------------------------

Óleo de Prímula.

OS BENEFÍCIOS DO ÓLEO DE PRÍMULA
A prímula é uma planta nativa da América do Norte também conhecida como "evening primrose" porque suas flores se abrem ao entardecer. Dela se extrai um rico óleo que é excelente para o bom funcionamento do organismo e que não é produzido naturalmente pelo nosso corpo
Vila Equilíbrio conta pra você os benefícios do óleo de prímula.
O óleo de prímula, rico em ácido gama linolênico, um ácido graxo essencial, é extraído das sementes. Os ácidos graxos são fundamentais para o bom funcionamento do organismo e nosso corpo não pode produzi-los, portanto, necessitamos ingeri-los em nossa dieta.

A falta de ácidos graxos essenciais pode acarretar, além da síndrome pré-menstrual, distúrbios como dermatite, envelhecimento precoce e hiperatividade infantil. As nutricionistas da Rede Mundo Verde explicam:

Óleo de prímula x pele: o óleo de prímula reduz a perda de água através da pele, mantendo a hidratação e sua a elasticidade. Estudos mostram que seu consumo aumenta a tolerância da pele à exposição aos raios ultravioleta.

Óleo de prímula x dermatite: a incidência da dermatite atópica vem crescendo entre crianças e adultos. Entre os seus principais sintomas esta a coceira. O óleo de prímula, fonte de GLA, tem papel na produção de substancias mediadoras da resposta inflamatória, diminuindo os sintomas da dermatite e mantendo a integridade da pele.

Óleo de prímula x Tensão Pré Menstrual (TPM): o óleo de prímula é rico em ácido linolênico, um precursor de prostaglandinas da série 1, substâncias de efeito antiinflamatório e também necessárias na formação de substâncias que regulam os hormônios femininos. Desta maneira, atenua os sintomas de TPM, incluindo alterações de humor, inchaço e dor nas mamas.
Óleo de prímula x hiperatividade infantil: o aumento da ingestão de ácidos graxos essenciais pode trazer benefícios comportamentais nas crianças hiperativas. Os estudos clínicos realizados com o óleo apresentam resultados positivos após 90 dias de uso. Sugere-se o consumo de 1 a 2,5g de GLA ao dia para mediar os efeitos imunológicos.

------------------------

Óleo de Prímula Emagrece?

Óleo de Prímula
Apesar de não ter os seus efeitos emagrecedores comprovados, o óleo de prímula contém várias propriedades medicinais.
A Prímula é uma planta originária da América do Norte e possui lindas flores amarelas. Com as suas sementes, é feito o óleo de prímula, que traz inúmeros benefícios medicinais, sendo usado para tratar dermatites, doenças cardiovasculares, inflamações, sintomas da TPM entre outros. Portanto, conheça melhor esse óleo milagroso que está sendo cada vez mais usado por quem prefere um tratamento natural.

Óleo de Prímula Emagrece?

Óleo de PrímulaInfelizmente, não existe comprovação científica de que o óleo de prímula possa ser usado para emagrecer. Porém, como ele tem propriedades que ajudam na diminuição do colesterol ruim, funciona como combatente contra a gordura saturada, o que poderia reduzir algumas medidas. Entretanto, como sempre, vale frisar que nenhum medicamento é capaz de emagrecer por si só. O óleo de prímula certamente te ajudará a perder os quilinhos a mais, contanto que seja aliado a exercícios físicos regulares e à reeducação alimentar.

Mas se você não perder os quilinhos extras com o óleo de prímula, estará cuidando da sua saúde, já que ele possui várias propriedades medicinais, que te prevenirão contra doenças sérias e amenizarão sintomas que tanto te torturam. Saiba mais no tópico a seguir:

Benefícios

Óleo de Prímula EmagreceApesar de não ter sua eficácia no emagrecimento comprovada, o óleo de prímula deve ser consumido por causa dos seus inúmeros benefícios à saúde. Então, saiba para que serve esse óleo dourado vendo as indicações abaixo:

- Aumenta a tolerância da pele contra os raios ultravioleta, mantendo-a elástica e hidratada, já que reduz a perda de água pelos seus poros.

