------------------------

Melitina.

Veneno Vira Creme
Prodapys Segue As Tendências Da Cosmiatria Internacional E Lança Creme Facial A Base De Melitina, Princípio Ativo Do Veneno De Abelha.
eneno de Abelha vira creme
Prodapys segue as tendências da cosmiatria internacional e lança creme facial a base de melitina, princípio ativo do veneno de abelha.

A Prodapys é a maior exportadora de mel do Brasil. Há 20 anos no mercado, a empresa recebeu o prêmio de "Melhor Mel do Mundo", concedido 2007, na Apimondia, o maior congresso de apicultura do mundo, realizado na oportunidade na Austrália. Além do mel, a empresa também é especialista em cosmiatria e na área de alimentos.

A identidade sustentável da empresa está muito bem representada por meio de seu projeto orgânico. "Possuímos um dos maiores projetos orgânico do mundo com 114.266 colmeias certificadas. Implantamos este projeto em 2001, garantindo todos os padrões de qualidade orgânica com os apicultores parceiros. A empresa contrata certificadoras internacionais para a inspeção dos apiários, seguindo as regras adotadas pelo regulamento internacional do mercado orgânico, como o tipo de cera de abelha utilizada na produção, o insumo, a localização do apiário, boas práticas de manejo, entre outros.", afirma Tarciano Santos da Silva, gerente de exportação da Prodapys.

Uma das principais bases de trabalho da Prodapys é buscar o que há de mais moderno no mercado mundial, tanto em tecnologia de equipamentos como em produtos. Foi onde que a empresa teve acesso a maior inovação do setor de cosmiatria internacional: a Melitina, polipeptíodio formado por 26 aminoácidos, os quais representam cerca de 60% do veneno da abelha. Em contato com a pele, a Melitina promete prevenir e reduzir as linhas de expressão. "A Melitina promove uma tensão natural da pele quando usada topicamente. Ela aumenta a circulação sanguínea, o colágeno e a elastina. Nossa empresa já trabalha com veneno de abelha há 20 anos, porém somente em cremes para massagens. Agora, o creme facial vem completar nossa linha de cosméticos", ressalta Cyntia Santos da Silva, farmacêutica responsável pela Prodapys.

Na mídia internacional, a Melitina ganhou destaque por ser usado principalmente pela princesa Kate Middleton. Segundo o programa norte Americano Lunch Break, do canal The Will Street Journal Live, a pele da princesa está mais firme, assim como a da atriz Gwyneth Paltrow: "elas estão usando veneno de abelha! Elas não estão levando picadas de abelhas no rosto não! Elas estão utilizando um creme à base de Melitina, o produto de beleza mais badalado do momento".

No Brasil, revistas de renome nacional como Isto É, Corpo a Corpo e Boa Forma já anunciaram a existência do produto. Segundo matéria publicada na revista Corpo a Corpo, aplicado no rosto, a melitina proporciona efeito paralisante nas expressões, ação muito parecida com a da toxina botulínica. O ativo foi desenvolvido para atuar como suavizante e antirrugas, sendo efetivo contra as linhas de expressão por relaxar os músculos faciais. Porém, tais matérias não disseram onde o produto pode ser encontrado a pronta entrega aqui no Brasil.

Na Prodapys, a Melitina e vendida on line pelo site http://www.prodapys.com.br. Basta solicitar e receber em casa o cosmético que esta sendo considerado a fonte da juventude. Também é encontrada em lojas de produtos naturais e farmácias homeopáticas de todo Brasil.

A Melitina da Prodapys é um creme completo projetado para combater os temidos sinais da idade e hidratar profundamente a pele. Segundo Cyntia, a concentração de veneno de abelha em sua fórmula permite efeito sobre a epiderme. O resultado é uma pele mais lisa, firme, uniforme e brilhosa, logo após a aplicação do produto. O creme traz ainda o bálsamo de pólen em sua fórmula, um ativo apícola com propriedades altamente hidratantes, proporcionando a maciez e textura perfeita para qualquer tipo de pele, e vitamina E, que neutraliza a ação nociva dos radicais livres. "A combinação desses agentes traz ao mercado de cosméticos nacional, uma fórmula única. Sua coloração vem do bálsamo de pólen, um corante natural sem agentes químicos", completa a farmacêutica.

