------------------------

PÓLEN IN NATURA.

Pólen Apícola Desidratado In Natura
O Pólen
É coletado pelas abelhas e considerado o alimento mais completo da natureza.
Nosso organismo necessita de 22 aminoácidos essenciais para seu funcionamento, porém a maioria dos alimentos contém 1 ou 2 destes aminoácidos. Somente o pólen contém os 22.
Uma dieta suplementada com pólen, permite ao ser humano viver mais e melhor, estimulando funcionamento de todos os órgãos.
As abelhas em sua alimentação diária necessitam de mel e pólen. A energia dispendida em seus trabalhos encessantes é reposta com consumo de mel, porém, suas necessidades portéicas só são satisfeitas com pólen
Este produto, que é coletado das flores na natureza, possui altíssimos teores de vitaminas (B1, B2, B6, B12, A, P, E e K), aminoácidos, globulinas, enzimas, carboidratos e minerais. É ainda excepcionalmente rico em rutina (vitamina P).
Exames clínicos realizados no leste Europeu, comprovam a eficiência no uso de Mel com Pólen no tratamento da ansiedade, bem como problemas com sistema nervoso endócrino
O Pólen normaliza o intestino (especialmente em casos de colite e constipação crônica), aumenta o apetite e a capacidade de trabalho.
Tem sido utilizado no tratamento de anemia perniciosa e baixa pressão sanguinea.
Pesquisas realizadas na Suécia indicam os efeitos benéficos do pólen na próstata. Possui efeito profilático no tratamento de adenomas e inflamações da próstata. Recomenda-se para homens com mais de 50 anos de idade o consumo regular de 15gr diárias como preventivo.
É um estimulador biológico. Pesquisas demonstram que as propriedades rejuvenescedoras atribuídas ao mel, na realidade são devido a presença de pólen no mesmo.
Resumindo, o pólen é um alimento complemento alimentar rico em vitaminas e aminoácidos. Seu consumo diário auxilia no combate ao stress e nas debilidades físicas e mentais. Crianças que consomem pólen possuem maior capacidade de assimilação nos estudos.

Apresentação
Embalagem com peso líquido de 80gr
Pólen apícola desidratado

Curiosidade
O pólen tem um valor nutritivo muito superior a carne ou a proteína da soja.
Possui em média 20 vezes mais caroteno (provitamina A) que a principal fonte natural, a cenoura.

Recomendação de uso
Adultos: 1 colher de sopa até 3 vezes ao dia
Crianças: abaixo de 1 ano, só devem utilizar o produto sob orientação de um médico.

Condições de conservação
Manter em local seco e fresco longe de umidade

------------------------

Pólen apícola desidratado Prodapys.

Pólen apícola desidratado Prodapys
Pólen
O pólen é um alimento natural que contém 22 aminoácidos essenciais.

Nosso organismo, para que funcione perfeitamente , necessecita desses aminoácidos essenciais. A maioria dos alimentos só oferece 1 ou 2 desses aminoácidos, valorizando ainda mais o pólen.
Sua composição é rica em vitaminas (B1, B2, B6, B12, A, P, E e K) e excepcionalmente rico em Rutina (Vitamina P), aminoácidos, globulinas, enzimas, carboidratos e minerais.

O pólen tem um valor nutritivo muito superior a carne ou a proteína de soja. Possui em média 20 vezes mais caroteno (provitamina A) que a principal fonte, a cenoura.

Ações

Auxiliar no tratamento de ansiedade
Auxilia em problemas com sistema nervoso e endócrino
Normaliza intestino (especialmente em casos de colite e constipação crônica)
Aumenta o apetite e capacidade de trabalho, atuando como energético natural
Possui efeito profilático no tratamento de adenomas e inflamações da próstata
Pesquisas demonstram que as propriedades rejuvenescedoras atribuídas ao mel, na realidade são devido a presença do pólen no mesmo.

Apresentação

Embalagem com 120g de pólen apícola desidratado em grãos
Recomendação de uso
Adultos: 1 colher de sopa até 3 vezes ao dia

Crianças acima de 2 anos: meia colher até 3 vezes ao dia

Restrições
Crianças abaixo de 1 ano de idade só devem utilizar o produto sob orientação de um médico
Não contém glúten

Conservação
Conservar na geladeira após aberto

------------------------

PÓLEN IN NATURA PCTE.

PÓLEN IN NATURA PCTE
O Pólen apícola é diferente do pólen das plantas porque a abelha aglutina-o com a saliva, para que possa ser fixado nas corbículas(cestas das patas traseiras) e transportado para a colmeia. Como a saliva da abelha é rica em enzimas, aminoácidos e vitaminas, o pólen possui uma riqueza infinita de minerais, proteínas e fibras vegetais, logo resulta num produto de alto valor nutritivo. Há na natureza 22 aminoácidos essenciais para a saúde humana, e o pólen é o único alimento que contém todos os 22 aminoácidos. Quase todas as vitaminas foram identificadas no pólen, sendo particularmente rico em carotenos (vitamina A).

Algumas variedades como o pólen de acácia contém 20 vezes mais caroteno que a cenoura que considerada a principal fonte dessa vitamina. É rico em rutina ou vitamina P, que fortalece os capilares, veias e artérias e reverte o endurecimento destas últimas e por isso é muito importante para o sistema cardiovascular, especialmente após os 40 anos. O pólen é uma fonte preciosa de oligo-minerais com mais de 22 elementos. Os oligo-minerais são elementos químicos (titânio, níquel, cobalto, silício,...) que o organismo humano necessita em pequenas quantidades e que não existem na maioria dos produtos alimentícios.

