------------------------

Mel Florada.

Mel Florada Eucalipto
O Mel entre suas propriedades encontram-se as nutritivas, biológicas e terapêuticas.

Nutritivamente, é um carboidrato de excelente valor energético (3,3 cal/g), rico em açúcares, ácidos naturais, minerais, proteínas, aminoácidos, enzimas e outras substâncias que se incorporam na corrente sanguínea em 15 minutos (o açúcar demora de 2 a 4 horas).

O mel facilita a assimilação e digestão de outros alimentos, principalmente a assimilação do cálcio em crianças e a retenção de magnésio.

O Mel Florada de Eucalipto é expectorante. Limpa o catarro e o alcatrão dos pulmões. Dilata e desinfeta os brônquios. Combate os efeitos da poluição. Indicado na cura de asma, tosses, bronquites, inflamação na garganta, olhos, ouvidos e estômago.

O Mel Florada de Eucalipto tem sabor forte e colaração mais escura, pela alta concetração de ferro, enxôfre, cálcio e magnésio.

------------------------

Mel Florada Cipó-Uva .

Mel Florada Cipó-Uva
O Mel entre suas propriedades encontram-se as nutritivas, biológicas e terapêuticas.
Nutritivamente, é um carboidrato de excelente valor energético (3,3 cal/g), rico em açúcares, ácidos naturais, minerais, proteínas, aminoácidos, enzimas e outras substâncias que se incorporam na corrente sanguínea em 15 minutos (o açúcar demora de 2 a 4 horas).

O mel facilita a assimilação e digestão de outros alimentos, principalmente a assimilação do cálcio em crianças e a retenção de magnésio.

O Mel Florada de Cipó-Uva tem sabor delicioso, de pouca acidez. É expectorante e desintoxicante, ajuda a eliminar os efeitos da ingestão de álcool. Auxiliar em regimes de emagracimento.

Ingrediente: Mel com florada predominante Cipó-uva.

------------------------

Mel Florada Silvestre .

Mel Florada Silvestre
O Mel entre suas propriedades encontram-se as nutritivas, biológicas e terapêuticas. Nutritivamente, é um carboidrato de excelente valor energético (3,3 cal/g), rico em açúcares, ácidos naturais, minerais, proteínas, aminoácidos, enzimas e outras substâncias que se incorporam na corrente sanguínea em 15 minutos (o açúcar demora de 2 a 4 horas).

O mel facilita a assimilação e digestão de outros alimentos, principalmente a assimilação do cálcio em crianças e a retenção de magnésio.

O Mel da Florada Silvestre é rico em ferro e calorias. É laxante, bactericida, laxante e desintoxicante. Execelente fortificante para crianças, adultos e idosos. Indicado contra reumatismos, artrites, vias respiratórias e problemas de pele. Permite um melhor rendimento físico, principalmente nos desportistas, pela sua rápida assimilação e recomposição dos nutrientes.

------------------------

O MEL E OS TIPOS DE FLORADAS BENEFICIADOS PELA RIOMEL.

O MEL E OS TIPOS DE FLORADAS BENEFICIADOS PELA RIOMEL
Pode-se definir o mel como o produto alimentício produzido pelas abelhas melíferas a partir do néctar das flores ou, também, das secreções procedentes de partes vivas das plantas ou de excreções de insetos sugadores de plantas que ficam sobre partes vivas de plantas. Esse material é recolhido pelas abelhas que transformam, combinam com substâncias próprias, armazenam dentro da colméia em pequenas células hexagonais cujo conjunto chama-se favo, onde o mel é maturado.
Existe uma boa variedade de tipos de méis produzidos pelas abelhas e sua diferenciação ocorre em razão das florações, terrenos de obtenção das floradas e, até mesmo, por técnicas de preparação. Dessa forma, os diversos tipos de méis variam em cor, aroma e sabor. Diferenciam-se, assim, na cor, indo do branco incolor, amarelo até o castanho.
A Riomel é especialista no beneficiamento de 03 (três) tipos de floradas. São elas:

FLORADA DE LARANJEIRA
É considerado por muitos especialistas e apicultores como o mel mais saboroso e suave do Brasil. O mel da florada de laranjeira beneficiado pela Riomel é produzido a partir da floração dos laranjais da região noroeste do estado de São Paulo e é considerado um mel de cultura "monoflora", ou seja, contém mais de 45% de um só tipo de néctar prevalecendo um leve aroma da flor da laranjeira.
O mel de laranjeira beneficiado pela Riomel apresenta baixos teores de umidade, em média inferiores a outras floradas. Isso favorece bastante a estabilidade química e a resistência contra a proliferação de microorganismos, inclusive fungos, sem a necessidade de quaisquer medidas especiais de processamento como desidratação ou pasteurização.
É importante salientar que os grãos de pólen das flores de laranjeira aparecem no mel em quantidades moderadas (em média, 9.000 grãos por grama de mel) abaixo da média de outras floradas. Por isso, parece razoável definir uma quantidade mínima entre 20% e 30% de pólen de laranjeira para caracterizar o mel com essa origem botânica.
Para facilitar o serviço das abelhas, é feita a instalação das colméias em locais dentro e ao redor das áreas dos laranjais, devidamente inspecionadas por apicultores especializados que avaliam o potencial de floração do local. Esse conhecimento técnico auxilia a formação da colméia de maneira sadia e possibilita melhor harmonia entre a colméia e o habitat.
Depois da instalação das colméias, a visita do apicultor é periódica para conferir a evolução e promover a manutenção caso se faça necessário.

FLORADA DE EUCALIPTO
O mel da florada de eucalipto é produzido a partir do néctar das flores brancas vistosas e com muitos estames dos reflorestamentos de eucaliptos encontrados na região noroeste do estado de São Paulo. Faz parte da apicultura migratória muito comum na região.
Não são todos os tipos da espécie Eucalyptus que têm uma floração permanente durante todos os meses do ano, mas grande parte delas produz boa quantidade de néctar facilitando a larga produção por parte das abelhas melíferas.
O procedimento de instalação das colméias não diverge do sistema praticado nos laranjais: as áreas de reflorestamento também são inspecionadas pelos apicultores especializados que avaliam o seu potencial para a instalação, de maneira adequada, do conjunto de colméias a fim de harmonizá-las com o habitat do reflorestamento de eucalipto.
É comum que as atividades apícolas coordenadas no reflorestamento do eucalipto seja integradas com a atividade em áreas de vegetação nativa, mas a concentração de néctar por parte da florada de eucalipto sempre se mantém bem acima do néctar das flores de vegetação nativa. Essa manifestação conjunta ajuda a promover a variação do mel entre o âmbar claro e o escuro mas não interfere substancialmente no sabor.
O sabor do mel da florada de eucalipto é mais acentuado que o mel de laranjeira mas é igualmente rico em propriedade terapêuticas.

FLORADA SILVESTRE
A importância da flora é inestimável para a apicultura. Foi a partir do habitat silvestre que se tornou possível que o homem conhecesse, interagisse e se deliciasse com esse rico alimento chamado mel.
Ao longo dos séculos, a flora silvestre exerceu um papel importantíssimo na sustentabilidade da apicultura representando a manutenção, quase que contínua desse rico alimento na vida dos seres humanos. Outro aspecto importante da flora silvestre é que a sua preservação possibilita, também, a existência de um respeitado batalhão efetivo de polinizadores nativos que auxiliam substancialmente na polinização das culturas agrícolas.
A flora da região noroeste do estado de São Paulo é constituída, em boa parte por cerrado e apresenta grande diversidade botânica. As condições naturais proporcionam um tipo de mel bastante peculiar e muito rico em propriedades terapêuticas.
É sabido que a cor, o aroma e o sabor do mel da florada silvestre variam de acordo com a sua origem floral e, no caso específico desse tipo de florada raramente se consegue especificar uma tendência floral. O mel de florada silvestre beneficiado pela Riomel comumente apresenta coloração amarelo acentuado, partindo do quase castanho até o marrom.
O procedimento de introdução das colméias no habitat silvestre é mais planejado pelos apicultores com o objetivo de manter a sustentabilidade local.

------------------------

Suplementos

  • RIPP ABS

    Suplementos


    Noticia painel seguro