Segundo Lissandro Santos da Silva, gerente administrativo da Prodapys, a aposta no creme a base de veneno de abelhas segue uma tendência internacional na área de cosmiatria. "Já que o mercado está se posicionando nesse sentido, e como a Melitina é um ingrediente apícola, ele se encaixa muito bem em nossa linha de produtos. Não poderíamos ficar de fora dessa inovação internacional no setor", diz Lissandro.

------------------------

Melitina Creme Facial Veneno de Abelhas.

Melitina Creme Facial Veneno de Abelhas
Melitina - Veneno de Abelha com extrato de Pólen
O segredo de beleza da Princesa da Inglaterra

O veneno de abelha também possui em efeito cosmético, pois a melitina presente no veneno faz o corpo entender que a pessoa foi picada. Em consequência disso, estimula a circulação de sangue na pele, faz aumentar a produção de colágeno, melhorando a elasticidade, e impulsiona a renovação celular. Devido a essas características, o efeito do veneno de abelha tem sido comparado ao de uma aplicação de botox, o que faz com que o Creme de Veneno de Abelhas seja chamado de botox natural. A princesa Kate Middleton, Michele Pfeiffer entre outras celebridades são exemplos de pessoas que utilizam o veneno de abelha para manter a beleza, amenizando as marcas da idade.

A Melitina é um polipeptídeo com 26 aminoácidos, os quais representam 40 a 60% do veneno das abelhas. Quando usada topicamente, interage com a pele, mantendo-a mais firme e uniforme

O Creme Facial Melitina Prodapys age sobre a sua pele, mantendo-a mais firme, lisa e uniforme. É enriquecido com ingredientes naturais que proporcionam saúde, equilíbrio e beleza à sua pele.

Benefícios
- A Melitina interage com o tecido cutâneo, fortalecendo a pele
- O Pólen Apícola é uma fonte natural de aminoácidos essenciais e vitaminas
- A vitamina E neutraliza a ação nociva dos radicais livres

Indicação
Para pessoas de todas as idades que querem retardar ou apresentam sinais de envelhecimento precoce.

Modo de usar:
Aplique o creme diretamente no rosto e no pescoço, previamente limpos e secos. O produto não deve ser aplicado nas pálpebras superiores e inferiores, pois como qualquer outro creme, poderá causar irritações.
Pode ser intercalado com hidratantes ou outros cremes faciais.

------------------------

Creme de veneno máscaras contendo a melitina

Creme de veneno
Febre entre as celebridades internacionais, começa a ser usado no Brasil tratamento à base de substância extraída do veneno da abelha
PELE ESTICADA
A atriz Gwyneth Paltrow e a duquesa Kate Middleton estão entre
as mulheres que usam cremes e máscaras contendo a melitina

Uma nova mania surgida na Inglaterra para atenuar rugas e marcas de expressão está chegando ao Brasil. É o tratamento contendo melitina, uma proteína que é o mais importante elemento do veneno da abelha. A onda começou no fim do ano passado, quando as duquesas Kate Middleton e Camilla Parker Bowles, da família real inglesa, revelaram-se usuárias de produtos faciais contendo a substância. As atrizes Michele Pfeiffer e Gwyneth Paltrow também se declararam fãs do composto. Todas estão usando os cosméticos com melitina feitos pela esteticista Deborah Mitchell, a favorita de Camilla. Em Londres, ela assinou contratos milionários para multiplicar a produção da máscara que aplica para obter uma espécie de ação tensora imediata, promovendo o chamado efeito Cinderela – pele mais esticada e com menos marcas por cerca de uma semana.

