------------------------

Própolis Nasal.

PRÓPOLIS NASAL EM SPRAY
A própolis é uma substância resinosa e balsâmica, que possui coloração e consistência diversas, variando da coloração marrom até verde escuro. É produzida pelas abelhas a partir brotos e exudatos resinosos de plantas, e utilizada no interior da colméia para "soldar" favos, envernizar os alvéolos, fechar frestas para redução da entrada de vento frio, e, principalmente, dos inimigos naturais: fungos e bactérias. Também é utilizada para embalsamar pequenos animais mortos pelas abelhas e que não puderam ser retirados, evitando assim a putrefação.

A Própolis é um antibiótico natural com ação imediata e sem efeitos colaterais.

O SINUX - Propolis Nasal é um descongestionante natural sem o uso de medicamentos que não causa dependência. Não contem sal como os medicamentos tradicionais. Pode ser usado no tratamento de resfriados, alergias e sinusites crônicas, sem efeitos colaterais fornecendo alivio imediato.

------------------------

PRÓPOLIS NASAL EM SPRAY.

PRÓPOLIS NASAL EM SPRAY
A própolis é uma substância resinosa e balsâmica, que possui coloração e consistência diversas, variando da coloração marrom até verde escuro. É produzida pelas abelhas a partir brotos e exudatos resinosos de plantas, e utilizada no interior da colméia para "soldar" favos, envernizar os alvéolos, fechar frestas para redução da entrada de vento frio, e, principalmente, dos inimigos naturais: fungos e bactérias. Também é utilizada para embalsamar pequenos animais mortos pelas abelhas e que não puderam ser retirados, evitando assim a putrefação.

A Própolis é um antibiótico natural com ação imediata e sem efeitos colaterais.

O SINUX - Propolis Nasal é um descongestionante natural sem o uso de medicamentos que não causa dependência. Não contem sal como os medicamentos tradicionais. Pode ser usado no tratamento de resfriados, alergias e sinusites crônicas, sem efeitos colaterais fornecendo alivio imediato.

Indicações:

a.. Tratamento de resfriados;

b.. Alergias;

c.. Sinusites crônicas.

Sugestão de uso:

Adultos:

a.. 1 a 2 jatos em cada narina

Crianças:

a.. 1 jato em cada narina

b.. crianças abaixo de 1 ano de idade, só com orientação médica

Restrição de uso:

Pessoas sensíveis não devem fazer uso do produto.

Em casos de reações alérgicas, suspender o uso.

Efeitos colaterais:

Não causa efeitos colaterais, mas atentar-se para reações alérgicas.

------------------------

Própolis Nasal para rinite e sinusite.

Própolis Nasal para rinite e sinusite
rópolis para uso nasal, válvula de fácil aplicação. Remédio para sinusite e rinite.

VIAS AÉREAS SUPERIORES
Contribui para reforçar as defesas naturais. Proteção para as vias aéreas superiores

QUALIDADE
Resulta de um rigoroso controle de qualidade. O própolis é reconhecido por suas propriedades antibacterianas e benéficas.
Este produto foi classificado por diversos pesquisadores e Universidades do Brasil e do mundo como de melhor qualidade e que reúne todos os efeitos benéficos atribuídos ao própolis

O QUE É O PRÓPOLIS?
Algumas espécies vegetais produzem substâncias que se concentram nas resinas e gomas que exsudam e que são capazes de combater vírus, bactérias e fungos. A abelha coleta esses esxudatos com a adição de enzimas, gerando assim a própolis, uma goma resinosa e balsâmica de estrutura complexa que na colméia é utilizada principalmente para desinfecção dos favos (Chauvin,1968).
Desde a antiguidade esse produto foi utilizado empiricamente por civilizações com alto grau de desenvolvimento como os egípicios, maias, gregos e romanos, sendo que nos últimos anos foram estudadas cientificamenteas suas diversas ações
farmacológicas que explicam as propriedades clínicas já comprovadas (Ghisalberti, 1979).
A partir da década de 60 começa a ser conhecida a complexaestrutura da própolis e as suas principais propriedades farmacológicas (Villanueva, 1964).
Os componentes ativos mais importantes são: composto fenólicos, flavonóides, enzimas, derivados do ácido benzóico, ácido cafeico, ácido e álcool cinâmico, benzaldeído, terpenos e óleos essenciais (Popravko, 1975), bem como coniferaldeidos.
As principais atividades farmacológicas da própolis amplamente estudadas são: antimicrobiana (Meresta e Meresta, 1985), Antiinflamatória (Dobrowolski, 1991), cicatrizante (Tsakoff, 1978), Imunomoduladora (Matsuno, 1997), Antioxidante (Rajan, 2001), Antitumoral dentre outras (Ghisalberti, 1979), antiviral imunomoduladora (R. Veronez e cols., 1988).

COMPOSIÇÃO
Própolis em solução aquosa (40 mg/ml)

DOSE DIÁRIA
Adultos: Aplicar o Spray de 3 a 4 vezes ao dia
Crianças acima de 3 anos: Aplicar até 2 vezes ao dia

------------------------

Própolis Nasal Spray sem álcool.

Própolis Nasal Spray sem álcool.
Própolis Nasal é uma ótima opção de tratamento para resfriados comuns, sinusites, rinites, além de ser um excelente descongestionante nasal. Propolis Nasal é um produto 100% natural e muito eficaz como tratamento alternativo em afecções onde o tratamento com antibióticos convencionais não promovem mais o resultado esperado?
VIAS AÉREAS SUPERIORES

Própolis Nasal oferece proteção para as vias aéreas superiores
QUALIDADE

Resulta de um rigoroso controle de qualidade. O própolis é reconhecido por suas propriedades antibacterianas e benéficas.
Este produto foi classificado por diversos pesquisadores e Universidades do Brasil e do mundo como de melhor qualidade e que reúne todos os efeitos benéficos atribuídos ao própolis
O QUE É O PRÓPOLIS?

Algumas espécies vegetais produzem substâncias que se concentram nas resinas e gomas que exsudam e que são capazes de combater vírus, bactérias e fungos. A abelha coleta esses esxudatos com a adição de enzimas, gerando assim a própolis, uma goma resinosa e balsâmica de estrutura complexa que na colméia é utilizada principalmente para desinfecção dos favos (Chauvin,1968).
Desde a antiguidade esse produto foi utilizado empiricamente por civilizações com alto grau de desenvolvimento como os egípicios, maias, gregos e romanos, sendo que nos últimos anos foram estudadas cientificamenteas suas diversas ações
farmacológicas que explicam as propriedades clínicas já comprovadas (Ghisalberti, 1979).
A partir da década de 60 começa a ser conhecida a complexaestrutura da própolis e as suas principais propriedades farmacológicas (Villanueva, 1964).
Os componentes ativos mais importantes são: composto fenólicos, flavonóides, enzimas, derivados do ácido benzóico, ácido cafeico, ácido e álcool cinâmico, benzaldeído, terpenos e óleos essenciais (Popravko, 1975), bem como coniferaldeidos.
As principais atividades farmacológicas da própolis amplamente estudadas são: antimicrobiana (Meresta e Meresta, 1985), Antiinflamatória (Dobrowolski, 1991), cicatrizante (Tsakoff, 1978), Imunomoduladora (Matsuno, 1997), Antioxidante (Rajan, 2001), Antitumoral dentre outras (Ghisalberti, 1979), antiviral imunomoduladora (R. Veronez e cols., 1988).

------------------------

Suplementos

  • RIPP ABS

    Suplementos


    Noticia painel seguro