A medicina orto-molecular, hoje em dia, está demonstrando a importância dos oligo-elementos para o bom funcionamento do nosso organismo. Os níveis de vitaminas em 100g de pólen são os seguintes: Vit.A 50 mg, Vit B1 10 mg, Vit B2 10mg, Vit B3 20 mg, Vit B5 120 mg, Vit B6 5 mg, Vit C 80 mg, Vit E 100 mg, Colina 690 mg, Vit P 50 mg. O pólen constitui-se ainda de: Ácidos graxos 23,6%, Ácido Linoléico 39,4%, Carboidratos 38,2% dos quais 31% é açúcar total e 7,2% celulose, Proteína de 10% a 35%. Há vestígios de 15 elementos no pólen os quais são necessários ao organismo humano, que são: ferro, iodo, cobre, zinco, manganês, cobalto, molibdênio, selênio, cromo, níquel, estanho, estrôncio, boro, flúor e vanádio.

Os níveis de flavona são de 2,54g para 100 g, sendo que os compostos flavonóides têm funções de prevenir as arterioscleroses, diminuir os níveis de colesterol, aliviar a dor e proteger de radiações. Na Grécia antiga existia uma bebida considerada a bebida da imortalidade, que era uma mistura de mel e pólen, denominada de AMBROSIA, fonte de inesgotável poder para o organismo humano. O pólen é rico em hormônios vegetais, que se sabe, não tem efeitos colaterais e tem surpreendente faculdade de regular as glândulas endócrinas, e por isso seu uso tem uma ação efetiva especialmente sobre a próstata.

------------------------

O pólen apícola.

O pólen apícola é a aglutinação do pólen presente nas flores coletados pelas abelhas operarias, e depositados na entrada da colméia.

O estudo visou avaliar a qualidade microbiológica e físico-química do pólen IN NATURA e do submetido a diferentes processos de secagem, simulando as condições de processamento do produto comercializado. Também avaliou as amostras adquiridas no comercio do estado de São Paulo. Registrou-se a escassez das pesquisas sobre a qualidade microbiológica do pólen apícola.

Primeiramente a pesquisa, analisou amostras de pólen apícola obtidas através de coletores instalados nas colméias pertencentes ao apiário experimental do Pólo Regional de Desenvolvimento Tecnológico dos Agronegócios do Vale do Paraíba, localizado em Pindamonhangaba-SP, pertencente à Agência Paulista de Tecnologia dos Agronegócios. A coleta ocorreu nos intervalos de 24horas, 48horas e 72horas, objetivando a presença e/ou quantidade de microrganismos patogênicos no pólen com relação ao tempo de permanência do produto no campo. As amostras foram congeladas por 48horas, e submetidas a dois processos de secagem (circulação de ar em sistema aberto a 40-42°C e sistema de circulação de ar fechado a 30°C).

Foram realizadas as análises físico-químicas para os parâmetros de pH, umidade e atividade de água e as microbiológicas com avaliação de Bacillus cereus, Estafilococos coagulase positiva, coliformes a 45°C, Escherichia coli, Salmonella sp, bolores e leveduras, além de microrganismos sulfitos redutores. Amostras de pólen apícola desidratado foram adquiridas no mercado vajerista do Estado de São Paulo, com registro no Serviço de Inspeção Federal (SIF), submetidas aos mesmos parâmetros. Através dos cálculos estatísticos observaram-se possíveis diferenças e/ou correlações existentes entre os parâmetros analisados (microbiológicos, físico-químicos) para os tratamentos propostos (frequência de coleta e processos de desidratação).

Verificou-se que as amostras analisadas, as IN NATURA e as desidratadas, mostraram-se isentas dos principais patógenos como Salmonella sp e Estafilococos coagulase positiva, porém, a população de bolores e leveduras foi relativamente elevada. Podendo concluir que os bolores e leveduras são os parâmetros microbiológicos mais significativos para o pólen apícola, seguido por Bacillus cereus e por bactérias coliformes totais, sendo parâmetros que devem ser introduzidos na legislação; além do processo de desidratação normalmente utilizado para pólen, não reduzir a população fúngica. Com base na Legislação atual para padrões microbiológicos em alimentos, considerando o grupo da granola, todas as amostras analisadas, encontram-se dentro dos padrões estabelecidos. Bolores e leveduras não estão incluídos na Legislação do MAPA.

A época do ano teve influência na contaminação de Bolores e Leveduras, paralelamente com o tempo de permanência do pólen no campo, sendo indicada a coleta do material a cada 24horas. Assim os processos de secagem devem ser otimizados para permitirem a obtenção de produto livre de contaminantes microbiológicos; juntamente com a higienização do material nas diferentes etapas de produção e processamento do pólen, com foco na busca de materiais que substituam a madeira que é extremamente porosa, de forma a permitir higienização adequada e satisfatória. Outro parâmetro a ser considerado é a embalagem para o produto que merece atenção de especialistas nesta área

------------------------

Suplementos

  • RIPP ABS

    Suplementos


    Noticia painel seguro