------------------------

Sal Iodado Light.

Sal Refinado:
O sal refinado, como o próprio nome diz, passou por um processo de refinamento, onde através da adição de substâncias químicas são branqueados e ficam mais soltinhos. Sua aparência fica melhor, mas não seu aspecto nutritivo.
É que neste processo, muito de seu valor nutricional é perdido, além disso muitas das substâncias químicas anteriormente adicionadas permanecem no produto final, ou seja o consumo do sal marinho, o sal in natura, é muito mais saudável.

Sal Marinho e Sal Mineral:
O Sal Marinho Natural contém cerca de 84 elementos, dentre eles: iodo, enxofre, bromo, magnésio, cálcio, entre outros. Os quais são perdidos durante o processo de refinamento.
Com relação ao iodo, como nossa alimentação é pobre nesse mineral, ele deve ser acrescido na industrialização do sal refinado, no sal marinho e mineral, ele está presente naturalmente. O sal mineral apenas difere do marinho, quanto à sua fonte, pois enquanto o primeiro é obtido a partir da evaporação da água do mar, o sal mineral é extraído de minas subterrâneas.
Sal light:
O sal comum ou refinado tem em sua composição 99% de cloreto de sódio (NaCl), o sal light tem em sua formação 50% de cloreto de sódio (NaCl) e 50% de cloreto de potássio (KCL).
Sendo assim, devido à sua formação, o sal light possui um menor tempo de retenção no organismo (menos quantidade de sódio) o que é ótimo para os hipertensos e paras as pessoas que retêm líquidos.
No entanto, se você possui alguma doença renal (ligada aos rins) o sal light não é recomendado por tem em sua composição o potássio.
Outra vantagem é que o sal light possui um sabor mais suave, mas não deixa de salgar os alimentos só porque é "light". Mas, se você vai optar por substituir o sal refinado (comum) pelo sal light, preste atenção: o sal light deve ser usado nas mesmas quantidades que o sal comum ou seja, não deve ser usado em excesso.

Função do sal no organismo:
O sal equilibra o meio aquoso de nosso corpo, facilitando a troca de água entre as células e seu meio externo, ajudando na absorção de nutrientes e na eliminação de detritos. O Sódio é necessário na transmissão dos impulsos nervosos e na contração muscular, inclusive nas batidas do coração. Aliás nesse equilíbrio das batidas cardíacas tanto o sódio (Na) quanto o potássio (K) são essenciais.

Excesso de sal (sódio):
Algumas pessoas, principalmente os idosos e obesas têm uma tendência maior em reter sódio no organismo e consequentemente, leva a um acúmulo de líquidos no organismo. As artérias, com o tempo, perdem a capacidade de distenção o que propicia a HIPERTENSÃO!

------------------------

Sal Iodado Light com Reduzido Teor de Sódio.

Sal Iodado Light com Reduzido Teor de Sódio
Sal Neve Light tem teor de sódio reduzido em 50%, o que proporciona uma alimentação mais equilibrada, para você e toda sua família.

O excesso de sódio aumenta a retenção de líquidos, implicando em hipertensão.

O Sal Neve Light contém potássio, um elemento essencial aoa organismo, auxiliando a transformação da glicose em energia, no equilibrio hídrico do corpo e no controle da pressão arterial.

Em consequência da falta de potássio podemos observar: cansaço excessivo, irritabilidade, dores de cabeça, câimbras, inchaços, palpitações e outras desordes ligadas ao músculo cardíaco.

Indicado para pessoas que desejam uma vida mais saudável e uma alimentação mais equilibrada, hipertensos, esportistas e gestantes.

Utilize na mesma proporção que o sal.

Pode ser usado na preparação de receitas de forno e fogão. (carnes, molhos, legumes, receitas, etc.)

Ingredientes: Sal Refinado, Cloreto de Potássio Refinado Iodato de Potássio, Antiumectantes, Ferrociamento de Sódio e Sílico Aluminato de Sódio. Não contém Glúten

------------------------

SAL CISNE LIGHT MAIS.

SAL CISNE LIGHT MAIS

Fonte de seis minerais essenciais para o funcionamento equilibrado do organismo – Selênio, Magnésio, Potássio, Cálcio, Zinco e Iodo – o sal Cisne Light Mais é um sal hipossóidico com 50% menos sódio que o sal Cisne Tradicional, ideal para pessoas que buscam uma alimentação equilibrada e saudável sem abrir mão do sabor dos alimentos. O sal Cisne Light Mais substitui na mesma dosagem o sal Cisne Tradicional em todos os tipos de pratos e preparações.

Deve ser usado preferencialmente sob a orientação do médico e/ou nutricionista.

Aos clientes diretos (supermercados, atacados e distribuidores) o Cisne Light Mais é vendido em caixas contendo 24 unidades de 250g.

Ingredientes: Sal Hipossódico, Cálcio (Carbonato de Cálcio), Magnésio (Óxido de Magnésio), Iodato de Potássio, Zinco (Óxido de Zinco), Antiumectantes (Ferrocianeto de Sódio e Dióxido de Silício) e Selênio (Selenito de Sódio). NÃO CONTÉM GLÚTEN.

------------------------

Sal para Consumo Humano.