- Por conter o ácido gamolinolênico em sua composição, o óleo de prímula produz substâncias que intermedeiam a resposta inflamatória nos casos de dermatites, o que cessa a coceira característica dessa doença tão comum atualmente.

- O mesmo ácido citado acima ajuda no tratamento de crianças hiperativas, pois ele influencia no equilíbrio hormonal ausente nelas.

- Mulheres que sofrem com a TPM também podem ser tratadas com o óleo de prímula porque ele tem ácido linolênico, que precede as prostaglandinas da série 1. Juntas, tais substâncias surtem efeitos antiinflamatórios e ainda formam compostos reguladores dos hormônios femininos. Além disso, ajudam a afinar o sangue, protegendo o coração contra doenças cardiovasculares.

- A presença do ácido graxo ômega 6 promove a proteção do sistema imunológico contra inflamações. Assim, o corpo também ganha proteção contra o envelhecimento precoce.

Para aproveitar todos os benefícios oferecidos pelo óleo de prímula, siga a posologia indicada, tomando 2 cápsulas do produto por dia, sendo uma antes de cada grande refeição, ou seja, do almoço e do jantar.

------------------------

Cápsula de óleo de prímula é o segredo da dieta.

Cápsula de óleo de prímula é o segredo da dieta de Ticiane Pinheiro
Apesar de na gravidez ter feito tudo como manda o figurino - comia de três em três horas, adicionou linhaça às refeições (que dá sensação de saciedade), caminhou e fez drenagem -, Ticiane Pinheiro acabou ganhando 12 kg. Passou a pesar 67 kg.

Porém, só foi se preocupar com a silhueta quando parou de amamentar. "Até caminhava meia hora por dia e fazia drenagem, mas comia muito. Ao retornar à rotina, mudei o esquema. Passei a tomar cápsulas de óleo de prímula, que auxiliam na tarefa de não reter líquido (duas por dia antes das principais refeições)", conta.

Também começou a praticar 40 minutos diários de exercícios aeróbicos (corrida) e cortou carboidratos à noite. Resultado? Em oito meses conseguiu perder 12 kg! "Para manter, faço musculação e exercícios aeróbicos todo dia. Vale a pena...", revela.

Cardápio de um dia de Ticiane Pinheiro

Café da manhã

· 1 xícara (chá) de café
· 1/2 mamão papaia
· 2 colheres (sopa) de cereal matinal
· 1 pote de iogurte com probióticos
· 1 torrada com 1 colher (sopa) de requeijão light
· 1 copo (250 ml) de suco de laranja

Lanche da manhã

· Copo (250 ml) desuco de fruta ou 1 fruta

Almoço

· Salada de folhas à vontade
· 1 concha de feijão
· 3 colheres (sopa) de arroz integral
· 1 porção de legumes cozidos
· 1 porção de carne magra (prefira frango ou peixe)

Lanche da tarde

· 2 fatias de pão integral com requeijão e 1 fatia de queijo branco

Jantar

· 1 prato de salada
· 1 filé de peito de frango grelhado
· 1 prato (sopa) de vegetais (não ponha batata e cenoura)

------------------------

Os benefícios do Óleo de Primula.

Os benefícios do Óleo de Primula
Ainda existem pessoas que insistem em acreditar que a ingestão de gorduras é totalmente maléfica. Lipídios são nutrientes fundamentais para a manutenção da boa saúde e para o desempenho esportivo, assim como todos os outros nutrientes nas devidas proporções.

Os triglicerídeos são estruturas lipídicas predominantes no organismo. Uma molécula de triglicerídeo é formada por dois grupos distintos: o glicerol e os ácidos graxos. Foram identificados na natureza dois ácidos graxos essenciais, isto é, que o nosso organismo não é capaz de sintetizar e, portanto, devem ser fornecidos pela alimentação. São eles os ácidos graxos poliinsaturados linoléico (ômega 6) e linolênico (ômega 3).

