seguro?

Muitos temem usar Dextrose e Maltodextrina pois acham que vão engordar. Esse medo vêm do desconhecimento da anatomia e fisiologia do corpo humano.
Devido ao estado que você fica após o treino, se você comer os alimentos certos e os suplementos apropriados, não precisa se preocupar com o que você ingeriu ir para o estoque de gordura.

Outros também se preocupam com os efeitos de longo prazo dos picos de insulina e a habilidade do seu corpo de regular esse hormônio.
Sem entrar em termos técnicos, assim que você termina de malhar, seu estoque de energia está exausto, e seu corpo sabe disso. O pico de insulina é o botão necessário pra mostrar ao seu corpo que a energia chegou e mostrar ao seu cérebro pra onde mandá-la.

A menos que você coma porcaria durante o dia e sofre picos de insulina constantes, não precisa se preocupar com aumentar esse nível depois do treino, é um processo natural.

------------------------

Suplementos

  • RIPP ABS

    Suplementos


    Noticia painel seguro