Sal para Consumo Humano
A apresentação dos resultados obtidos nos ensaios realizados em amostras de sal para consumo humano consiste em uma das etapas do Programa de Análise de Produtos, coordenado pela Diretoria da Qualidade do Inmetro e que tem por objetivos:

prover mecanismos para que o Inmetro mantenha o consumidor brasileiro informado sobre a adequação dos produtos e serviços aos Regulamentos e às Normas Técnicas, contribuindo para que ele faça escolhas melhor fundamentadas, levando em consideração outros atributos do produto além do preço, tornando-o mais consciente de seus direitos e responsabilidades;
fornecer subsídios para a indústria nacional melhorar continuamente a qualidade de seus produtos, tornando-a mais competitiva;
diferenciar os produtos disponíveis no mercado nacional em relação à sua qualidade, tornando a concorrência mais equalizada;
tornar o consumidor parte efetiva deste processo de melhoria da qualidade da indústria nacional.
Deve ser destacado que as análises coordenadas pelo Inmetro, através do Programa de Análise de Produtos não têm caráter de fiscalização, e que esses ensaios não se destinam a aprovar marcas, modelos ou lotes de produtos. O fato das amostras analisadas estarem ou não de acordo com as especificações contidas em uma norma/regulamento técnico indica uma tendência do setor em termos de qualidade. Além disso, as análises têm caráter pontual, ou seja, são uma "fotografia" da realidade, pois retratam a situação do mercado naquele período em que as mesmas são conduzidas.

Justificativa

A análise em amostras de sal para consumo humano está de acordo com o procedimento do Programa, visto que é um produto cujas características estão relacionadas à saúde dos consumidores, além de se tratar de um produto largamente consumido pela população.

Sal, na verdade, é um nome genérico para uma família de substâncias com características químicas comuns, sendo que a mais importante, para o ser humano, é o cloreto de sódio ou "sal de cozinha". Esse sal "comum", do ponto de vista nutricional, é fundamental para a saúde humana não apenas por ser utilizado de maneira universal no preparo e na industrialização dos alimentos, mas também devido à sua característica de ser ingerido regularmente em pequenas quantidades, o que o torna o veículo ideal para o consumo de iodo.

O iodo é um elemento químico necessário para a saúde humana, importante para o desenvolvimento físico e mental. Pode ser encontrado em alimentos do mar, rico em iodo, como peixes, ostras e mariscos, além de verduras, legumes e frutas cultivados em regiões litorâneas.

A deficiência no consumo de iodo pode causar problemas graves à saúde. Durante a gravidez, por exemplo, pode causar abortos, má formação do feto e o nascimento de crianças prematuras ou com cretinismo (retardo mental grave, responsável por dificuldades na fala, surdez e defeitos no corpo). Em crianças, vários distúrbios podem ocorrer nas primeiras fases do desenvolvimento, como alteração das funções psicomotoras, atraso no crescimento, redução da capacidade de concentração e aprendizado. Na idade adulta, por sua vez, a carência de iodo provoca o bócio, doença conhecida popularmente como "papo", que causa aumento da glândula tireóide, localizada na região do pescoço. Em estágios mais avançados, essa doença pode gerar problemas de respiração, dificuldades de engolir, dores e desconfortos no pescoço. 1

No Brasil, a exigência da adição de pequenas quantidades de iodo no sal para consumo humano surgiu na década de 50, como parte de um programa de fortificação de alimentos destinado a prevenção de doenças. Atualmente, é uma das estratégias da Política Nacional de Alimentação e Nutrição, do Ministério da Saúde, que tem por objetivo prevenir e controlar os distúrbios nutricionais e as doenças associadas a alimentação e nutrição 2. De acordo com a Associação Brasileira de Extratores e Refinadores de Sal - ABERSAL, cerca de 1,4 milhões de brasileiros apresentam os sintomas decorrentes da deficiência de iodo no organismo.

O não atendimento, pelo setor produtivo, aos limites de iodo definidos pelo Ministério da Saúde é extremamente grave. Por isso, em 1998, o Inmetro realizou análise em amostras de 15 marcas de sal refinado, com o objetivo de verificar sua adequação aos padrões exigidos pelo regulamento técnico vigente da época.3

A análise demonstrou que 05 marcas, ou seja, 33% do total de marcas selecionadas, tiveram amostras consideradas não conformes, apresentando teor de iodo inferior ao estabelecido pela legislação e tendo seus respectivos lotes, posteriormente, sido retirados do mercado pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária - Anvisa. Os resultados daqueles ensaios motivaram, ainda, a implantação de um programa nacional de inspeção na indústria salineira e a elaboração da regulamentação de boas práticas de fabricação específica para o setor, ambas iniciativas implementadas pela Anvisa.

Em virtude da importância do sal como alimento básico para o ser humano e considerando os riscos à saúde da população, causados pela deficiência de iodo, torna-se necessário empreender nova análise no produto, com o objetivo de verificar a tendência da qualidade no setor, no que diz respeito à adequação aos critérios da legislação atual e às exigências do Código de Proteção e Defesa do Consumidor.

Este relatório, além de apresentar as etapas da análise, os ensaios e os resultados obtidos, procura disponibilizar ao consumidor informações sobre os vários tipos de sal disponíveis atualmente no mercado nacional, explicitando as diferenças entre eles, para que sua decisão de compra seja melhor fundamentada

------------------------

Suplementos

  • RIPP ABS

    Suplementos


    Noticia painel seguro