Os ácidos graxos essenciais são componentes estruturais das membranas celulares, proporcionando estabilidade e controlando o movimento de todas as substâncias para dentro e para fora das células. São extremamente importantes para a síntese de substâncias no organismo com ação semelhante à de hormônios, como eicosanóides, prostaglandinas, tromboxanos, leucotrienos e prostaciclinas. Essas substâncias são importantes como potentes mediadores de muitas funções bioquímicas e desempenham papel fundamental na coordenação de numerosas funções fisiológicas. Uma vez que os ácidos graxos essenciais são necessários para o funcionamento normal de todos os tecidos e, em contrapartida, não são sintetizados no organismo, sua baixa ingestão como conseqüência de uma dieta restrita em lipídios pode conduzir à sua deficiência.

Dentre as diversas formas de suplementos de ácidos graxos essenciais disponíveis no mercado, um dos que merecem destaque especial é o óleo de prímula. Este óleo é obtido das sementes de uma pequena flor amarela (Oenothera biennis).

Este nome em latim é derivado da palavra grega "vinho", devido a crença de que a planta poderia auxiliar nos sintomas de ressaca.

O Óleo de Prímula é rico em ácidos graxos essenciais da série ômega-6, que consistem no ácido linoléico e ácido gama Linolênico (GLA). Além de fazer parte da estrutura das membranas celulares, o GLA origina a prostaglândina E1, uma substância que ajuda a equilibrar os hormônios femininos, diminuindo os impactos da tensão pré-menstrual (TPM). Nas refeições, esses ácidos graxos essenciais podem ser obtidos de certos óleos, como o de soja e o de girassol, ou extraídos da sardinha, do salmão e dos peixes em geral.

Em condições normais, o corpo produz GLA a partir do ácido linoléico. O óleo de prímula contém tanto o ácido linoléico (74%) quanto o GLA (9%), sendo a fonte mais popular de GLA. Também contém ácido oléico (11%) e ácido palmítico (6%).

Atribui-se ao óleo de prímula diversos benefícios à saúde, com aplicações antiinflamatórias, controle das alterações emocionais, artrite reumatóide, dor no peito, eczema, osteoporose, colite ulcerativa, diabetes, alívio dos sintomas da tensão pré-menstrual (salvando inúmeros casamentos!), manutenção da elasticidade da pele, influenciam na liberação de neurotransmissores cerebrais, atuam positivamente na recuperação do tecido hepático danificado pelo uso abusivo do álcool, etc. Já a carência de ácidos graxos essenciais pode acarretar: distúrbios, como eczema atópico, envelhecimento precoce, esclerose múltipla, hiperatividade infantil e hipertensão arterial.

Mas de todos estes efeitos, sem dúvida, o auxílio no controle da Tensão Pré-Menstrual, merece grande destaque.

Tensão Pré-Menstrual é um conjunto de sintomas físicos e comportamentais que ocorrem na segunda metade do ciclo menstrual podendo ser tão severos que interfiram significativamente na vida da mulher. Os sintomas, principalmente devido a alterações na atividade do neurotransmissor serotonina são: alterações no humor, depressão, aumento da vontade por doces, retenção hídrica, sensibilidade nas mamas, dores musculares, cefaléia, etc.

Nem todas as mulheres sentem os sintomas e efeitos da tensão pré-menstrual da mesma forma, pois algumas podem apresentar sintomas pouco significativos (cerca de 35% das mulheres em fase reprodutiva), enquanto em outras (3 a 5%), os efeitos são mais severos, interferindo fortemente nas atividades cotidianas.

Estudos têm sido bem conclusivos quanto aos benefícios do uso de óleo de prímula para controle da TPM. Particularmente, na prática clínica, tenho tido bons resultados com essa suplementação, auxiliando no controle dos inúmeros sintomas, principalmente no apetite, garantindo maior adesão a dieta prescrita.

------------------------

Suplementos

  • RIPP ABS

    Suplementos


    Noticia painel seguro