No Rio de Janeiro, a dermatologista Karla Assed incorporou a melitina ao menu de tratamentos diferenciados que gosta de oferecer em sua clínica. "Garimpo novidades ao redor do mundo", diz. Se o objetivo é um efeito rápido para sair à noite com a pele mais bonita, a dermatologista usa cremes à base de proteína – manipulados em farmácia – após uma sessão de laser para obter a ação tensora imediata. "O efeito dura até uma semana", garante. Se a intenção é nutrir e amenizar marcas por tempo mais prolongado, Karla sugere quatro sessões de laser e depois o uso regular do creme. "Só é contra-indicado para quem tem alergia à picada de abelha", diz a especialista, que conheceu a substância durante um congresso em Seul, na Coreia do Sul, em outubro. Curiosa por novos ativos, ela também oferece terapias com substâncias contendo veneno de cobra ou secreções de caracol.

Os mecanismos de ação da melitina têm sido bastante estudados. "Ela representa 60% do veneno da abelha, tem ação anti-inflamatória comprovada e age em nível molecular de maneiras que estão sendo investigadas", afirma o pesquisador Daniel Carvalho, do Instituto Butantan, de São Paulo, especialista no estudo do veneno das abelhas. Na pele, levanta-se a hipótese de que ela aumentaria a produção de colágeno e elastina – compostos que dão sustentação à pele –, de células de defesa e de enzimas benéficas à cútis. "Fiquei surpreso com a quantidade de estudos sobre o uso cosmético, mas ainda não há nada conclusivo", pondera Carvalho.

------------------------

Creme Facial de Melitina Prodapys.

Creme Facial de Melitina Prodapys
Desde que escrevi o post sobre veneno de abelha ( Rejuvenesça com Veneno de Abelha!) eu estava louca para testar, porque ele promete a maravilha das maravilhas, já que estimula a produção de colágeno e de elastina, o que garante a elasticidade e firmeza da pele.

Para quem não está entendendo o que veneno de abelha tem a ver com beleza, vou explicar. É que no veneno de abelha tem um aminoácido chamado melitina, que é quem gera o efeito da "picada". Acontece que, como já expliquei por aqui, esse ativo gera uma elevação do fluxo sanguíneo local, o que estimula a circulação, aumenta a produção de colágeno e de elastina e, com isso, estimula a renovação celular e reduz as rugas.

Claro que existem controvérsias sobre a sua eficácia e alguns especialistas dizem que o seu efeito é apenas temporário, pois aumentar o fluxo sanguíneo não tem relação com a produção de colágeno.

Mas, independente disso, fiquei super feliz quando encontrei a versão brasileira, da Prodapys, dessa febre europeia e me joguei com força!
De acordo com informações do rótulo, esse creme age sobre a pele mantendo-a mais firme, lisa e uniforme. A melitina interage com o tecido cutâneo, fortalecendo a pele, o pólen apícola, presente na formulação, é fonte natural de aminoácidos essenciais e vitaminas, sendo que a vitamina E neutraliza a ação nociva dos radicais livres.

Pode ser utilizado por qualquer pessoa, em qualquer idade, desde que apresente sinais de envelhecimento, claro.
O produto deve ser aplicado durante o dia e também durante a noite no rosto e no pescoço, mas não pode ser aplicado nas pálpebras superiores e inferiores.

A embalagem é de vidro e bem "digna", e ele vem com 50g, que é MUITO mais que a grande maioria dos cremes faciais, que geralmente contém de 15 a 30 gramas, no máximo.

A textura é bem cremosa, ele tem um cheirinho suave e gostoso. A absorção é rápida, espalha bem e fácil e não deixa a pele oleosa (maravilha das maravilhas!). Não senti nenhum pinicamento nem nada (juro que imaginei, porque né, é feito de veneno!) e não notei, até então, nenhum ponto negativo!
Comecei a usar todos os dias, às vezes mais de duas vezes durante o dia, porque queria ver se dava resultados logo. Sinceramente? Me joguei nele dia e noite como se não houvesse amanhã! E, gente, tô amando os resultados! Amando, amando, amando!

Primeiro que a pele fica viçosa de dar gosto, macia, sedosa, com cara de "rica", sabe? Segundo que realmente a pele fica mais firme e uniforme e isso eu notei pelas linhas fininhas que tinha na testa, que estão imperceptíveis. Eu sou tão besta que fico franzindo a testa para ver se elas estão lá ou não!

------------------------

Suplementos

  • RIPP ABS

    Suplementos


    Noticia painel seguro